Marketing Digital: o que é, como fazer e tendências para 2022

Erich Casagrande

Jul 29, 202214 min de leitura
Ilustração de uma pessoa segurando um cubo com ícones relacionados a marketing digital, como de redes sociais, realidade virtual e e-mail.

ÍNDICE

O Marketing Digital, ou Marketing Online, é a principal estratégia para aumentar a visibilidade da marca e, por consequência, as vendas, por meio de canais digitais.

O Marketing Digital está nas nossas rotinas. Todos os dias acessamos as redes sociais, lemos e-mails, pesquisamos no Google — e, em todos esses canais, você vai se deparar com algum conteúdo ou anúncio de uma marca tentando se comunicar com você.

Isso faz parte do Marketing Digital. Mas, embora esteja muito presente nas nossas vidas, nem sempre conseguimos entender como ele funciona, quais estratégias as marcas usam e quais resultados elas podem ter com essa atuação na internet.

Neste artigo, trouxemos bastante conteúdo para você saber o que é o Marketing Online e como entrar nesse universo para ter mais resultados com a sua marca. Siga conosco agora para entender tudo!

Youtube video thumbnail

O que é Marketing Digital?

Marketing Digital é um conjunto de estratégias aplicadas nas plataformas digitais (sites, blogs, e-mails, redes sociais, buscadores etc.) com o objetivo de promover uma marca, criar relacionamentos com o público e gerar oportunidades de negócio.

Basicamente, o Marketing Digital, também chamado de Marketing Online, é a aplicação do Marketing aos canais digitais. Mas, para entender esse conceito, é importante, antes, entender o que é o Marketing. A American Marketing Association traz uma definição que é bastante usada no mercado:

“Marketing é a atividade, o conjunto de instituições e os processos para criar, comunicar, entregar e trocar ofertas que tenham valor para consumidores, clientes, parceiros e sociedade em geral”

— American Marketing Association

É um conceito bastante abrangente, não é? Não envolve apenas a divulgação, como costumamos pensar ao falar de Marketing, mas também outros diversos processos que focam no valor para o consumidor e procuram satisfazer seus desejos e necessidades.

É assim também com o Marketing Digital: as empresas adotam uma série de atividades e processos para criar ofertas e conteúdos de valor para o público. A diferença é que esse conceito é aplicado ao universo digital, com diversas estratégias de alcance, engajamento e conversões, que têm alguns diferenciais em relação ao Marketing Offline.

Mais adiante, você vai entender melhor como funciona esse conceito na prática e quais são as vantagens de trabalhar com o Marketing Online.

Para que serve o Marketing Digital?

O Marketing Digital é utilizado no âmbito empresarial. Serve para gerar mais oportunidades de negócios para as marcas — ao promover o seu negócio na internet —, estreitar as relações com os consumidores e melhorar a sua percepção no mercado.

Porém, o Marketing Digital se popularizou tanto que as estratégias já são usadas por qualquer pessoa que queira criar uma marca na internet, como é tão comum atualmente com os influenciadores digitais ou com os afiliados.

Por meio dos canais digitais, empresas e pessoas podem construir uma comunidade em torno da sua marca. Dessa maneira, o Marketing Digital contribui para atrair interessados, estabelecer um canal de comunicação com eles e oferecer soluções de valor para as suas necessidades, por meio de ofertas, produtos e conteúdos.

Por que fazer Marketing Digital? Entenda os principais benefícios

Mas, afinal, por que vale a pena investir em Marketing Digital? Entenda agora quais são os principais benefícios das estratégias digitais e o que a sua empresa tem a ganhar com isso. Acompanhe!

Divulgar o seu negócio

O Marketing Digital serve primordialmente para divulgar o seu negócio. Site, blog, redes sociais, e-mails e outros canais digitais servem para colocar a sua marca no mundo e apresentá-la a potenciais clientes.

Alcançar mais pessoas

Com o Marketing Digital, você pode divulgar o seu negócio, mas também alcançar mais pessoas do que alcançaria apenas na divulgação offline. Na internet, não há fronteiras: você pode atrair interessados de qualquer canto do mundo, inclusive pessoas que talvez nunca soubessem da sua marca se não fosse o Marketing Online.

