H1 Tag: O Que é, Por Que é Importante e Boas Práticas

Erich Casagrande

Jul 27, 202313 min de leitura
Tags h1 para SEO
Compartilhar

ÍNDICE

Os títulos e intertítulos dos conteúdos, também conhecidos como headers (H1 tag, H2 tag, H3 tag etc.), não servem apenas para organizar melhor o conteúdo de uma página e facilitam a leitura. Eles também são essenciais para se ter um bom SEO técnico.

Essa é uma das etapas de SEO (otimização de mecanismos de pesquisa) realizadas para facilitar o rastreamento do site e indexação da página feitos por bots de mecanismos de pesquisa, que basicamente “leem" as páginas e as categorizam. Se os bots não conseguem rastrear uma página, não conseguem posicioná-la.

Não se assuste com o termo "técnico". SEO técnico se refere simplesmente a práticas que não têm nada a ver com o conteúdo real do site. Em vez disso, ele se concentra na infraestrutura do site, como no uso de diferentes títulos. As headers tags são uma maneira fácil de melhorar o SEO técnico de qualquer página inicial.

Existem diferentes tipos de headers tags, categorizadas por números, de H1 a H6. Cada título serve a um propósito diferente, fornecendo aos rastreadores do mecanismo de pesquisa, como o Googlebot, informações valiosas sobre a página. Este guia se concentra em como usar tags H1 para melhorar os resultados de SEO: 

O que são Tags de Título e H1 Tag?

Uma página ou postagem de blog pode ter vários títulos. As tags HTML (Hypertext markup language) são usadas para diferenciar os tipos de títulos. Uma tag HTML é basicamente um pedaço de código que informa ao navegador como o conteúdo deve ser exibido. Uma H1 tag ou tag H1 pode ser assim:

<h1>Esta é uma tag H1</h1>

É muito importante entender a diferença entre tittle tag ou título SEO e H1 tag ou título do conteúdo. A title tag, conhecida também como título SEO, é o título da página e aparece nos resultados de pesquisa do Google, por exemplo. A H1 tag é o header do conteúdo em si, o título daquele conteúdo. Elas podem ter a mesma informação, mas são coisas diferentes: tittle tag tem outro código HTML e você pode encontrar detalhes sobre elas neste artigo aqui.

<title>Esta é um title tag </title>

Voltando ao ponto de H1 tag, o código (<h1></h1>) informa ao navegador como exibir o texto “Esta é uma tag H1”. Os diferentes tipos de tags de título indicam o que são títulos em uma página.

Não se trata apenas de fornecer informações aos bots de mecanismo de pesquisa. Elas também proporcionam uma experiência de usuário mais estruturada e adequada. Grandes pedaços de texto são difíceis de ler na tela, e os títulos facilitam a leitura.

Neste conteúdo sobre conteúdo otimizado para SEO, a H1 tag é encontrada facilmente no código-fonte:

<h1>SEO Friendly: como criar conteúdo otimizado para SEO com a SEMrush</h1>

Veja como a tag H1 é exibida para os usuários que visitam a página:

exemplo de H1 Tag

Tags H1

A tag H1 é considerada a mais importante. Por quê? Ela é essencialmente o título da conteúdo. A tag de título H1 é um fator de posicionamento fundamental, consultada pelos bots do mecanismo de pesquisa para descobrir sobre o que a página trata. Geralmente, também é o conteúdo com mais visibilidade na página para o leitor, pois o conteúdo com tag H1 tradicionalmente aparece maior nas telas (embora isso não seja obrigatório).

Para garantir que seu conteúdo seja mais adequado a SEO (especificamente sua tag H1), use nosso SEO Content Template, que oferece sugestões sobre como incorporar a palavra-chave que você quer posicionar em diferentes aspectos de SEO técnico da sua página. Usamos o exemplo do termo design de interiores:

SEO Content Template H1 Tag sugestões

Tags H2

Se a tag H1 principal é como o título de um livro, os subtítulos H2 são como capítulos. Você pode usar intertítulos H2 para subdividir seu conteúdo em seções lógicas. Por exemplo, se o título do conteúdo for “As melhores práticas de SEO para 2021 e como implementá-las", é possível subdividir o conteúdo em dois “capítulos” principais: uma lista de melhores práticas e como implementá-las.

