Business intelligence: o que é a BI, como funciona e aplicações

Erich Casagrande

Mar 01, 202310 min de leitura
o que é a BI

ÍNDICE

Business Intelligence é o processo de coleta, armazenamento e análise de dados, transformando informações brutas em insights valiosos para um negócio. Desde o monitoramento do comportamento do consumidor até temas relacionados ao financeiro de uma empresa, tudo pode ser analisado por uma plataforma de BI.

Na era do Marketing Digital, a tomada de decisão baseada em suposições precisa ser deixada de lado. Mas, para que isso seja colocado em prática, é necessário contar com as ferramentas certas. Por isso, entender o conceito de Business Intelligence é fundamental para qualquer negócio.

O BI é o processo de armazenamento e análise de informações que transforma dados brutos e soltos, de diferentes áreas de uma empresa, em insights valiosos que podem transformar um negócio. De grandes corporações até mesmo pequenas equipes de marketing podem se beneficiar dessa ferramenta.

Mas o que é BI e como ele pode ser aplicado ao seu método de trabalho? Para ajudar você a compreender esse conceito e como ele pode ser importante, o que acha de se aprofundar no assunto? Continue a leitura deste artigo e entenda como o Business Intelligence pode ser um diferencial competitivo!

Youtube video thumbnail

O que é Business Intelligence (BI)?

O conceito de Business Intelligence (BI) representa o uso de dados e informações para otimizar o processo de tomada de decisão em um negócio. 

Seja para definir o rumo da empresa nos próximos, seja para tornar as ações de Marketing Digital mais eficientes nos próximos meses.

Basicamente, o BI é o processo de coleta, organização e análise de informações geradas por um negócio. Do total de transações que um e-commerce realiza até mesmo as interações no Instagram ou LinkedIn: tudo o que é dado útil para uma empresa pode fazer parte de uma plataforma de BI.

O objetivo desse conceito é muito simples: possibilitar que os tomadores de decisão consigam escolher melhor os caminhos da companhia. Em vez de se basear em uma suposição ou achismo, os líderes e gestores podem utilizar uma plataforma de BI para chegar a conclusões mais precisas e eficientes.

Dentro do conceito de Business Intelligence, três pilares principais se destacam:

  1. Coleta de dados e informações: o trabalho de geração e armazenamento das informações, ou seja, de quais fontes internas a sua empresa vai gerar os dados para futuras análises;
  2. Análise dos insights: após coletar uma determinada quantidade de informações, outro pilar essencial em BI é a geração de insights, ou seja, análises mais definitivas do que foi reunido até o momento;
  3. Ações e monitoramento: por fim, é hora de tomar as decisões a partir das análises que foram feitas, mas o trabalho não acaba aqui, já que também é necessário fazer o monitoramento dos resultados.

Sendo assim, o BI nada mais é do que um conceito que visa contribuir para a transformação das empresas em negócios data-driven. Ou seja, que utilizam os muitos dados e informações gerados por elas próprias para facilitar as decisões que devem ser tomadas.

Quais os benefícios do business intelligence?

Mas por que o seu negócio deve investir em uma plataforma de Business Intelligence? Confira alguns dos principais motivos!

Redução de custos

O primeiro benefício do Business Intelligence é a redução de custos. Isso acontece naturalmente a partir do momento em que todos os dados e informações são disponibilizados em um único lugar, possibilitando que os tomadores de decisão identifiquem eventuais desperdícios de recursos.

Otimização de tarefas

Outro ponto interessante que o BI oferece é a otimização de tarefas, já que algumas funções podem ser otimizadas a partir das análises oferecidas. Isso significa que os profissionais ganham mais tempo ao checarem apenas uma única fonte de informação, evitando casos de retrabalho, por exemplo.

Precisão nas decisões

O BI também trabalha diretamente para a melhoria do processo de decisão de uma empresa. Em vez de achismos, os tomadores de decisão conseguem saber quais caminhos são mais ou menos eficientes, permitindo que as estratégias escolhidas gerem o máximo de resultado possível.

Monitoramento do negócio

Por fim, mas não menos importante, o BI é uma excelente plataforma de monitoramento de um negócio. Você consegue entender qual é o estágio da sua empresa, se o desempenho é ou não positivo — enfim, gerenciar periodicamente a performance de uma área específica ou da empresa como um todo.

Como o BI pode ser utilizado para coletar, analisar e interpretar dados empresariais?

