Dificuldade de palavra-chave: o que é e como medir

Erich Casagrande

Jan 25, 202312 min read
o que é dificuldade de palavra-chave

O que é a dificuldade de palavras-chave?

A dificuldade da palavra-chave é uma métrica que mede o esforço necessário para que seu conteúdo seja classificado na primeira página do Google para um determinado termo de pesquisa. Em outras palavras, se uma palavra-chave for difícil, exigirá muito mais tempo e atenção de sua parte para ver os resultados.

Mas o que isso significa para a pesquisa de palavras-chave? Você deve se concentrar apenas em termos de pesquisa com baixa dificuldade?

Não necessariamente. Ao escolher quais palavras-chave que segmentar, uma estratégia inteligente deve considerar tanto a dificuldade quanto o volume de pesquisa. Dessa forma, você pode criar uma estratégia que equilibre a oportunidade com a facilidade de classificação.

Por que é importante entender a dificuldade da palavra-chave?

A dificuldade das palavras-chave afeta tanto sua estratégia quanto o planejamento de recursos. Se você entender como essa métrica funciona, pode segmentar os termos mais eficientes no seu site e garantir que sua equipe crie conteúdos de sucesso.

Por exemplo: imagine que você escolheu “gerenciamento de projetos” como a próxima palavra-chave do seu blog com base na relevância e no alto volume de pesquisa, sem considerar a dificuldade.

Será que seu post classificará na primeira página? Talvez, mas sem conhecer a dificuldade dessa palavra-chave, torna muito mais difícil entender o que aconteceu.

A dificuldade da palavra-chave pode ajudar a determinar se sua meta de classificar uma nova página é realista ou não. Você pode usar esse conhecimento para detalhar seu plano de conteúdo e alocar os recursos necessários.

Mas o que influencia na dificuldade de um termos? Isso depende de alguns fatores, incluindo:

  • Concorrentes;
  • Qualidade do conteúdo;
  • Intenção de busca;
  • Backlinks;
  • Autoridade de domínio.

Competitors

Se você deseja competir pela primeira posição da SERP, precisa saber quem mais está tentando conquistá-la. Mas o problema é que sua concorrência pode não ser quem você espera.

É por isso que a análise competitiva de SEO é tão importante.

Geralmente, existem três tipos diferentes de concorrentes:

  • Do seu setor: outras empresas que vendem produtos ou serviços semelhantes para um público similar.
  • Concorrentes de SEO: outros domínios que escrevem conteúdo para um público semelhante ao seu e competem por um perfil de palavra-chave parecido.
  • Concorrentes para a palavra-chave: quem está classificando para o termo exato que você deseja segmentar.

Na maioria dos casos, essas três categorias se sobrepõem. Afinal, é provável que os concorrentes do seu setor também estejam criando conteúdo e segmentando um público semelhante ao seu.

Se você não tem certeza de quem são seus concorrentes, você pode usar a ferramenta Market Explorer, da Semrush.

Ela não apenas identificará seus principais concorrentes no seu setor em relação ao tráfego, mas também ajudará você a fazer comparações relacionadas às tendências do mercado.

ferramenta market explorer

Para descobrir com quem você está competindo por uma palavra-chave específica, acesse a ferramenta Visão geral de palavras-chave para uma análise completa da SERP.

análise de serp na ferramenta visão geral de palavras-chave

Você pode ver quem está classificando para o termo, comparar a autoridade da página, o número de domínios de referência e o tráfego de pesquisa. Você também pode visualizar essas páginas para saber como é o conteúdo delas.

Por fim, use a ferramenta Visão geral do domínio para estudar concorrentes que você ainda não tinha pesquisado.

ferramenta visão geral do domínio

Use o que você aprendeu para criar uma estratégia de conteúdo mais eficaz que atenda às necessidades do seu público e diferencie sua marca.

Qualidade do conteúdo

Você não vai ranquear bem sem criar conteúdo de qualidade.

Mas o que é conteúdo de qualidade?

A declaração missão do Google nos dá a resposta:

Acreditamos que a Busca precisa: Oferecer as informações mais relevantes e confiáveis disponíveis

Isso significa que, acima de tudo, você deve se esforçar para fornecer conteúdo que não seja apenas relevante para as necessidades do seu público, mas também confiável e que gere engajamento. Otimize esse conteúdo para que o Google possa encontrá-lo e entregá-lo aos usuários quando eles precisarem.

