O que é link bait e como usá-lo para atrair mais links para seu blog

Erich Casagrande

Jan 24, 20239 min de leitura
O que é link bait
Compartilhar

ÍNDICE

Link bait é uma estratégia utilizada para atrair backlinks orgânicos conquistando a confiança de outros sites e blogs a partir da oferta de um conteúdo relevante e original. Ela permite reforçar a autoridade e relevância da marca.

A busca por relevância e autoridade no ambiente digital é uma meta comum para qualquer pessoa que investe em Marketing de Conteúdo, certo? É essencial contar com estratégias robustas para conseguir melhores resultados, especialmente com a concorrência crescente. O link bait é um conceito que pode ajudar.

Pela similaridade com outros termos muito populares na internet, esse conceito pode ser visto inicialmente como algo negativo. Porém, na verdade, não envolve nenhum tipo de "enganação". A isca nesse caso é totalmente honesta: é a qualidade e a originalidade de um conteúdo.

A partir dessa "isca", a ideia é que o seu domínio receba mais e mais referências de players relevantes no mercado. Mas como o link bait funciona? O que deve ser feito, na prática, para colocar essa estratégia em ação? Continue a leitura para saber tudo sobre esse assunto!

O link bait é uma estratégia de criação de conteúdo relevante e original para que outros produtores, jornalistas e sites se interessem e façam linkagens. A ideia é muito simples: conseguir mais backlinks para reforçar a reputação e a autoridade da sua marca sobre um determinado assunto.

O texto desenvolvido é tão bom e útil que outros produtores de conteúdo também querem, de alguma forma, oferecê-lo para as suas respectivas audiências. Com isso, o leitor é obviamente beneficiado, e o seu link passa a ganhar ainda mais relevância dentro da internet.

Imagine que você atua na área do mercado imobiliário e criou um mapa interativo que permite aos usuários visualizarem os preços médios de aluguel em todos os bairros de uma cidade. Quantos outros sites, portais, blogs e landing pages não vão querer oferecer esse serviço para os seus leitores?

Quando isso acontece, outros players começam a linkar para a sua página. Ou seja, o conteúdo relevante serviu como uma isca — honesta, afinal, o material é relevante — para que o seu site ganhasse mais backlinks.

O link bait é uma estratégia eficiente porque nada funciona tão bem para atrair visitantes — e referências, em seguida — do que um conteúdo de qualidade sobre um assunto relevante para uma determinada audiência. E, a partir disso, a autoridade da sua marca se consolida de vez.

Um material interativo que sirva de pesquisa para jornalistas e outros produtores de conteúdo, por exemplo, pode ser utilizado inúmeras vezes não apenas como fonte de consulta, mas também para que eles consigam se comunicar com as suas audiências específicas.

Além disso, outro motivo que reforça a eficiência do link bait está justamente na possibilidade de você controlar a estratégia. Um conteúdo de qualidade estruturado por você vai ter destaque e, consequentemente, gerar backlinks. O trabalho depende bastante de você e da sua equipe.

Todo esse esforço não serve apenas para conseguir um melhor rankeamento na SERP. Ajuda também a fortalecer a autoridade da sua marca, impactando nas suas chances de melhor posicionamento em disputas por palavras-chave mais disputadas.

Link baiting e link building têm o mesmo objetivo: conquistar backlinks de qualidade para os conteúdos. Apesar de complementares, são estratégias diferentes. O primeiro é um movimento mais passivo, enquanto o segundo pode ser feito de modo mais ativo.

Estratégias de link building podem incluir diferentes ações, como divulgação nas redes sociais, produção de guest posts ou parcerias com quem tem influência no segmento de atuação.

Enquanto isso, o link baiting consegue atrair os backlinks sem precisar desse contato. A tática consiste apenas na entrega de conteúdos relevantes, úteis e originais para que outros usuários se interessem pelo tema e criem referências para esse material. É algo similar ao que o Inbound Marketing faz.

O link bait também é muito confundido com outras duas "iscas": click bait e engagement bait. O primeiro é uma estratégia controversa que busca a atenção do usuário com chamadas e títulos que nem sempre entregam a realidade, com abertura para interpretação do leitor e, consequentemente, a curiosidade.

