pt
English Español Deutsch Français Italiano Português (Brasil) Русский 中文 日本語
Acessar o Blog
Erich Casagrande

SEO para imagens: alt text e mais 7 dicas de otimização para aumentar o seu tráfego

78
Wow-Score
A pontuação Wow-Score mostra se uma postagem de blog gera envolvimento. É calculada com base na relação entre o tempo de leitura ativa dos usuários, a velocidade de rolagem e o tamanho do artigo.
Erich Casagrande
dicas de seo para imagens

Ao falarmos de SEO para imagens, a primeira coisa que vem à mente é a otimização de alt tags. Com certeza é muito importante ter atenção a esse detallhe, também conhecido como alt text ou atributo alt de imagems. Mas otimizar suas imagens vai além disso.

Na verdade, podemos dizer que a otimização de imagens é uma das áreas de SEO mais negligenciadas, mas não precisa ser assim. Não é raro descobrir que um site tem imagens com arquivos de tamanhos enormes, nomes de arquivos sem descrição e figuras exibidas com dimensões muito menores no site do que a imagem original. Todos erros graves.

Com frequência, o problema é que os guias de SEO para iniciantes cobrem apenas o básico, o que significa que a otimização dos alt text é basicamente tudo o que é mencionado.

Mas não vamos esquecer que a pesquisa de imagens em si é muito importante e pode direcionar tráfego pra o seu site. Muitas vezes, uma imagem bem indexada performa em posições mais altas que o próprio conteúdo, gerando tráfego.

Imagine se você tivesse um site relacionado a pets. Quem nunca pesquisou por imagens de filhotes na internet? 

resultado do google para filhotes

O SEO para imagens não deve ser ignorado, e neste guia orientaremos você pelas etapas de otimização de imagens para que você possa conquistar posições melhores nos resutlados de busca.

Neste guia de SEO para imagens você verá:

Por que as imagens são tão importantes?

As imagens ajudam a contextualizar seu conteúdo. Imagens certas podem ajudar um usuário a entender melhor e se envolver com conteúdo escrito, além de ajudar a dividir o texto, evitando grandes blocos.

Poucas coisas são tão pouco envolventes do que um grande bloco de mil palavras. É chato e dá a impressão de que o texto é pesado, longo demais. O Google também aposta na pesquisa visual, e isso já foi iniciado com a remodelação completa do Google Imagens há alguns anos.

Cada vez mais, vemos imagens ocupando lugares de prestígio nos SERPs, muitas vezes acima dos resultados orgânicos usuais. O que, por exemplo, acontece com algumas buscas por nomes de carros ou veículos históricos.

Imagens de carro BMW como resultado de busca

Importante: as imagens sempre devem ser escolhidas com atenção. 

Estamos muito acostumados a ver as mesmas imagens em todos os sites e o valor verdadeiro é estabelecido quando são usadas imagens sob medida para comunicar a história que você quer contar. Então lembre-se sempre de procurar por imagens que realmente possam agregar informação e contexto ao conteúdo que você está informando.

E seja qual for a imagem, não podemos ignorar a importância dela nos resultados de pesquisa. A otimização das imagens deve fazer parte da sua estratégia de SEO contínua e ser vista como uma das melhores práticas a serem seguidas.

O que é SEO para imagens?

Muito conhecido também como otimização de imagens para o Google, o SEO para imagens trata da melhoria das imagens do seu site por dois principais motivos:

  1. Para ter uma classificação mais alta nas pesquisas do Google Imagens
  2. Para melhorar a visibilidade e otimização gerais da página

Isso significa realizar várias tarefas diferentes que ajudarão o Google a entender melhor as imagens do seu site, incluindo nomear os arquivos corretamente, adicionar e otimizar os textos alt (alt text), reduzir o tamanho dos arquivos, entre outras sugestões.

Uma das perguntas mais frequentes sobre o SEO para imagens é se essas tarefas ainda são necessárias, considerando os avanços do Google no uso de IA e aprendizado de máquina quanto ao reconhecimento de imagens.