Tags H3

As tags H3 subdividem e esclarecem ainda mais o conteúdo. Por exemplo, digamos que você tenha duas categorias H2 no conteúdo: “As melhores práticas de SEO” e “Como implementar práticas de SEO”.

Sob as melhores práticas de SEO, é possível incluir uma lista de práticas, e cada uma delas pode ser uma tag H3, um intertítulo dentro daquele assunto. Na implementação, você pode incluir uma lista de dicas diferentes, e cada dica pode ser um título H3. Depois, detalhe mais cada prática ou dica.

Tags H4 e Seguintes

As tags H4, H5 e H6 organizam ainda mais o conteúdo na página. Elas permitem que você adicione mais detalhes granulares sem que o leitor passe trabalho com blocos de texto pesados.

Por exemplo, digamos que a seção H2 seja “As melhores práticas de SEO". Sob ela, você tem a tag H3, “Como conseguir backlinks de alta qualidade”. Você pode incluir tags H4 que respondem a dúvidas como: “O que são backlinks de alta qualidade?" e “Como você consegue backlinks de alta qualidade?”

estrutura de html h1 h2 h3

Por que os Títulos de Tags H1 são Importantes?

As tags H1 informam aos bots de mecanismo de pesquisa e aos usuários sobre o que a página trata. O H1 de uma página é o título mais importante e deve resumir com precisão o conteúdo da página. No entanto, você não pode simplesmente inserir um H1 na parte superior da página e achar que está tudo pronto. Incorporar títulos em todo o conteúdo traz diferentes benefícios.

Ajudam os Mecanismos de Pesquisa a Entender o Conteúdo

Os mecanismos de busca, assim como os leitores, analisam os H1s para entender as suas páginas e seu conteúdo.

John Mueller, do Google, afirmou: "se você escreve conteúdo para o qual deseja classificar, ser capaz de entender melhor esse conteúdo nos ajuda".

Ou seja: quanto mais descritivo for o seu H1, melhor.

E, com a tag descritiva H1 em seu código, o Google pode ter mais facilidade para entender o que está na página.

Mostram a Estrutura do Texto

Para facilitar a leitura do texto em telas pequenas, como tablets e smartphones, é importante criar conteúdo que seja fácil de ler. Os títulos dividem longos blocos de texto e funcionam como indicadores, orientando o leitor através do conteúdo. Os leitores também conseguem identificar rapidamente quais partes do texto são mais relevantes e ir direto para elas (como pular para o capítulo mais relevante de um livro).

Melhoram a Acessibilidade

Os títulos também melhoram a acessibilidade de uma página. Os leitores de tela conseguem ler código HTML e qualquer texto marcado com HTML. Uma pessoa com deficiência visual pode determinar se vale a pena ler o conteúdo da página. Os títulos também simplificam a navegação, pois os leitores de tela podem fornecer atalhos para pular entre títulos com tags.

Melhoram o SEO

Por último, mas não menos importante, as header tags podem beneficiar indiretamente o SEO. Mecanismos de pesquisa como o Google consideram a adequação ao usuário como um fator de posicionamento. Os bots reconhecem os títulos e intertítulos (H1 tag e as demais) como um elemento ideal para usuários, pois eles fornecem a formatação da página e facilitam a leitura e acessibilidade do conteúdo. Sem as tags adequadas para os intertítulos, os bots podem considerar que não sua página não é adequada ao usuário, o que pode fazer com que os resultados do mecanismo de pesquisa sejam afetados.

Como Faço para Adicionar H1 Tags?

Você não precisa ser um especialista em otimização de mecanismo de pesquisa ou saber como programar para dominar tags de título HTML. No breve tutorial abaixo, explicamos como incorporar títulos na estrutura da sua página com facilidade.

Como Usar Títulos de Forma Eficaz na Estrutura da sua Página

Em geral, os títulos devem ser usados hierarquicamente. Ou seja, comece com H1 (seu título ou assunto principal) e depois com H2, H3 e assim por diante. Talvez você tenha apenas um H1 e alguns intertítulos H2 em um conteúdo curto.