Engagement bait é uma estratégia muito comum nas redes sociais para conseguir mais curtidas, visualizações e compartilhamentos. Basicamente, são postagens que não tem um propósito específico além de conseguir esses três elementos, agregando pouco ao usuário e ao seu negócio.

Esses dois conceitos também se diferem do link bait por conta da qualidade do que é entregue. Enquanto click bait e engagement bait não oferecem conteúdos, de fato, relevantes e tentam atrair os usuários por outros motivos, o link bait foca exclusivamente na entrega de materiais úteis e relevantes.

O ponto em comum de qualquer link bait é simples: um conteúdo de qualidade. Porém, existem diferentes maneiras de se chegar até ele. Separamos alguns dos principais tipos de link bait e como eles podem ser utilizados na sua estratégia, confira!

Conteúdos interativos

Um dos modelos mais atrativos para que outras marcas enviem links aos seus conteúdos é desenvolver materiais interativos. Afinal, a personalização do resultado de uma pesquisa é o que vai tornar esse link tão relevante para uma audiência ainda maior.

Por isso, você deve procurar por assuntos que possam ser representados por meio da interatividade. Um guia sobre algum segmento específico do seu mercado é muito interessante, claro, mas por que não torná-lo customizável e interativo, atraindo ainda mais olhares para o seu site?

Estudos baseados em dados

A transformação digital também é marcada pela quantidade de dados que vem e que passam em nossas rotinas. Por que não, então, reunir uma série de dados e informações relevantes em um único material? Um link que se torne, por exemplo, uma base de dados de fácil visualização.

Por mais que todos gostem de dados, uma das tarefas mais difíceis é transformá-los em informações simples de serem consumidas. Ao fazer isso, um público que pode se interessar bastante pelos seus conteúdos — e gerar links — são jornalistas, utilizando seu material como fonte para seus artigos.

Guias completos

As alternativas mais simples, como os tradicionais guias completos sobre um tema são alternativas mais simples de link bait.

Mas justamente por ser mais simples de ser produzido, também é preciso entender como o seu material pode se diferenciar dos demais.

Uma dica é fazer uma pesquisa completa sobre a palavra-chave a ser trabalha e identificar todos os pontos e detalhes que precisam ser abordados nesse material, trabalhando com a técnica skyscraper.

Conteúdos visuais

Por melhor que seja um texto, as imagens são ainda mais eficientes quando o assunto é atrair e captar a atenção do usuário. Por isso, outro tipo de material que funciona muito bem como link bait são os conteúdos visuais. Os famosos infográficos podem ajudar bastante a ganhar relevância e backlinks.

Transformar conteúdos maçantes em informações visuais facilita a experiência do usuário. Uma tática que pode ser muito eficiente em conteúdos de guia ou de passo a passo, que tem como principal objetivo explicar exatamente como um processo funciona ou como uma ferramenta pode ser utilizada.

Temas controversos ou polêmicos

Esse link bait requer um pouco mais de atenção e cuidado ao ser utilizado na sua estratégia de Marketing. O motivo é simples: você vai abordar temas vistos como polêmicos ou controversos.

Não precisa ser, necessariamente, algo que possa prejudicar a imagem do seu negócio, mas é necessário ter em mente que a atenção gerada por um conteúdo de opinião e que tenha um posicionamento mais definido pode gerar também uma repercussão negativa.

Para compreender de uma vez por todas o que é link bait e como ele pode ser utilizado, alguns exemplos podem ajudar. Confira!

1. Guia completo interativo do QuintoAndar

Um dos mercados com mais siglas e mudanças em pouco tempo é o segmento imobiliário, certo? O usuário interessado nesse assunto, portanto, buscar por uma solução que facilite a sua pesquisa e é exatamente isso que o QuintoAndar propõe em seu blog: um guia completo e interativo.

print-screen da Calculadora do IGP-M, índice utilizado para contratos de aluguel, tirado do site do QuintoAndar
Fonte da imagem: site do QuintoAndar

No guia sobre índices de reajuste de aluguel, o usuário encontra todas as informações que precisa em gráficos. Além disso, conta com calculadoras simples e práticas de serem utilizadas.