Para isso:

  1. Faça uma pesquisa de palavras-chave para descobrir o que seu público quer saber e como eles buscam. Certifique-se de que o tópico seja relevante para sua marca e para as necessidades do seu público.
  2. Crie um conteúdo que responda a essas perguntas de maneira clara, abrangente e envolvente. O texto deve ser fluente e ter informações corretas e atualizadas.
  3. Otimize seu copy. Use subtítulos para facilitar a leitura e a compreensão por parte dos mecanismos de pesquisa. Use palavras-chave secundárias para ajudar os algoritmos a entender seu conteúdo.
  4. Adicione um texto alternativo claro e descritivo às imagens. Forneça contexto para essas imagens, para que seu artigo seja acessível a pessoas que usam leitores de tela.

Quer aprender mais? Leia este artigo sobre como especialistas medem a qualidade do conteúdo (em inglês).

How to create quality content

Intenção de busca

Infelizmente, não basta escrever um bom conteúdo. Se você quer que o Google classifique sua página e que seu público clique nela, o conteúdo deve atender à intenção de busca dos usuários.

Ela se refere ao tipo de conteúdo que uma pessoa procura ao inserir uma palavra-chave em um mecanismo de pesquisa. Existem quatro tipos diferentes:

  • Informativa: o usuário busca informações sobre um tópico;
  • Comercial: o usuário pesquisa antes de tomar uma decisão de compra;
  • Transacional: o usuário deseja comprar algo;
  • Navegacional: o usuário quer encontrar uma página específica.

Você pode descobrir a intenção de busca de uma palavra-chave de duas maneiras:

Primeiro, você pode inseri-las no Google e analisar os resultados.

A maioria dos resultados são itens de referência, como postagens de blog? Ou existem páginas de produtos?

Quais recursos da SERP aparecem? Ao estudar os resultados, você consegue determinar como o Google interpreta a intenção de busca das pessoas.

Você também pode economizar tempo e usar nossa métrica de intenção de palavras-chave, que está disponível na maioria das nossas ferramentas, como a Keyword Magic Tool:

intenção d ebusca na ferramenta keyword magic tool

Ao criar conteúdo para seu site, verifique se ele está alinhado com a intenção por trás das palavras-chave que você está segmentando. Mesmo se você escrever sobre o tópico certo, se fornecer o tipo errado de informação, terá muito mais dificuldade em classificar a página.

Embora os fatores de classificação do Google tenham mudado ao longo do tempo, a presença e a qualidade de backlinks ainda são fundamentais para SEO. O próprio Google afirma isso em seu artigo sobre como funcionam os algoritmos de busca.

Backlinks de qualidade – ou seja, referências para o seu site em fontes confiáveis – informam aos mecanismos de pesquisa que seu conteúdo é confiável. Isso ajuda a construir a autoridade do seu domínio.

exemplo de backlink

Mas o que tudo isso tem a ver com a dificuldade das palavras-chave? Se todos os seus principais concorrentes para uma palavra-chave tiverem perfis de backlink fortes, será muito mais difícil para classificar uma nova página.

No entanto, se você quer que o novo conteúdo classifique, desenvolva uma estratégia de link building para aumentar sua autoridade ao longo do tempo. E para o conteúdo que já classifica, construir um perfil de backlink forte pode ajudá-lo a permanecer no topo.

Autoridade do domínio

A verdade é que um domínio novo terá mais dificuldades para classificar para palavras-chave competitivas. Leva tempo para construir a autoridade que você precisa para conquistar boas posições nas SERPs – especialmente quando a concorrência já está bem-estabelecida.

A autoridade do domínio influencia a dificuldade da palavra-chave de duas maneiras:

  • Se seu site for novo ou tiver baixa autoridade, será mais difícil mostrar aos mecanismos de pesquisa que seu conteúdo é melhor e mais confiável do que o da concorrência.
  • Se seus principais concorrentes para uma palavra-chave estiverem bem- estabelecidos e possuírem alta autoridade, será ainda mais difícil tirá-los dos primeiros lugares da SERP.

Você pode avaliar a autoridade de domínio a partir da métrica Authority Score, da Semrush, que avalia a qualidade geral de um site. 