Em resumo, uma plataforma de BI busca concentrar informações dispersas de uma empresa em um só lugar. E é exatamente por essa funcionalidade que essa ferramenta precisa ser utilizada para coletar, analisar e interpretar dados empresariais em qualquer nível de escala.

Uma empresa pode ter várias plataformas diferentes que permitem a análise de informações, como a Semrush, o Google Analytics ou mesmo simples planilhas do Excel. O BI, portanto, vai permitir que um negócio consiga reunir todos esses dados aleatórios em um só lugar.

A partir do momento que eles estão integrados, todo o negócio pode se beneficiar dessa quantidade de informações. Afinal, uma decisão de Inbound Marketing pode mudar totalmente por conta da apresentação de dados financeiros e de uma definição diferente do orçamento, por exemplo.

Sendo assim, o BI funciona como uma conexão entre todos os setores de uma companhia. Na prática, ele representa a possibilidade de tomar decisões ainda mais precisas para um negócio, gerando insights valiosos para as mais diferentes equipes e áreas de uma empresa.

A importância de uma estratégia clara e bem definida para coletar e utilizar dados

Também é importante entender que o conceito de Business Intelligence só vai ser aplicado com sucesso em caso de planejamento e organização. Sem um direcionamento claro do que precisa ser feito, não é tão simples identificar quais insights são ou não valiosos para o seu negócio.

Portanto, é necessário desenvolver uma estratégia específica de BI, começando por um objetivo e pelos responsáveis pelas suas diferentes tarefas. Além disso, é preciso ter definido também quais são as fontes que vão ser utilizadas para enriquecer a base de dados da plataforma.

Dessa forma, o conceito de business intelligence tende a ser melhor aplicado, potencializando os resultados que podem ser gerados a partir dessa plataforma. Caso contrário, ela se torna apenas uma agregadora de informações que não consegue gerar os insights valiosos para um negócio.

Como as empresas podem aplicar os dados coletados pelo BI?

Para entender como o BI pode ser utilizado na prática, nada melhor do que alguns exemplos, não é mesmo? Separamos alguns casos de sucesso em que esse conceito foi aplicado e os resultados apareceram ao longo do tempo.

Melhorias em um e-commerce

Uma das grandes dores de qualquer loja virtual é a dificuldade em fazer com que os usuários não abandonem seus carrinhos de compra. Isso significa que ele se interessou pelos produtos ou serviços, mas ficou com alguma dúvida antes de finalizar a conversão. E o que pode ter gerado isso?

O Business Intelligence pode contribuir com esse trabalho, ajudando a monitorar o comportamento dos usuários e, a partir disso, entender em quais pontos eles estão abandonando o carrinho. Em seguida, a sua equipe pode entrar em ação com as estratégias necessárias para corrigir os problemas.

Em alguns casos, pode ser um problema na hora de colocar o cartão, em que o usuário não encontra o CTA com facilidade. Em outras situações, ele pode apenas achar o frete muito alto. De qualquer maneira, com o uso do BI, você e a sua equipe passam a tomar decisões mais precisas e sem suposições.

Uso mais inteligente dos recursos disponíveis

Apesar de ser um exemplo, esse cenário pode ser aplicado em vários casos: o uso mais eficiente de recursos humanos ou recursos financeiros, por exemplo. A ideia aqui é muito simples, ou seja, entender melhor quais são os gastos, os lucros e como a empresa pode melhorar esses investimentos.

Levando para o lado dos Recursos Humanos, o BI pode ajudar a entender se um profissional está sobrecarregado ou se outro está mais livre. Enfim, existem uma série de situações em que o uso de dados para a tomada de decisões vai ajudar a utilizar melhor os recursos disponíveis para o seu negócio.

Conexão entre diferentes áreas

Você provavelmente já ouviu falar da necessidade da integração entre diferentes setores de uma empresa, não é mesmo? 

Essa é uma tarefa muito difícil, mas o BI pode ser uma solução interessante. Imagine que você quer conectar o setor de vendas e os profissionais de marketing.

Como que uma área vai saber dos resultados e performance da outra? Com um BI, esse trabalho se torna muito mais fácil, já que ele consegue reunir os dados e as informações mais importantes em uma só plataforma, permitindo que cada equipe consiga conferir métricas específicas do outro time.

Na prática, isso vai possibilitar que os profissionais de marketing digital atuem de maneira mais eficiente em busca de conversões e geração de leads, enquanto o time comercial vai identificar as estratégias mais eficientes para uma apresentação ou conversa com um cliente em potencial.