2. ESPN e a corrida pelo título de maior pontuador da NBA

Um assunto muito falado na NBA — liga norte-americana de basquete — é a disputa pela primeira posição no ranking de maior pontuador da história. O atual segundo lugar, LeBron James, tenta superar Kareem Abdul-Jabbar. Apesar de todo mundo saber disso, a ESPN fez um gráfico interativo para mostrar a disputa.

Print de gráfico do ESPN com comparativo de pontuações do NBA, com parte comparativa de 20 anos e outra mostrando ano a ano
Fonte da imagem: ESPN

Os gráficos atualizam automaticamente conforme os novos jogos que acontecem, mostrando novas projeções e conteúdos visuais. Em apenas uma página, qualquer fã de basquete consegue conferir todas as estatísticas da disputa a partir de materiais totalmente interativos e personalizados.

3. Assuntos controversos com simplicidade

Para quem não tem várias ferramentas ou uma equipe de design e programação à disposição, uma das táticas que mais funcionam como link bait é abordar os tópicos mais controversos e polêmicos do seu segmento de atuação. Foi o que D’AnneOnSocial fez ao publicar seu texto no Medium.

Print-screen de um post de D'AnneOnSocial no Medium, cujo título é "It's time to kill the myth of going viral"
Fonte da imagem: Medium @D'AnneOnSocial

Usando uma plataforma simples e gratuita, sem nenhum elemento visual — mas com muitos dados e pesquisa —, a autora falou sobre o mito do Marketing Viral, um tema polêmico, com opiniões bastante distintas, mas que ela apresentou seu ponto de vista e atraiu inúmeros olhares.

Alguns passos podem ajudar a estruturar a sua estratégia de link baiting. Confira algumas dicas!

Pesquise por termos relevantes e amplos

O primeiro passo aqui é entender quais são os termos e palavras-chave que façam sentido para sua marca, mas que também possam ter um alcance maior, ampliando a sua audiência em potencial e saindo de um público mais segmentado. Aqui, o foco é na geração de awareness.

Print da ferramenta de Keyword Overview do SEMRush
Print do resultado analítico de cada keyword, ferramenta da SEMRush

Destrinche ao máximo o termo escolhido

Em seguida, com o tópico definido, é hora de fazer uma pesquisa ainda mais profunda para entender as oportunidades que envolvem aquele termo. A partir disso, você pode começar a desenvolver o conteúdo, tocando em todos os pontos mais relevantes para aquele tópico.

Print da ferramenta 'keyword magic tool' da SEMRush
print da ferramenta "topic research" da SEMRush

Entregue o diferencial

O conteúdo precisa ser original. Também é importante pensar em formas de torná-lo diferente do que você encontra em outros lugares. Por isso, determine qual vai ser o seu diferencial, como elementos visuais, dados ou tópicos polêmicos, e desenvolva o seu conteúdo a partir disso.

Promova nos canais certos

A estratégia de SEO deve estar presente em todo o conteúdo, mas também é importante buscar por outras formas de fazer com que o seu conteúdo seja visto, como uma divulgação maior nas redes sociais e em outras plataformas, aumentando a probabilidade de alcançar uma audiência ainda maior.

Apesar de ser uma excelente estratégia, é sempre importante lembrar que o link bait é uma tática orgânica, ou seja, depende de terceiros para funcionar. Do seu lado, o que você precisa se concentrar é na entrega de um conteúdo original, relevante e útil para a audiência do seu segmento.

O link bait é apenas uma das muitas etapas que você deve percorrer para ter bons resultados. Por isso, o que acha de conferir um conteúdo completo com tudo o que você precisa saber sobre link building para SEO? Confira o nosso guia para iniciantes e monte o seu planejamento completo!

Compartilhar
Author Photo
Trabalho como Marketing Manager Lead da Semrush no Brasil e sou responsável pelas ações de marketing que envolvem a marca em diferentes canais. Sou apaixonado por comunicação e por aprender cada vez mais sobre o universo do Marketing Digital.
Mais sobre isso