Você pode encontrá-la na ferramenta Visão geral do domínio:

informações na ferramenta visão geral de domínio

Basta inserir um domínio e pesquisar.

Você pode ver como seu domínio se compara aos que estão atualmente classificados para as palavras-chave que você deseja segmentar. Se a pontuação deles for muito mais alta do que a sua, é importante investir em estratégias para aumentar a autoridade do seu site.

Se você tiver uma conta Guru ou superior, também pode navegar até a guia "Comparação de domínios" para visualizar os resultados lado a lado.

Como usar a Semrush para descobrir a dificuldade das palavras-chave

Com as ferramentas da Semrush, você pode visualizar a métrica de pontuação de dificuldade da palavra-chave (KD%). Ela é exibida como uma porcentagem, variando de 0 a 100. Quanto mais baixa a pontuação, mais fácil de classificar.

Para calcular a dificuldade de uma palavra-chave, a Semrush analisa a autoridade das páginas atualmente classificadas, a quantidade e a qualidade de seus backlinks (incluindo a proporção atributos follow/nofollow), bem como outros dados específicos.

As pontuações são divididas da seguinte forma:

Pontuação

O que significa

0-14: Muito fácil.

Essas palavras-chave podem ser boas para segmentar se você pensar em classificar o mais rápido possível com menos esforço. No entanto, é imprortante verificar o volume de pesquisa antes de tomar uma decisão, pois às vezes pode ser bastante baixo.

15-29: Fácil.

Estes termos são relativamente fáceis, mesmo para domínios novos. Para classificar, você precisa produzir conteúdo relevante e de qualidade.

30-49: Possível.

Para essas palavras-chave, você precisa de conteúdo de qualidade que não seja apenas bem otimizado, mas também muito bem-organizado e com boa estrutura.

50-69: Difícil.

Além de produzir conteúdo de qualidade, bem-estruturado e otimizado, você vai precisar de backlinks de qualidade para classificar para essas palavras-chave.

70-84: Muito difícil.

É preciso se esforçar muito. Você precisa de mais e melhores backlinks para dar suporte ao seu conteúdo.

85-100 = Extremamente difícil.

As palavras-chave mais difíceis de competir. Além de conteúdo de alta qualidade e link building, você precisa dedicar muito tempo e esforço ao SEO e à promoção do seu conteúdo.

Lembre-se de levar as pontuações em consideração durante cada etapa do processo de pesquisa de palavras-chave.

Digamos que você queira escrever mais posts para o seu blog, mas ainda está na fase de pesquisa. Você não tem certeza de quais palavras-chave segmentar, mas quer criar um conteúdo de qualidade que atraia leitores para seu site.

Comece com a ferramenta Keyword Magic Tool. Insira uma palavra-chave relacionada a um tópico sobre o qual você quer escrever.

A ferramenta gerará uma lista de termos que você pode segmentar, juntamente com uma série de dados que podem ajudar a criar sua lista de palavras-chave relevantes. Você pode verificar a dificuldade da palavra-chave para cada uma delas na coluna KD%.

dificuldade da palavra-chave na ferramenta keyword magic tool

Ao escolher suas palavras-chave, considere:

  • O assunto é relevante para o seu público?
  • Qual é o volume de pesquisa?
  • Quão difícil é esta palavra-chave?
  • A intenção de busca está alinhada com seus objetivos?
  • Quão competitiva é esta palavra-chave?
  • Existem recursos da SERP que você quer conquistar?

Depois de escolher uma palavra-chave para segmentar, digite-a na ferramenta Visão geral de palavras-chave para obter mais informações. Você pode inserir até 100 termos de uma só vez.

informações na ferramenta visão geral de palavras-chave

Na ferramenta, você pode encontrar:

  • Mais detalhes sobre a KD%, incluindo o que você precisa fazer para classificar;
  • Principais palavras-chave, perguntas e variações relacionadas (e seus KDs);
  • Outros dados incluindo intenção de busca, volume, recursos da SERP e CPC;
  • A análise da SERP fornece dados sobre quem está classificando atualmente, suas pontuações de autoridade, tráfego e backlinks e perfis de palavras-chave

Usando esses dados, você pode tomar uma decisão mais embasada sobre se deseja segmentar essa palavra-chave ou não. Se sim, a pesquisa competitiva e as palavras-chave secundárias que você encontra na ferramenta servem como base para estruturar seu artigo.