A resposta é que sim, vale.

O Google ainda não consegue ler todos os tipos de imagens, e mesmo que tenha melhorado isso consideravelmente nos últimos anos, facilitar esse trabalho só poderá ajudar você - não atrapalhar. Também é importante saber que o SEO de imagens não trata apenas de ajudar mecanismos de pesquisa a entender o que uma imagem mostra. 

Imagens mal otimizadas são uma das principais causas da lentidão das páginas e as melhorias feitas podem ter um grande impacto na velocidade de carregamento do seu site e na sua pontuação de PageSpeed. E como já sabemos, velocidade do site é um critério muito importante para SEO.

Ainda assim, o SEO para imagens normalmente não vai além das alt tags. E não há como negar que isso é uma parte importante do processo, mas é apenas uma das partes. 

Dito isso, vamos entender as alt tags, os textos alt e suas finalidades. É um bom ponto de partida.

O que são alt tags, atributos alt, alt text?

Com frequência, você escuta profissionais de SEO falando sobre a otimização de alt tags ou alt text. Às vezes, eles também são chamados de atributos alt de imagem ou texto alt. Nomes que se referem à mesma coisa.

Confira aqui como Matt Cutts, então um dos engenheiros do Google, explicou o conceito sobre os alt text. 

Alt tags ou alt text oferecem um texto alternativo para uma imagem. Assim os mecanismos de pesquisa e quem usa leitores de tela pode ler e acessar uma página. O objetivo e uso originais do alt text era ajudar a tornar as imagens acessíveis aos cegos e deficientes visuais.

Em poucas palavras, cada imagem tem uma descrição de texto que detalha claramente o que ela mostra. Elas fazem parte do código HTML de uma tag de imagem, e são assim:

<img src="filhotes-de-cachorro-brincando.png" alt="filhotes de cachorro brincando" />

O alt text é o conteúdo descritivo que acompanha o atributo alt dado à tag de uma imagem.

O alt text pode ajudar a melhorar o desempenho de SEO do seu site ao adicionar outros sinais de relevância a uma página e ajudar o Google a entender melhor o conteúdo de imagem, o que auxilia na classificação.

Mas muitas pessoas entendem isso errado e não é necessário ir muito longe para encontrar uma página em que todas as imagens usam o mesmo alt text — uma correspondência exata da palavra-chave alvo da página principal. Não faça isso, não é certo e não dará boa relevância para a sua imagem.

Como otimizar o alt text (texto alt) de uma imagem

Há regras de melhores de práticas que devem ser seguidas ao otimizar o texto alt da sua imagem. 

Criar alt tags descritivas não precisa ser algo complexo. Na verdade, quanto mais simples e literalmente descritivo for, melhor. Deixe o conteúdo da imagem guiar você.

Muitas vezes, escrever ótimos alt text significa usar o senso comum para descrever o que a imagem mostra. Podemos dividir isso em três regras de melhores práticas que devem ser seguidas.

3 dicas básicas para escrever alt text

1. Seja descritivo e específico 

O texto alt deve sempre descrever os conteúdos de uma imagem com o maior número de detalhes possível.

O quanto mais específico você puder ser ao descrever uma imagem, melhor, pois isso ajudará a classificá-la na pesquisa do Google Imagens e contextualizará sua relação com o conteúdo da sua página.

Mas lembre-se do que o Matt comentou no vídeo: não escreva muitas palavras. Seja específico, mas use as palavras adequadas para isso.

2. Seja relevante

Alt tags não são o local para fazer spam de palavras-chave com correspondência exata e devem ser usadas para descrever exatamente o que uma imagem mostra. Todas as tags devem ser completamente relevantes.

Tente escrever alt texts que descrevam as imagens de uma forma que se relacione ao assunto da página onde elas estão, principalmente quando uma imagem for mais genérica e não for tão específica quanto as outras.