Para conteúdos mais longos e complexos, talvez seja necessário ter intertítulos até H6 para garantir a objetividade. Por fim, tudo gira em torno de organizar o conteúdo de uma forma que facilite que os leitores leiam e entendam o texto.

Ao estruturar seus intertítulos, priorize a lógica. Não crie títulos apenas para SEO. Novamente, os benefícios nas páginas de resultados de mecanismos de pesquisa (SERPs) são apenas indiretos. Em vez disso, concentre-se em criar e organizar intertítulos que sirvam como indicadores claros para os leitores.

O H1 introduz o assunto, os subtítulos H2 o dividem em seções principal e os intertítulos a partir de H3 adicionam granularidade. Você também pode usar títulos para estruturar o conteúdo antes de escrevê-lo, para garantir ele será claro.

Veja como pode ser a estrutura de um conteúdo sobre como fazer exercícios traz benefícios à saúde. Você pode usar este modelo como ponto de referência ao tentar entender como estruturar os níveis de títulos no seu conteúdo:

  • H1: Os benefícios que os exercícios trazem à saúde
  • H2: Benefícios que os exercícios trazem à saúde mental
  • H3: Alívio do estresse
  • H3: Redução da ansiedade
  • H3: Diminuição do risco de depressão
  • H2: Benefícios físicos dos exercícios
  • H3: Melhoria da resistência cardiovascular
  • H3: Fortalecimento dos músculos
  • H3: Aumento da flexibilidade
  • H2: 10 dicas de exercícios para fazer em casa

Use Plug-Ins na Plataforma de Hospedagem do seu Site

Existem plug-ins disponíveis para ajudar a melhorar a qualidade das tags de título. O plug-in Yoast SEO para WordPress sinaliza quando um bloco de texto passa de 300 palavras e deve ser dividido com um título ou subtítulo, por exemplo. Se você usa o Joomla, pode ter a extensão Aimy H1 Heading para consertar títulos H1 que estejam faltando. Se for usuário do Drupal, confira o módulo Taxonomy Title sobre a atualização das tags H1 e H2.

Boas práticas de H1 Tag

Veja a seguir seis práticas recomendadas de tags H1 que você pode seguir para melhorar seu SEO.

1. Use Apenas uma H1 por Página

Usar apenas um H1 cria hierarquia e dá à página uma estrutura mais lógica.

Fica mais fácil para os leitores (e para quem usa leitores de tela) de "escanear" eentender sobre o que é sua página.

O H1 é o principal tópico ou título. Os H2s são subtítulos importantes. Os H3s são subtítulos que apoiam estes últimos e assim por diante.

Cada página deve ter apenas um tópico e título principal. E este deve ser seu único H1.

2. Certifique-se de que Toda Página Importante Tem um H1

Considerando que a H1 tag é o título mais importante, todas as páginas importantes devem ter um H1.

E quais páginas são consideradas importantes? Isso depende de você. Mas um bom fator para considerar isso é pensar nas páginas que você quer que ranqueiem no Google.

Para encontrar páginas que não tem H1:

  1. Acesse a ferramenta Auditoria do site da Semrush
  2. Insira a URL da página inicial do seu site e clique em "Iniciar auditoria"
  3. Clique na aba "problemas"
  4. Digite H1 na barra de pesquisa
  5. Clique nas advertências para páginas que não têm um H1

3. Inclua sua Palavra-chave Alvo

Um estudo dos fatores de ranqueamento do Google sugere que incluir sua principal palavra-chave na H1 tag é um fator de classificação.

Juntamente com seu meta título, o Google usa seu H1 para determinar se seu conteúdo é relevante para uma busca.

Em outras palavras, uma página com um H1 que seja relevante para uma busca provavelmente vai ranquear bem para aquela busca. 

Também faz sentido incluir sua palavra-chave alvo para que o tópico fique claro para os leitores.

4. Mantenha suas H1 Tags com Menos de 60 Caracteres

Quanto mais clara e concisa for sua escrita, melhor. Não é diferente no caso de tags H1 ou outro títulos.

As boas práticas sugerem manter entre 50 e 60 caracteres – assim como suas meta title tags.