Dica: sempre considere a dificuldade da palavra-chave no contexto do seu domínio. Dependendo da pontuação de autoridade do seu site, um termos pode ser mais fácil ou mais difícil para você do que o KD% indica.

Qual é uma boa pontuação de dificuldade da palavra-chave?

Para saber se uma pontuação de dificuldade de palavras-chave é boa ou não, você deve conhecer seu próprio site. Se você tiver um domínio de alta autoridade, tem o potencial de classificar palavras-chave mais difíceis com mais facilidade. Nesse caso, pode valer a pena segmentar termos de pesquisa de alta dificuldade.

Por outro lado, se você tiver um site totalmente novo, segmentar os termos de pesquisa mais difíceis pode não ser tão vantajoso. Em alguns casos, pode ser uma estratégia mais inteligente evitar as palavras-chave mais difíceis e, em vez disso, segmentar as mais fáceis e trabalhar para aumentar sua autoridade ao longo do tempo.

No entanto, se as palavras-chave mais difíceis forem fundamentais para o seu negócio, você deve decidir se vale a pena o esforço para segmentá-las, mesmo que demore mais para classificar.

Como escolher palavras-chave com base em sua dificuldade?

  • Entenda que SEO é um processo a longo prazo. Mesmo que uma palavra-chave pareça fora do seu alcance no momento, isso não significa que você deva ignorar totalmente os termos mais difíceis de classificar. Você só precisa entender que levará tempo para conquistá-los. Continue analisando sua autoridade e dos que atualmente classificam para essas palavras-chave, construindo uma estratégia de longo prazo.
  • Estratégias inteligentes equilibram palavras-chave fáceis de classificar com as difíceis. Faz sentido trabalhar termos de menor dificuldade com outros que levarão tempo para ganhar visibilidade. Construir topic clusters é uma ótima maneira de fazer isso. Segmente termos mais amplos que tenham uma dificuldade de palavra-chave mais alta com suas páginas pilares e os de pontuações mais baixas com seu cluster de conteúdo.

E o que seria uma palavra-chave fácil?

Uma palavra-chave com pontuação considerada “fácil” varia de 0 a 29. No entanto, como acontece com pontuações “boas”, a resposta pode variar.

Por exemplo: se seu domínio é considerado autoridade no seu nicho, você terá muito mais facilidade para classificar palavras-chave que podem ser difíceis para outros sites.

Ao avaliar a dificuldade de uma palavra-chave, considere a KD% e sua experiência.

Como as palavras-chave de cauda longa afetam a dificuldade do termo?

Palavras-chave de cauda longa geralmente são mais extensas e têm um volume de pesquisa menor, além de serem menos competitivas. Também têm maior probabilidade de conseguir taxas de conversão mais altas.

palavras-chave de cauda longa

Mesmo que você obtenha menos tráfego geral com esses termos, é muito mais provável que atraia um tráfego muito mais relevante.

Do ponto de vista do usuário, ele está apenas tentando encontrar a resposta mais específica para sua pergunta. Se alguém digitasse “tomateiro”, obteria resultados bastante amplos nas SERPs. Mas se digitasse “doenças do tomateiro como tratar”, veria resultados muito mais específicos.

Considerações finais

Não cometa o erro de basear sua pesquisa de palavras-chave apenas no volume de pesquisa.

Você deve se esforçar para definir expectativas realistas e estimar o tempo e os recursos necessários para ter sucesso.

Tire um tempo para entender se é viável classificar para as palavras-chave que você deseja segmentar, encontrar oportunidades com menor dificuldade e maior valor e fazer projeções mais realistas.

Use a pontuação de dificuldade da palavra-chave como um norte e combine-a com informações sobre a autoridade de seu próprio domínio para criar ações que preparem seu negócio para crescer.

Existem muitas ferramentas de pesquisa de palavras-chave para testar!

Share
Author Photo
Trabalho como Marketing Manager Lead da Semrush no Brasil e sou responsável pelas ações de marketing que envolvem a marca em diferentes canais. Sou apaixonado por comunicação e por aprender cada vez mais sobre o universo do Marketing Digital.
More on this