Interagir com o público

Um dos grandes diferenciais do Marketing Digital é o poder de interatividade. Na internet, os consumidores não são apenas passivos — eles também participam, comentam e conversam com as empresas.

Então, o Marketing Online oferece também a chance de criar envolvimento com a sua marca e se aproximar do público, o que é mais difícil no Marketing Offline.

Direcionar a publicidade

O Marketing Digital tem ferramentas de publicidade que oferecem um recurso valioso: a segmentação de público-alvo.

Por meio dos dados coletados pelas ferramentas, é possível direcionar os anúncios digitais exatamente para o perfil de público que você quer atingir, ou seja, aquelas pessoas que têm mais chances de gerar as conversões que você deseja.

Fortalecer a autoridade da marca

As estratégias de Marketing Digital também contribuem para fortalecer a autoridade e o posicionamento da sua marca no mercado. 

Você pode oferecer conteúdos que mostram que a sua empresa entende tudo sobre a sua área de atuação. Dessa forma, você conquista uma posição de referência no mercado e na mente dos consumidores.

Mensurar resultados

Outro diferencial importante do Marketing Digital é o seu poder de mensuração dos resultados.

Por meio da coleta dos dados pelas ferramentas de marketing, você pode gerar relatórios e analisar o que as estratégias estão gerando para o seu negócio, em termos de conversões, alcance, engajamento, entre outras diversas métricas.

Como fazer Marketing Digital?

Agora, vamos começar a ver algumas dicas de como usar o Marketing Digital na prática. Para ter uma atuação consistente na internet, é importante começar tudo com um planejamento e, depois, partir para as estratégias, táticas e operações de Marketing.

Vamos ver agora como estruturar sua atuação no Marketing Digital:

Planejamento

Toda estratégia de Marketing deve começar com um planejamento. Isso vale também para o Marketing Digital.

Para ter uma atuação consistente na internet, é importante planejar estratégias em diferentes canais, com objetivos, metas, indicadores, prazos e responsáveis, além de uma persona para direcionar os conteúdos e a linguagem do Marketing Digital.

Essas definições devem partir de uma boa pesquisa de mercado, que traga informações ricas para embasar as decisões.

Esse planejamento deve ser estruturado em três níveis:

  • Planejamento estratégico;
  • Planejamento tático;
  • Planejamento operacional.

Dividir o planejamento assim é uma forma de viabilizar as estratégias, de maneira mais próxima das rotinas da empresa. O plano estratégico é mais amplo e de longo prazo, enquanto o operacional é mais específico e imediato.

Desse planejamento, deve resultar um Plano de Marketing Digital, que traz todas as estratégias, táticas e operações que vão viabilizar o alcance dos seus objetivos.

Estratégias

As estratégias de Marketing Digital devem estar definidas no Plano Estratégico. Nesse momento, você deve definir quais estratégias digitais vão ajudar a sua empresa a alcançar os objetivos que deseja. São definições mais amplas, que costumam mirar em resultados a longo prazo.

Mais adiante, você vai conhecer as principais estratégias do Marketing Digital, mas estas são algumas: Marketing de Conteúdo, E-mail Marketing e Social Media Marketing.

Táticas

No Plano Tático, é hora de definir quais táticas você vai adotar para desempenhar as estratégias definidas no Plano Estratégico. Geralmente são definições um pouco mais específicas, que miram no médio prazo e se aproximam dos setores do Marketing.

Como exemplo, no Plano Estratégico você pode definir que vai trabalhar com redes sociais. Então, as táticas podem ser a produção de conteúdo, o atendimento ao cliente (SAC 2.0), o monitoramento de menções à marca nas redes sociais, entre outras.

Operações

Já as operações se referem às rotinas da equipe de Marketing ou Marketing Digital. Elas estão no dia a dia da empresa, a fim de viabilizar a execução das táticas e estratégias do plano. Portanto, referem-se a atividades e objetivos de curto prazo.