Mas, por quê?

Muitos CMSs usam o mesmo texto para seu H1 e sua title tag. Além disso, como falamos antes o Google às vezes troca title tags por H1 tags.

Assim, não há um limite técnico para o comprimento de uma H1 tag, mas o melhor é mantê-la abaixo dos 60 caracteres.

5. Mantenha seus H1s Semelhantes a suas Title Tags

Uma meta title tag é um elemento HTML usado para especificar o título de uma página web. É escrito como <title> abaixo da seção <head> do código do seu site.

Muitas vezes, as pessoas confundem com tags H1 porque tato o título quanto a tag H1 descrevem sobre o que é a página.

A diferença é onde eles aparecem.

Title tags aparecem nas páginas de resultados dos mecanismos de busca (SERPs). E no topo da aba do navegador web. Para além disso, não ficam visíveis na página.

As tags H1 são o que o usuário vê na página, muitas vezes em um texto maior. Elas geralmente não aparecem nas SERPs.

O Google recomenda que suas H1 tags e suas title tags sejam semelhantes para evitar que os títulos não apareçam por completo nos resultados de busca.

Elas não precisam ser iguais,mas devem ser parecidas.

Os usuários se sentirão enganados se chegarem uma página e virem um H1 completamente diferente. E você não quer isso, quer?

6. Otimize seu H1 para a Intenção de Busca 

A intenção de busca e o objetivo primário de um usuário quando ele procura algo.

Seu H1 deve dizer ao leitor imediatamente que você vai satisfazer sua intenção de de busca. Em outras palavras: seu conteúdo vai dar a ele o que ele quer.

Satisfazer a intenção de busca é importante porque é o principal objetivo do Google. Por sua vez, se torna também seu principal objetivo se você quer ranquear bem.

Para determinar a intenção de busca de uma palavra-chave, digite-a no Google e analisa o que aparece. Veja se os resultados são mais comerciais, informativos, de navegação ou transacionais. Por exemplo, se a palavra-chave for informativo, escreva um H1 que satisfaça a intenção de busca informativa.

Você também pode descobrir a intenção de busca na ferramenta visão geral de palavras-chave.

Digite a palavra-chave e aperte "Pesquisar".

Você terá acesso a muitas informações sobre sua palavra-chave, incluindo sua intenção.

Como as Tags H1 Mudaram?

Mecanismos de pesquisa como o Google atualizam continuamente seus algoritmos, alterando a forma como as páginas são posicionadas. Não deve surpreender que os títulos H1 tenham evoluído e que as melhores práticas em torno de seu uso também tenham mudado. No passado, deveria haver apenas um H1 por página, ele deveria ser o maior texto da página e ter a palavra-chave de cauda longa.

No entanto, esses requisitos não são mais obrigatórios, em parte devido ao desenvolvimento do HTML5. Agora, ter vários títulos H1 não é um problema. Além disso, o Google favorece a adequação à experiência do usuário e não a densidade de palavras-chave.

Em vez de tentar colocar sua palavra-chave principal no título H1, tente usá-la naturalmente. Por fim, o conteúdo da página deve ser organizado de forma prática e lógica para priorizar a legibilidade. Novamente, você não está organizando conteúdo para bots, mas para leitores humanos. Estruture seu conteúdo tendo isso em mente.

Use a Semrush para Melhorar o SEO On-Page

Pode ser difícil ficar por dentro do mundo dinâmico das melhores práticas de SEO. O objetivo da Semrush é tornar isso mais fácil, mesmo que você não seja um profissional de SEO. Você pode usar o On Page SEO Checker para determinar o estado atual das suas páginas.

Uma avaliação completa de tudo, do título ao uso das palavras-chave, é o primeiro passo para identificar áreas que precisam ser melhoradas. Depois, você pode tomar medidas para melhorar seu SEO, garantindo que seu site está atraindo o tráfego orgânico que você quer.

Compartilhar
Author Photo
Trabalho como Marketing Manager Lead da Semrush no Brasil e sou responsável pelas ações de marketing que envolvem a marca em diferentes canais. Sou apaixonado por comunicação e por aprender cada vez mais sobre o universo do Marketing Digital.
Mais sobre isso