Por outro lado, se você precisar "forçar a barra" para descrever uma imagem e manter essa descrição no contexto da sua página, provavelmente essa imagem não está adequada à pagina que você quer usar. Pense sobre isso.

3. Seja único

Não use as palavras-chave alvo da sua página principal como a alt tag de todas as imagens na página. Tenha certeza de escrever textos alt únicos e que descrevam o conteúdo específico da imagem, em vez de repetir o conteúdo de uma outra. 

Mas como seria um texto alt bem otimizado na prática? Vamos escrever um para esta imagem de dois filhotes de gato:

kittens alt tags

Uma alt tag descritiva, relevante e única poderia ser assim:

alt="dois gatinhos dormindo com bolas de lã"

Isso é descritivo tanto para os mecanismos de pesquisa quanto para leitores de tela, e inclui palavras-chave.

Como adicionar alt tags em plataformas de sites populares

Várias plataformas de sites têm opções de alt text já configuradas — você só precisa acessá-las. 

Como adicionar texto alt às imagens no WordPress

Se você estiver usando o WordPress, é muito fácil adicionar texto alt às suas imagens. Basta clicar em uma imagem na janela do editor e um campo será exibido para isso na guia Configurações de Imagem.

Campo do WP para adicionar alt text

Outra opção é clicar na imagem diretamente na biblioteca de mídia e as opções também serão exibidas lá.

alt text campo no WP

Como adicionar texto alt às imagens no Shopify

Se você usa o Shopify, pode adicionar texto alt às imagens de temas e de produtos. 

Para otimizar o texto alt nas imagens de produtos, vá para Produtos > Todos os produtos e clique na lista de produto que você quer editar. 

Na página de detalhes do produto, clique em um item de mídia e encontre a página de mídia de visualização. Agora, você pode clicar para adicionar o texto alt.

como adicionar alt text no Shopify

Para adicionar o alt text às imagens de tema, vá para a Loja online > Temas e clique para personalizar o tema da sua loja. Você verá o menu de seções na parte inferior esquerda da página, onde pode clicar nos blocos de imagens e, ali, em imagens individuais.

Você verá uma caixa de texto onde pode adicionar seu texto alternativo.

Shopify alt text

Como adicionar texto alt às imagens no Magento

É realmente fácil adicionar alt text às imagens em uma loja no Magento.

Para fazer isso, clique em Catálogo > Produtos, escolha o produto ao qual quer adicionar o texto alt e desça para a seção Imagens e vídeos. Clique em uma imagem e edite o texto alt.

Alt text opção Magento Image Credit: 121 eCommerce

Como adicionar texto alt às imagens no Wix

Há pouco tempo, não era possível adicionar imagens a uma loja Wix. Mas a plataforma investiu em recursos para consertar frustrações de SEO comuns nos últimos anos e a edição de textos alt agora é possível.

Você pode adicionar texto alt na janela de edição ao clicar e ao abrir as opções de configuração. A partir daqui, você verá a opção "O que há na imagem?" ("What's in the image? Tell Google") e neste esáço que você deve adicionar seu texto alternativo.

Wix alt text atributo


Como as imagens afetam as pontuações de PageSpeed

É comum perceber que a otimização de imagem é mencionada como uma das principais formas de melhorar a pontuação de PageSpeed do seu site ao usar a ferramenta Google PageSpeed Insights.

Imagens grandes são as principais culpadas, o que faz sentido. Imagens maiores levam mais tempo para serem baixadas, e o tempo de carregamento da sua página fica mais lento.

google pagespeed insights imagens

Você pode saber mais sobre como melhorar sua pontuação de PageSpeed neste guia. Mas de modo geral, tente usar imagens mais leves e adequadas ao tamanho que você precisa de resolução. Exemplo, uma imagem com altíssima resolução para um espaço que sempre será exibido pequeno, não faz sentido.

7 dicas de otimização de imagem avançadas - além do alt text

A otimização de imagem deve ir além de apenas adicionar as tag alt e suas variações. Há várias coisas que você pode fazer para melhorar o desempenho orgânico do seu site quando o assunto é imagem.