No exemplo que demos sobre social media marketing, as operações podem se referir a criar cards e textos para o Facebook, responder às interações no stories do Instagram, analisar relatórios de menções à marca nas redes sociais, entre outras atividades.

Quais as principais estratégias de Marketing Digital?

O Marketing Digital oferece uma infinidade de estratégias para alcançar seus objetivos na internet. A seguir, você vai conhecer as 10 estratégias que recomendamos incluir no seu planejamento, já que podem trazer resultados importantes para a sua marca. Confira!

Inbound Marketing

O Inbound Marketing se baseia na atração de interessados até o seu site e na sua nutrição ao longo do funil de vendas, até que estejam prontos para comprar os seus produtos.

A ideia aqui não é ir atrás dos consumidores, como acontece na publicidade e no marketing tradicional, mas fazê-los chegarem até a marca porque se interessam pelos seus conteúdos.

Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia baseada na criação de conteúdos relevantes para o público, a fim de despertar seu interesse e engajar os consumidores em torno da marca. 
É um dos pilares do Inbound Marketing. O principal canal do Marketing de Conteúdo costuma ser o blog, que reúne conteúdos mais aprofundados e ajuda a posicioná-los no ranking do Google.

Marketing de Performance

O Marketing de Performance se refere ao uso de mídias pagas, em que os anunciantes podem segmentar anúncios com precisão e otimizar campanhas com base na análise de dados.

No Marketing de Performance, os anunciantes pagam de acordo com os resultados que obtêm — só são cobrados quando o usuário clica no anúncio ou gera uma conversão, por exemplo.

Social Media Marketing (SMM)

O Social Media Marketing é o marketing nas redes sociais, que oferece diversos formatos de mídia e conteúdo para as marcas.

Nas mídias sociais (Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Pinterest etc.), você pode construir relacionamentos com os consumidores por meio de conteúdos orgânicos, mas também investir em social ads para segmentar suas campanhas.

Youtube video thumbnail

E-mail Marketing

O E-mail Marketing é uma das estratégias mais tradicionais do Marketing Online. Trata-se de um canal de comunicação direta com o público, em que não há interferência de outros conteúdos ou anúncios.

Você pode utilizar esse canal para enviar conteúdos de nutrição do Inbound Marketing ou ofertas de produtos do seu negócio.

Marketing para buscadores (SEM)

O marketing para buscadores ou Search Engine Marketing (SEM) reúne todas as estratégias aplicadas aos mecanismos de busca da web, especialmente o Google.

Envolve estratégias pagas, com a criação de anúncios de links patrocinados, mas também orgânicas, com a otimização de páginas para conquistar os primeiros lugares do Google.

Otimização para buscadores (SEO)

SEO é uma das estratégias de SEM. Significa Search Engine Optimization ou otimização para mecanismos de busca, que reúne um conjunto de estratégias de otimização com o objetivo de alcançar os primeiros resultados da busca orgânica. Envolve estratégias de SEO On Page, SEO Off Page, SEO Técnico e SEO Local.

Marketing de Influência

O Marketing de Influência é uma das principais forças do Marketing Digital atual. Os influenciadores se tornaram parceiros das marcas para que elas se aproximem dos públicos por meio da sua influência e credibilidade.

Nesse tipo de Marketing, as marcas podem investir em grandes influenciadores, mas também nos microinfluenciadores e nanoinfluenciadores.

Marketing de Afiliados

O Marketing de Afiliados também é bastante requisitado. Funciona por meio de uma rede de afiliados, que divulgam a marca e seus infoprodutos (produtos digitais como cursos online, mentorias, e-books etc.) e recebem uma remuneração a cada divulgação que gera uma conversão.

Automação de Marketing

A Automação de Marketing permite automatizar diversas estratégias que citamos aqui. Você pode automatizar os envios de e-mail marketing, a gestão de redes sociais ou a otimização de campanhas, por exemplo. Mas também pode criar um funil de vendas totalmente automatizado, a fim de escalar o Inbound Marketing e otimizar seus resultados.

Quais as métricas de Marketing Digital para monitorar estratégias?

