Marketing Digital para iniciantes: 5 dicas de como começar

Erich Casagrande

Aug 04, 20227 min de leitura
Imagem vetorial com mão segurando megafone e saindo de um dispositivo móvel, na cor laranja

Há muitas oportunidades no mercado de trabalho de marketing digital para iniciantes, basta entender como e por onde começar a procurar.

Vivemos na era digital. Redes sociais, metaverso, tecnologias de realidade virtual fazem cada vez mais parte do cotidiano. Com isso, cresce o contato das pessoas com empresas e com publicidades e ações de divulgação em diversos canais. 

É normal, nesse sentido que o marketing digital cresça em tendência: afinal, se as gerações aumentam a presença online, é lá que as marcas querem estar.

Devido ao crescimento do setor, elaboramos um guia de marketing digital para iniciantes com o objetivo de ajudar no início da sua jornada. Confira!

O que é Marketing Digital?

Se você chegou até aqui, acreditamos que já tenha uma noção do que é marketing digital, certo? 

Vamos relembrar brevemente os conceitos para ter certeza que você sairá desse conteúdo com muitas respostas e sem dúvidas (ou melhor: com dúvidas de quem está passando da fase iniciante à intermediária).

Marketing é comunicação com base nas nuances e particularidades do comportamento do consumidor. No mundo digital, essa comunicação pode ser mais estratégica, uma vez que há um volume considerável de dados informando marcas e empresas sobre o comportamento de consumo de seus clientes. 

Parafraseando Philip Kotler, o objetivo do marketing é descobrir as necessidades do potencial comprador de modo a tornar o produto desejável, reduzindo os esforços na fase de vendas.

Youtube video thumbnail

Por que trabalhar com marketing digital?

Com o crescimento do consumo no âmbito digital, causado tanto pela facilidade das compras online quanto pelo acesso a mais variedade de opções para o consumidor, as empresas precisam disputar a atenção dos clientes.

Para ter uma ideia, apenas em novembro de 2021, o comércio eletrônico registrou 17,9% das vendas do setor de varejo, segundo dados da Neotrust em parceria com o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital. A mesma pesquisa também indicou altas no faturamento dos e-commerces. 

O impacto das mudanças de consumo não se resume ao varejo online. Após passar cerca de dois anos em isolamento, as pessoas intensificaram o uso da internet e muitas empresas aderiram permanentemente ao modelo de trabalho remoto ou híbrido. 

Isso significa que todos passam mais tempo em frente à própria tela, com disponibilidade de realizar buscas e transações a qualquer momento.

Se as empresas estão vendendo bens ou serviços por meio da internet, significa que o acesso cresce em relação a profissionais que possam ajudar. Trabalhar com marketing digital significa estar dentro de um mercado em ascensão, com várias áreas de atuação pouco abordadas ou ainda inexploradas. 

Além disso, o mercado oferece oportunidades de atuação para vários perfis profissionais: seja você mais comunicativo, analítico, executivo ou planejador, há uma profissão que se encaixa com o que você quer. É excelente para pessoas com perfil multipotencial. 

Profissões relacionadas ao marketing digital

Seja você de humanas, exatas, da área de saúde ou das engenharias, o marketing digital possui uma profissão na qual suas habilidades e conhecimentos se destacam. Algumas das que estão em alta são:

  • Analista de marketing digital;
  • Analista de conteúdo;
  • Estrategista de conteúdo;
  • Analista de SEO;
  • Customer Success;
  • Especialista em UX/UI;
  • Gerente de projetos na área de marketing ou SEO;
  • Analista de dados;
  • Redator;
  • Revisor;
  • Roteirista.

Todas essas profissões se complementam e podem atuar juntas para compor uma equipe versátil e completa. 
Se alguma das profissões na lista é interessante para você, continue conosco na próxima etapa: nossas dicas de marketing digital para iniciantes. Veja como começar a sua carreira! 
 

Como começar no marketing digital do zero?

1. Entenda o mercado

Youtube video thumbnail

O primeiro passo para atuar com marketing é entender o mercado de consumo. Não estamos falando apenas em avaliar os preços de mercado, mas sim de analisá-lo como um todo. Comece respondendo às seguintes perguntas:

  • Quais os principais desafios do consumidor brasileiro?
  • Existe algo causando uma mudança nas demandas do consumo? Por exemplo, durante a pandemia, serviços como turismo e casas de entretenimento ficaram suspensos, demandando uma abordagem diferente de suas equipes de marketing, enquanto farmácias e profissionais de saúde tiveram alta demanda.
  • Como é o comportamento de consumo de cada geração?

A ideia é que você comece a se questionar para entender o que move as pessoas a consumir determinados produtos e serviços. 

Embora você provavelmente atue com áreas específicas, o grande segredo para o sucesso na área é entender que, no fim, o comportamento das pessoas é o que deve ditar as regras de estratégias de marketing. Afinal, é com elas que as empresas estão se comunicando.

Se já estiver atuando em alguma empresa ou tem uma ideia dos nichos em que quer trabalhar, comece a estudar o setor, olhe para os grandes players e tente entender o que estão fazendo e o motivo. Enquanto como consumidor você pode apenas se divertir com um vídeo da marca no TikTok ou com um post no Linkedin, como profissional de marketing é fundamental saber que toda ação tem um motivo e um objetivo. Comece a tentar identificá-los.

2. Aprenda desde cedo a mapear uma persona

A persona é uma representação fictícia do seu consumidor. Definir a persona significa definir com quem você vai se comunicar em todas as suas estratégias, e, por isso, é fundamental que você se baseie em dados.