Fazer SEO sem considerar otimização de imagens é deixar de aproveitar um fator importante para gerar tráfego orgânico. O Google Imagens é dos principais resultados de busca e muitas vezes você pode receber usuários diretamente pelo acesso dessas imagens.

Muitos problemas se originam de apenas escolher e enviar imagens sem preparação para o site. Confira aqui algumas dicas mais eficazes de otimização de imagens avançadas:

1. Nomeie suas imagens de forma adequada

O Google publica um guia das suas próprias melhores práticas de imagens, e uma das conclusões mais simples dele é que você deve garantir que usa nomes de imagens descritivos.

Por exemplo, usar "tenis-de-corrida-nomedamarca-lateral.jpg" é melhor do que "IMG00353.JPG".

Quando você exporta imagens de uma câmera ou smartphone (ou até mesmo quando faz uma captura de tela), elas recebem nomes genéricos de arquivo. Não envie uma imagem com o nome de arquivo padrão. Em vez disso, crie um nome descritivo que ajude a contextualizar o que ela mostra e separe as palavras com traços e não sublinhados. 

Torne essa tarefa parte da sua checklist de envio de imagens. Se você já enviou imagens para uma página, atualize os nomes dos arquivos para que sejam descritivos. Não demanda muito tempo, e vale a pena. 

2. Redimensione as imagens para o tamanho de exibição

Outro problema comum com imagens é que o arquivo da imagem é muito maior em dimensões de pixels do que a imagem que é usada no seu site. 

Por exemplo, a câmera principal de um iPhone X produz imagens de 4032 px x 3024 px. Mas, digamos que a largura máxima de exibição da imagem no site será 600 px. 

A diferença entre o tamanho de arquivo de uma imagem com largura de 4032 px e de uma com 600 px será significativa e usar várias imagens que são maiores que seu tamanho de exibição pode contribuir rapidamente para aumentar o tamanho dos arquivos da página massivamente. 

Não deixe de redimensionar as imagens para seu tamanho de exibição máximo. 

Se estiver usando o WordPress, pode usar um plugin como Redimensionar a imagem após o envio para fazer isso. Se não for o caso, é possível redimensionar as imagens no Photoshop, e também com uma ferramenta como o Canva.

Você também precisa conferir se está dimensionando as imagens de forma responsiva com CSS

3. Reduza o tamanho dos arquivos de imagem

Uma das formas mais simples de reduzir o tamanho do arquivo das suas imagens é redimensioná-los para suas dimensões de exibição máxima, mas essa não é a única forma. Equilibre a qualidade da imagem com a sua real necessidade de exibição.

Na verdade, essa é outra coisa que o Google recomenda em suas orientações de otimização de imagem:

Para ter melhores resultados, teste suas imagens com várias configurações de qualidade e não tenha medo de diminuir a qualidade, pois os resultados visuais normalmente são muito bons, e os ganhos com tamanho de arquivo podem ser bastante consideráveis.

— Google

Como você pode reduzir o tamanho do arquivo das suas imagens?

Essa são três ferramentas de código aberto recomendadas pelo Google: 

Mas, se você não tiver o costume de usar ferramentas como essas ou quiser uma solução mais rápida baseada na Web, pode usar uma ferramenta como o Optimizilla, que permitirá que você comprima suas imagens. Ou, se usar o WordPress, teste o plugin Smush.

4. Crie um mapa do site das imagens

Se você realmente quer que o Google encontre todas as imagens do seu site e quer que elas tenham um bom desempenho na pesquisa do Google Imagens, você deve criar um mapa do site exclusivo que inclua as URLs de todas as imagens.

Simplificando, criar um mapa do site das imagens aumenta a chance das suas imagens serem exibidas nos resultados de pesquisa. Embora você possa referenciar imagens de um mapa do site já existente, normalmente faz mais sentido criar um mapa exclusivo que os mecanismos de pesquisa usem.