Na execução do seu plano de Marketing Digital, como você vai saber se essas estratégias estão trazendo os resultados que você quer? É preciso acompanhar as métricas de Marketing Online, que informam sobre a performance da marca nas estratégias e canais digitais.

A seguir, saiba quais são as principais métricas que você deve acompanhar:

Métricas do site/blog

No seu site ou blog, é preciso entender quem são, de onde vêm e como se comportam os seus visitantes. O Google Analytics deve ser seu maior aliado para coletar esses dados. Veja quais são as principais métricas:

  • Tráfego orgânico;
  • Tráfego pago;
  • Taxa de rejeição;
  • Taxa de conversão;
  • Páginas visitadas;
  • Duração da sessão.

Métricas de mídias sociais

Nas mídias sociais, você pode monitorar as métricas nas ferramentas de análise de dados das próprias plataformas, como os Insights do Facebook e o Instagram Analytics. Veja quais são as principais métricas das redes sociais:

  • Tráfego social;
  • Alcance;
  • Engajamento;
  • Sentimento de marca.

Métricas de SEO

O foco do SEO é ganhar posições na busca orgânica do Google. Por isso, é essencial acompanhar as mudanças de posição no ranking, mas também o tráfego que isso gera, entre outros dados. Confira quais são as principais métricas de SEO:

  • Posição no ranking;
  • Tráfego orgânico;
  • CTR orgânico (taxa de cliques);
  • Ganho de backlinks;
  • Velocidade da página;
  • Autoridade do domínio;
  • Autoridade da página.

Métricas de e-mail marketing

Nas métricas de e-mail marketing, você deve identificar se os usuários estão recebendo seus envios, abrindo e clicando nos links. Além disso, é preciso monitorar a saúde da sua lista de e-mails, e a taxa de rejeição ajuda a perceber isso ao informar quantos envios retornaram.

Estas são as principais métricas de e-mail marketing:

  • Taxa de abertura;
  • Taxa de cliques (CTR);
  • Taxa de rejeição (bounce rate).

Métricas de performance

Se o Marketing de Performance está relacionado às mídias pagas, é preciso monitorar métricas relacionadas aos custos das campanhas.

CPC, CPA, CPL e CPM dizem respeito ao que a marca está pagando a cada conversão gerada (clique, venda, lead e visualizações, respectivamente). Então, fique de olho nestas métricas:

  • Custo por Clique (CPC);
  • Custo por Aquisição (CPA);
  • Custo por Lead (CPL);
  • Custo por Mil (CPM);
  • Tráfego pago;
  • Taxa de cliques (CTR).

Métricas de negócio

As métricas de negócio podem perpassar todas as estratégias de Marketing Digital. Elas trazem dados sobre resultados que afetam diretamente o financeiro da empresa (investimentos, custos, receitas etc.).

Então, acompanhe estas métricas de negócio no Marketing Digital:

  • Retorno sobre investimento (ROI);
  • Custo de Aquisição de Clientes (CAC);
  • Receita Mensal Recorrente (MRR);
  • Taxa de retenção ou churn.

Ferramentas de Marketing Digital: quais as 10 plataformas mais importantes?

Uma atuação consistente no Marketing Online depende do uso de ferramentas. Elas ajudam a automatizar diversas tarefas, escalar as estratégias e ganhar produtividade. Veja agora algumas opções de ferramentas de Marketing Digital para auxiliar no seu trabalho:

  1. Google Analytics: ferramenta gratuita de análise de dados do Google, para conhecer melhor os seus visitantes e como se comportam diante das suas estratégias de Marketing Digital.
  2. Google Search Console: ferramenta gratuita do Google para administradores de sites com foco em SEO, permite identificar erros de rastreamento do robô, enviar sitemaps ao buscador, entre outras funções.
  3. Google Data Studio: ferramenta gratuita do Google para criação de relatórios e dashboards inteligentes, integrados a outras ferramentas e atualizados com dados em tempo real.
  4. Google Ads: ferramenta de publicidade do Google para criação de campanhas de anúncios de links patrocinados, mídia display, YouTube, Google Shopping, entre outros canais.
  5. Facebook Ads: ferramenta de publicidade do Facebook, que permite criar campanhas e anúncios para o Facebook, Instagram, WhatsApp e Messenger, além de uma grande rede de sites parceiros.
  6. Semrush: ferramenta de gerenciamento de Marketing Digital focada em SEO e Marketing de Conteúdo, com recursos de pesquisa de palavras-chave, monitoramento de ranking, análise de concorrentes, otimização de conteúdo, entre outros.
  7. Hootsuite: ferramenta de gestão de mídias sociais, que permite gerenciar vários canais e audiências em uma só plataforma.
  8. MailChimp: ferramenta de gestão de Marketing Digital com foco em E-mail Marketing e pensada para pequenas e médias empresas.
  9. RD Station: ferramenta de Automação de Marketing, que oferece recursos para automatizar o funil de vendas e o relacionamento com clientes.
  10. WordPress: ferramenta de gerenciamento de conteúdo para criação e gestão de sites e blogs, que oferece diversos plugins e temas customizáveis.

Como é trabalhar com Marketing Digital?

Quem quer trabalhar com Marketing Digital deve se dispor a aprender sempre. Essa área está em constante movimento, sempre com novas ferramentas, novos canais e novas estratégias. Então, o conhecimento não pode ficar estagnado.

Você pode trabalhar em diversos tipos de organização, do setor público à empresas privadas, incluindo negócios de diversos portes e segmentos, além de agências de publicidade e marketing. É possível trabalhar também como profissional autônomo ou freelancer, atendendo seus próprios clientes.

Nessa área, é importante desenvolver hard skills e soft skills. Entre as hard skills, o profissional de Marketing Digital deve saber trabalhar com dados, utilizar a escrita criativa e usar as ferramentas que vimos acima. Mas as habilidades técnicas variam muito conforme a especialidade que o profissional escolher.

Quanto às soft skills, que são as habilidades comportamentais e emocionais, é importante saber trabalhar em equipe, ter uma boa comunicação, focar em resultados e conciliar criatividade com capacidade analítica. Ao desenvolver essas habilidades, você pode ter mais sucesso no mercado de Marketing Online.

Como aprender Marketing Digital?

Para aprender sobre Marketing Digital e se manter sempre em dia com as novidades, existem vários recursos pela internet.

Você pode acompanhar diversos conteúdos em blogs como esse, que oferecem artigos e materiais ricos sobre Marketing Digital e suas estratégias. Dá para aprender do básico ao avançado nessa área somente com posts de blog.

Além dos blogs, você também pode acompanhar canais sobre Marketing Digital no YouTube, que também têm várias dicas e conteúdos sobre estratégias digitais. Outra ideia é seguir profissionais de Marketing Digital nas redes sociais — você sempre vai conseguir pegar alguma dica de mercado ou alguma indicação de conteúdo que vale a pena.

Mas, para ter um aprendizado mais estruturado, o indicado é cursar uma formação completa em Marketing Digital. Existem diversos cursos online, pagos ou gratuitos, em plataformas como Udemy e Coursera.

Se você quiser uma formação ainda mais completa, pode fazer uma graduação em Marketing ou pós-graduação em Marketing Digital. Instituições de ensino superior, públicas ou privadas, como ESPM, FGV e PUC, oferecem essas formações.

Portanto, agora você já conhece melhor o Marketing Digital e tem vários caminhos para aprender muito mais. Esse universo é amplo e oferece diversas oportunidades profissionais, que só tendem a crescer nos próximos anos.

Se você está começando do zero, não deixe de assistir nosso webinar com um passo a passo de como começar uma estratégia de Marketing Digital!

Compartilhar
Encontre palavras-chave em segundos

Acelere seus resultados de SEO com poderosas pesquisas de palavras-chave

Pesquisa de palavras-chave grátis

Author Photo
Trabalho como Marketing Manager Lead da Semrush no Brasil e sou responsável pelas ações de marketing que envolvem a marca em diferentes canais. Sou apaixonado por comunicação e por aprender cada vez mais sobre o universo do Marketing Digital.