Maior engajamento com os usuários

Seja para as redes sociais, seja para uma estratégia de marketing de conteúdo, a verdade é que nem sempre é fácil identificar o que gera mais engajamento com os usuários, certo? Com a concentração de informações em um único lugar, essa tarefa é simplificada.

Você passa a reunir uma série de dados e informações sobre o comportamento dos usuários quando estão em contato com a sua marca. Em um ambiente tão competitivo, isso vai possibilitar que você desenvolva ações e campanhas mais eficientes para conseguir o engajamento natural.

Reunindo todos esses dados, vai ser mais fácil visualizar uma tendência de comportamento. Os usuários podem preferir conteúdos em vídeo ou aqueles que têm mais palavras. Enfim, as situações podem variar, mas o importante é conseguir o maior engajamento da sua base.

Encontrar oportunidades de negócio

Muitas vezes uma empresa decide o seu futuro baseado apenas em uma suposição ou em um comportamento de um concorrente. Mas nem sempre essa é a melhor alternativa para quem quer ter bons resultados no médio e longo prazos. Porém, o Business Intelligence pode ajudar a encontrar oportunidades.

A geração de insights que a ferramenta oferece vai possibilitar que a sua equipe encontre estratégias de negócio com mais ou menos chances de gerarem resultados positivos. Tudo isso a partir da união de uma série de dados de diferentes áreas.

O setor de atendimento, por exemplo, pode fornecer dados sobre as principais dores e reclamações dos consumidores, enquanto o time de vendas está de olho no que os concorrentes estão fazendo ou deixando de fazer. Reunindo esses dados, você pode chegar a conclusões sobre qual caminho seguir.

Quais são as melhores ferramentas de BI?

Apesar de não ser um trabalho simples, a boa notícia é que existem várias ferramentas que podem ser utilizadas pela sua equipe para colocar uma estratégia de Business Intelligence em prática. Que tal conhecer algumas delas? Confira!

Microsoft Power BI

A Microsoft Power BI é uma das principais plataformas de Business Intelligence que existem no mercado. O grande diferencial é justamente a sua capacidade de reunir informações dos mais diferentes diretórios e locais, possibilitando que você tome decisões ainda mais precisas para o seu negócio.

Das planilhas de Excel da equipe financeira até mesmo os dados disponíveis nos painéis das redes sociais, todos esses dados podem ser coletados e reunidos na ferramenta da Microsoft. Além disso, você consegue desenvolver dashboards simples de serem visualizados para a tomada de decisão ser mais prática.

IBM Watson Analytics

Referência quando se fala em tecnologia da informação, a IBM desenvolveu a Watson Analytics, uma solução de computação em nuvem em que todos os dados e informações são armazenados em um ambiente online. Mas além da segurança, essa plataforma se diferencia pela qualidade dos insights gerados.

Basicamente, a IBM Watson Analytics consegue reunir todas as informações da sua empresa com um nível alto de precisão e, a partir disso, possibilita que, de forma automatizada, uma série de insights sejam gerados para que o seu time possa saber qual o melhor caminho a ser seguido.

Google Looker Studio

Até pouco tempo atrás conhecido como Google Data Studio, o Google Looker Studio é outra solução completa de Business Intelligence. O diferencial dela está na capacidade de personalização das informações que ela oferece, além da facilidade em customizar as formas de exibição dos relatórios.

Outro ponto interessante é a possibilidade de integrar com diferentes ferramentas, seja do próprio Google, como o Analytics, seja da Semrush. Não importa o que você precisa, com o Google Looker Studio é possível colocar todos esses dados em um só lugar para garantir um trabalho completo.

Com tanta competitividade pela atenção do usuário, é essencial buscar por informações que tornem o processo de tomada de decisão mais fácil. E é por isso que contar com uma ferramenta de Business Intelligence pode ser tão importante para que o seu negócio se diferencie da concorrência.

Uma das ferramentas que você pode utilizar no seu BI é a Semrush, certo? O que acha, então, de entender um pouco mais sobre como usar a Semrush para analisar o tráfego do seu site e tomar decisões estratégicas?
 

Compartilhar
Encontre palavras-chave em segundos

Acelere seus resultados de SEO com poderosas pesquisas de palavras-chave

Pesquisa de palavras-chave grátis

Author Photo
Trabalho como Marketing Manager Lead da Semrush no Brasil e sou responsável pelas ações de marketing que envolvem a marca em diferentes canais. Sou apaixonado por comunicação e por aprender cada vez mais sobre o universo do Marketing Digital.