Veja aqui um exemplo do Google para ajudar a entender o formato que precisa ser usado.

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
<urlset xmlns="http://www.sitemaps.org/schemas/sitemap/0.9"
xmlns:image="http://www.google.com/schemas/sitemap-image/1.1">
<url>
<loc>http://example.com/sample.html</loc>
<image:image>
<image:loc>http://example.com/image.jpg</image:loc>
</image:image>
<image:image>
<image:loc>http://example.com/photo.jpg</image:loc>
</image:image>
</url> 
</urlset> 

Há uma diferença importante entre criar um mapa do site das imagens e um das páginas. Como diz o Google:

Mapas do site de imagens podem conter URLs de outros domínios, diferente dos mapas de site comuns, que têm restrições entre domínios. Isso permite que você use CDNs (redes de entrega de conteúdo) para hospedar imagens.

— Google

E isso leva a entender por que você deve hospedar imagens em uma CDN.

5. Hospede imagens em uma CDN

O mais comum é que um site seja hospedado em um servidor na íntegra. Mas, vamos imaginar que um site seja hospedado nos Brasil, mas seja acessado por um usuário na Europa. 

Recursos, como imagens, precisarão viajar para mais longe para chegar ao usuário europeu, deixando o tempo de carregamento da página mais lento. 

Uma CDN funciona ao armazenar em cache as imagens do seu site em vários servidores com diferentes locais no mundo, o que significa que elas podem ser entregues para um usuário a partir de um local mais próximo a ele.

CDNs populares incluem Cloudflare, Fastly, KeyCDN e Amazon CloudFront.

Você pode configurar uma CDN facilmente no WordPress com plugins como W3 Total Cache ou, caso queira mais orientações, pode encontrar guias de integração úteis de cada servidor, como este da Cloudflare.

Também recomendamos que você verifique nosso guia sobre práticas de SEO imperdíveis para CDNs.

6. Implemente o Lazy Loading

Não podemos ignorar que as imagens normalmente são os maiores recursos de uma página. E, portanto, o motivo da lentidão dos sites. 

O Lazy Loading (Carregamento Lento) ajuda a impedir que o navegador carregue uma imagem até que ela seja necessária. Ou seja, a página carrega muito mais rápido quando um usuário está nela pela primeira vez. E isso não é usado apenas para imagens. Recursos como JavaScript também podem ser carregados dessa forma.

Pense assim: se um usuário nunca navegou pela parte inferior de um site, esses recursos nunca foram carregados. E isso resulta em melhorias de desempenho notáveis. 

O próprio Google recomenda o lazy loading no PageSpeed Insights:

O carregamento lento pode agilizar significativamente o carregamento de páginas longas que incluem muitas imagens abaixo da dobra ao carregá-las conforme a necessidade ou depois que o conteúdo principal terminar de ser carregado e renderizado. 

— Google

Para saber mais sobre como implementar o lazy loading no seu site, consulte este guia

7. Beneficie-se da cache do navegador

Com frequência, você verá o Google PageSpeed Insights recomendando que você aproveite a cache do navegador. 

Em poucas palavras, o armazenamento em cache do navegador ocorre quando os arquivos são guardados pelo navegador do visitante, ou seja, os recursos carregarão mais rápido no próximo acesso à página.

Ao acessar uma página, as imagens são baixadas e depois exibidas no navegador. Sem a cache do navegador, elas precisarão ser baixadas mais uma vez quando o usuário acessar a página novamente. Mas, com o armazenamento em cache do navegador, ele já terá esses itens guardados, e a página será carregada muito mais rápido.

O armazenamento em cache do navegador tem um impacto perceptível em sites em que os usuários acessam com frequência as mesmas páginas. Você pode saber mais sobre como o Google recomenda o uso da cache aqui

Se estiver usando o WordPress, um dos plugins de cache populares pode ajudar a implementar isso rapidamente. Se esse não for o caso, este guia da GTmetrix ajudará você.

Otimização de imagem e atualização da experiência da página do Google

Recentemente, o Google anunciou que lançará sua Atualização da Experiência de Página em 2021.