Analise o máximo de informações possíveis sobre os seus clientes. A vantagem do mundo digital é que todos esses dados estão ao seu alcance. É possível entender se as pessoas acessam mais o seu site via celular ou desktop, ver se você recebe mais visitantes homens ou mulheres, a média de idade, localização e muito mais.

Com base nesses dados, trace o perfil da sua persona e entenda para que cada informação pode ser útil. 
Se você sabe o local onde ela vive, consegue verificar os principais problemas econômicos e sociais da região, se inteirar de tendências e notícias e direcionar sua comunicação. A idade traz o perfil geracional, fundamental para entender as principais fontes de consumo. Cada detalhe ajuda a direcionar melhor toda a estratégia de marketing.

3. Familiarize-se com alguns conceitos básicos

Você já viu que pode seguir vários caminhos distintos como profissional de marketing, mas alguns conceitos básicos são fundamentais mesmo que você não atue diretamente com eles. Comece entendendo cinco pontos:

  • Funil de Marketing;
  • SEO;
  • SEM;
  • Ads;
  • UX.

Funil de Marketing

O funil de marketing foi criado para ilustrar as etapas pelas quais o consumidor passa entre o momento em que conhece uma marca até o momento da compra. Entender em qual estágio do funil o potencial consumidor está permite direcionar as comunicações para que façam mais sentido e convertam com mais velocidade.

SEO

SEO significa “search engine optimization”, otimização para mecanismos de busca.
Isso basicamente consiste em um conjunto de estratégias voltadas para o bom posicionamento de um site e suas páginas principais nos mecanismos de busca, como Google, Bing e outros. 

SEM

SEM significa “search engine marketing”, Marketing para Motores de Busca. A sigla se assemelha ao SEO não por acaso: ambos são voltados para mecanismos de busca como o Google, com a diferença que o SEO é focado em buscas orgânicas. O SEM também engloba a otimização de anúncios. 

Veja também: SEO ou SEM: qual é a diferença e como usar cada estratégia.

Ads

Anúncios são ferramentas poderosas do marketing para quem busca conversão no curto prazo. Você não precisa atuar com ads, mas algumas boas práticas de copywriting, pesquisa de mercado e pesquisa de público voltadas para anúncios podem ser utilizadas em outras áreas. 

UX

UX está em alta. A experiência do usuário é o que move bons profissionais de marketing digital. Afinal, não é só sobre divulgar uma empresa, mas também sobre garantir que o potencial cliente tenha uma boa experiência durante todo o contato com a marca. 

4. Crie familiaridade com vários canais de distribuição

Depois de entender o mercado, a persona e os conceitos básicos, é hora de se familiarizar com canais de distribuição. Os principais são as redes sociais, Youtube, email marketing e sites e blogs. 

5. Faça networking

Networking é fundamental para iniciar em qualquer área. Crie uma rede de contatos que lhe permita abrir mais portas em sua jornada profissional. Para isso, participe de eventos — há vários gratuitos que permitem a interação via chat, bem como eventos presenciais que fornecem uma experiência incrível. 

Converse com profissionais da área — o Linkedin é um excelente canal para isso. Também conheça pessoas envolvidas nas áreas dos seus potenciais clientes. Sua rede de contatos pode acelerar seu crescimento e sucesso profissionais. 

Como aprender Marketing Digital sozinho?

Você começou bem sua jornada para aprender marketing digital do zero chegando até aqui. Para se aprofundar na área, leia muito, acompanhe sites e redes sociais de profissionais que são referência nas várias áreas de marketing digital e aproveite vários cursos gratuitos que a internet oferece.

Você também pode começar com os cursos gratuitos da SEMRush Academy!

Como se destacar no mercado? 

Youtube video thumbnail

O primeiro passo para se posicionar no mercado é criar um portfólio. Não se limite a dizer aos seus potenciais clientes que você pode ajudá-los a alcançar consumidores: mostre. 

Seu primeiro cliente é você mesmo. 

Aqui, um diferencial competitivo é criar um portfólio mesmo sem ter clientes. Por que não criar seu próprio site, redes sociais e trabalhar seu próprio marketing? 

Você também pode adicionar trabalhos para si. Um redator pode escrever pautas para clientes fictícios para mostrar a boa escrita. Um profissional de SEO pode fazer análises de sites na segunda página da SERP com potenciais otimizações para melhorar o posicionamento. 

O ideal é que você tenha casos reais, mas mostrar proatividade e criatividade no início da carreira pode ser um grande diferencial. 

Além disso, permita que clientes encontrem você. Divulgue seu trabalho, se posicione como profissional da área perante potenciais consumidores. Fique por dentro de novas tendências e evoluções do consumo e da tecnologia. Faça testes e aprenda a analisar dados. 

O mercado de marketing digital para iniciantes pode ser um pouco assustador, mas também é muito acolhedor. A área está em alta e tende a crescer, por isso, se é o que você quer profissionalmente, é hora de dar o próximo passo. 

Aplique as dicas desse conteúdo e continue seus estudos com nosso Guia Prático de Marketing de Conteúdo com Base em Dados!
 

Compartilhar
Encontre palavras-chave em segundos

Acelere seus resultados de SEO com poderosas pesquisas de palavras-chave

Pesquisa de palavras-chave grátis

Author Photo
Trabalho como Marketing Manager Lead da Semrush no Brasil e sou responsável pelas ações de marketing que envolvem a marca em diferentes canais. Sou apaixonado por comunicação e por aprender cada vez mais sobre o universo do Marketing Digital.
More on this