O seu navegador está desatualizado. Talvez o site não seja exibido corretamente. Atualize o navegador.

Conhecimento
Semrush Toolkits
SEO
Backlink Audit
Sobre Textos âncora na Ferramenta Backlink Audit

Sobre Textos âncora na Ferramenta Backlink Audit

Article

 

Backlink Audit  rastreia domínios em busca de backlinks perigosos que possam prejudicar o SEO de um site. Uma maneira de analisar o potencial nível tóxico de um backlink é observando o texto âncora. Este guia vai ajudar a entender as diferenças entre as âncoras que identificamos e por que algumas delas podem se tornar um perigo para o seu perfil de backlinks e SEO.

 

O que torna o texto âncora perigoso?

Texto âncora é a palavra ou frase (geralmente em texto sublinhado em azul como este) exibida em um hiperlink da web. Há muito tempo, o Google recompensava sites se os textos âncora em seus backlinks correspondessem às palavras-chave para quais eles estavam tentando ranquear.

 

Isso resultou em aumento de táticas black hat de  "uso excessívo de palavras-chave em textos âncora". Nos dias de hoje o Google vê o uso excessívo de palavras-chave em textos âncora como um sinal de manipulação e pode punir um site se ele tiver muitos links suspeitos.

 

O que são "textos âncora potencialmente perigosos?"

Se você já tem uma campanha configurada, pode receber um e-mail notificando quantos "textos âncoras potencialmente perigosos" seu site possui.

 

Sobre Textos âncora na Ferramenta Backlink Audit image 1

Existem duas categorias de âncoras que a Semrush classifica como potencialmente perigosas:

 

1. Âncoras de correspondência exata e

2. Âncoras compostas.

 

Há um total de sete categorias que a Semrush usa para classificar âncoras. Você pode vê-las com o menu suspenso na interface da sua campanha.

 

Sobre Textos âncora na Ferramenta Backlink Audit image 2

1. Âncoras de correspondência exata [potencialmente perigosas]

Esses links usam textos âncora que correspondem exatamente a uma palavra-chave para qual o site está tentando ranquear na pesquisa orgânica.  Por exemplo, um link para bestbuy.com usando a palavra MacBook Pro como texto âncora seria considerado uma âncora de correspondência exata, porque bestbuy.com está ranqueando organicamente para essa palavra-chave.

 

Sobre Textos âncora na Ferramenta Backlink Audit image 3

As âncoras de correspondência exata são potencialmente perigosas porque são uma estratégia comum de SEO black-hat

2. Âncoras de marca com palavra-chave [potencialmente perigosas]

Esses links usam textos âncora que contêm o nome da marca e outra palavra ou frase. Por exemplo, um link para bestbuy.com com o texto âncora Confira aqui as melhores ofertas da Best Buy! é uma âncora composta.

 

Sobre Textos âncora na Ferramenta Backlink Audit image 4

Muitas vezes, a palavra-chave incluída nessa âncora de marca é de correspondência exata, tornando esse tipo de âncora potencialmente perigoso também

3. Âncoras de marca

Esses são links que contêm seu nome de marca no texto âncora. Quando você configura a ferramenta Backlink Audit, um dos passos é inserir as variações do seu nome de marca. Com essas informações, identificamos quantos de seus backlinks usam âncoras de marca. Por exemplo, um link para bestbuy.com com o texto âncora "Best Buy" é uma âncora com marca.

 

Sobre Textos âncora na Ferramenta Backlink Audit image 5

Se você vir âncoras de marca com tag "outras", é provável que você não tenha especificado o nome da sua marca nas configurações da sua campanha. Você pode configurar as várias grafias do nome da sua marca nas configurações Engrenagem → Brand name.

 

Sobre Textos âncora na Ferramenta Backlink Audit image 6

Depois de clicar nessa opção de menu, você pode adicionar até 10 variações de seu nome de marca para rastrear âncoras de marca.

 

Sobre Textos âncora na Ferramenta Backlink Audit image 7

4. Âncoras orgânicas

Esses textos âncora representam links escritos naturalmente. Links usando palavras como "clique", "aqui", "confira" e "site" são considerados textos âncora orgânicos.

 

Sobre Textos âncora na Ferramenta Backlink Audit image 8

 

5. Âncoras "nuas"

Os textos âncora "nus" são links que usam o URL completo como texto âncora. Um URL completo precisa de um protocolo (https, ftp etc.) e um nome de domínio (bestbuy.com). Se você vir um link que usa um protocolo como "https: // ..." ou "www ...", é provável que seja uma âncora "nua".

Por exemplo, texto âncora http://bestbuy.com apontando para bestbuy.com é uma âncora "nua" porque é um URL completo (protocolo + endereço de domínio) para a página inicial do site.

No entanto, um link bestbuy.com não seria considerado uma âncora "nua", porque está faltando o protocolo.

 

naked-anchor

6. Âncoras "vazias"

O termo âncora "vazia" significa que o link não possui texto âncora. Geralmente, esses são links de imagem sem o texto âncora que o acompanha.

 

Sobre Textos âncora na Ferramenta Backlink Audit image 10

7. Outras âncoras

Os links nesta categoria têm textos âncora que não estão relacionados ao nome da marca ou à palavra-chave para qual o site está tentando ranquear. As âncoras geralmente são aleatórias e não se enquadram em nenhuma das outras categorias que usamos. Por exemplo, um link para bestbuy.com com uma palavra aleatória como "lojas" como o texto âncora seria classificado como "outro".

 

Sobre Textos âncora na Ferramenta Backlink Audit image 11

 

Lembre-se: ter um backlink suspeito por si só não é perigoso para o SEO do seu site. Se houver apenas alguns links com âncoras de correspondência exata, não há motivo para tentar se livrar deles. Esses tipos de textos de âncora são perigosos apenas quando um site tem um número significativamente alto de links (ou outros sinais tóxicos) em seu perfil de backlinks. Ao adicionar links ao arquivo de rejeição, você deve ter certeza absoluta de que eles não estão trazendo nenhum tráfego de referência valioso para o seu site.

Fluxos de trabalho
Mostrar mais