Essa atualização levará em conta vários fatores de classificação existentes, incluindo a penalidade de navegação segura, a penalidade de inserções intrusivas, HTTPS como fator de classificação, a atualização de compatibilidade com dispositivos móveis, a atualização de Page Speed e Core Web Vitals, ou Princípios Vitais da Web.

Se você perdeu o comunicado, isso basicamente significa que o Gogole deverá reforçar as classificações para melhores posições de páginas quando essas oferecem uma boa experiência ao usuário.

Mas qual a relação disso com a otimização de imagens?

core web vitals princípios vitais da internet

Primeiro, você perceberá que o Core Web Vitals serão requisitos importantes e isso inclui o fator LCP (Largest Contentful Paint). Essencialmente, esse fator mostra a percepção da velocidade da página, ou seja, quando o usuário entende que ela foi carregada.

O LCP é calculado pelo Google cronometrando a renderização do elemento com mais conteúdo na página, que normalmente são imagens.

CLP (Cumulative Layout Shift) é outra métrica do Core Web Vital. O CLP está relacionado ao conteúdo que ainda se movimenta mesmo quando a página parece ter concluído seu carregamento. Resumindo, isso pode ser otimizado ao incluir atributos de tamanho nas imagens (e vídeos).

Mas de qualquer modo, precisamos lembrar que a Atualização de Experiência da Página também considera o Page Speed, e já vimos acima como as imagens podem afetá-lo. 

Como encontrar as imagens com problemas no seu site

Já vimos como otimizar as imagens do seu site, mas e como você pode encontrar problemas que já existem?

Você pode usar a ferramenta Auditoria de Site da SEMrush para destacar esses problemas. Na aba de problemas dos seus site, você pode encontrar os seguintes pontos a consertar.

Imagens externas e internas quebradas

Imagens quebradas podem levar a uma experiência do usuário ruim. Você deve priorizar arrumar as imagens que não são exibidas. A ferramenta de auditoria do site destacará com clareza as imagens quebradas no seu site para que você possa atualizar as URLs incorretas ou substituir a imagem.

SEMrush auditoria de site

A auditoria de site também destaca as imagens externas quebradas e a melhor prática nesse caso é substituir a imagem, pois você não tem controle da origem.

Imagens sem atributos alt (alt text)

Já abordamos a importância de textos alt otimizados para suas imagens e o relatório da auditoria de site mostrará claramente uma lista de todas as imagens do site que não tem essa tag.

Isso facilita o trabalho de adicionar os textos alt, pois fornece uma lista do que deve ser resolvido em cada página.

imagens sem alt tags


Considere SEO para imagens como algo essencial para os mecanismos de busca e experiência do usuário

Se empenhar para otimizar suas imagens de forma adequada pode ter um impacto significativo no tráfego do seu site que vem da pesquisa de imagens. Assim como melhorar a experiência do usuário com tempos de carregamento mais rápidos.

E não podemos esquecer que otimizar os nomes dos arquivos de imagem e alt tags também ajuda a contextualizar a relevância do restante da sua página, melhorando a visibilidade orgânica da página como resultado. 

Muitos profissionais de SEO subestimam a otimização, mas com a atualização de experiência da página do Google no próximo ano, nunca houve um melhor momento para isso virar prioridade.

*Este conteúdo foi originalmente publicado em inglês no blog da SEMrush.

7 dicas de SEO para imagens

Erich Casagrande
SEMrush

Colaborador da SEMrush.

Trabalho como Marketing Manager Lead da SEMrush no Brasil e sou responsável pelas ações de marketing que envolvem a marca em diferentes canais. Sou apaixonado por comunicação e por aprender cada vez mais sobre o universo do Marketing Digital.
Enviar comentário
Seu comentário deve ter pelo menos 3 palavras (10 caracteres).

Usaremos este e-mail unicamente para responder aos seus comentários. Política de privacidade

Agradecemos pelos comentários!