Envie um artigo
Ir ao blog

Como fazer um benchmark de conteúdo com SEMrush em menos de uma hora

62
Wow-Score
A pontuação Wow-Score mostra o quão atrativa é uma postagem de blog. É calculada com base na relação entre o tempo de leitura de usuários ativos, a velocidade de rolagem e o tamanho do artigo.

Como fazer um benchmark de conteúdo com SEMrush em menos de uma hora

This post is in Português
Ying Lin
This post is in Português
Como fazer um benchmark de conteúdo com SEMrush em menos de uma hora

Se você fosse um técnico se preparando para um jogo de futebol, sua estratégia incluiria uma análise de seu oponente e seus principais jogadores. Afinal, você não enviaria sua equipe para o campo sem saber os pontos fortes e fracos de sua equipe rival, não é?

O mesmo se aplica ao marketing de conteúdo e sua estratégia de conteúdo. Embora o marketing de conteúdo seja competitivo por natureza, não é incomum sentir a falta de planejamento em conteúdo publicado.

Seu conteúdo precisa ser único, atender às necessidades de seu público de uma maneira totalmente diferente da de seus concorrentes. Claramente, para alcançar um objetivo tão ambicioso, você primeiro precisa saber o que seus concorrentes estão fazendo.

É aqui que benchmark de conteúdo vai ser útil.

Benchmark de conteúdo é um documento que inclui informações e análises essenciais sobre as estratégias de conteúdo de seus concorrentes, além de dados de SEO de palavras-chave e tráfego orgânico.

Preparamos um passo-a-passo para criar o benchmark de conteúdo com a SEMrush em menos de uma hora.

Benchmark de Conteúdo & Análise de SEO de Concorrentes

Você conhece seu público e já criou uma persona do cliente. Você criou um calendário editorial exemplar e o conteúdo que você produz é bem pesquisado, bem escrito e bem otimizado.

Estes são os passos essenciais na produção de conteúdo relevante e de qualidade. Mas sem o conhecimento do que seus concorrentes estão fazendo, tudo é em vão. O marketing de conteúdo está tornando-se cada vez mais competitivo. Para se posicionar bem na busca, você precisa superar seus concorrentes se quiser ter melhores ranqueamentos.

E para fazer isso, você precisa fazer perguntas como:

Quem são os concorrentes que preciso analisar para melhorar os ranqueamentos de minhas principais palavras-chave? Que palavras-chave que eu não uso eles estão usando? Que tipos de conteúdo eles estão produzindo e o que funciona bem para eles?

Um benchmark de conteúdo fornece as respostas para essas questões essenciais. Uma versão expressa de benchmark ajuda a conseguir as informações em menos de uma hora. A falta de tempo não é mais desculpa para não ter um análise de concorrentes feito e atualizado.

Mais sobre isso Guia de Analise Competitiva de Backlinks e Palavras-chave com a SEMrush Postagem Maria Chizhikova Marques 7 dicas para melhorar a análise dos seus dados na gestão de marketing digital Postagem Lucas Mitsuichi

Com um benchmark de conteúdo, você pode fazer uma análise competitiva completa de SWOT (forças, fraquezas, oportunidades, ameaças):

  • Entender os principais pontos fortes e fracos do marketing de conteúdo de seus concorrentes.

  • Identificar ameaças aos seus ranqueamentos nos resultados de pesquisa e aproveitar as oportunidades.

  • Ter uma referência para o que funciona bem e o que não funciona ao gerar ideias para o conteúdo.

É importante revisitar e revisar seu índice de conteúdo regularmente. Trate isso como um "documento vivo".

Ferramentas para criar um benchmark de conteúdo

Para criar um benchmark de conteúdo de qualidade, tudo o que você precisa são duas ferramentas prontamente acessíveis.

Antes de tudo você precisa de uma planilha, seja o Microsoft Excel ou o Google Sheets. Isso permitirá que você filtre seus dados por volume de pesquisa, porcentagem de tráfego ou qualquer outra métrica relevante em um estágio posterior.

Você também vai precisar de ferramentas da SEMrush.

Sim, existem muitas outras ferramentas que você pode usar para análise competitiva. No entanto, a SEMrush oferece uma visão abrangente e informações detalhadas sobre seus concorrentes em questão de minutos -o que é  perfeito para criar um benchmark de conteúdo expresso.

Identifique seus concorrentes

Para começar você precisa saber quem são seus concorrentes diretos, ou seja, aqueles cujos ranqueamentos altos prejudicam os seus.

Vamos começar com o relatório de Visão Geral de Domínio da SEMrush .

Como fazer um benchmark de conteúdo com SEMrush em menos de uma hora. Image :n

Digite o nome do seu domínio, vá até a seção que exibe os principais concorrentes orgânicos e clique em Exibir relatório completo.

A ferramenta de análise de domínio do SEMrush gera uma lista de seus principais concorrentes orgânicos com base no número de palavras-chave compartilhadas pelos domínios e deles.

Além de seus concorrentes diretos, é provável que a lista também inclua sites de mídia, organizações, fóruns etc. Cabe a você decidir se deseja incluir esses sites em seu benchmark de conteúdo.

No entanto, lembre-se de que, embora esses outros domínios não sejam seus concorrentes diretos, o fato que eles ranqueiam pelas mesmas palavras-chave significa que eles são concorrentes na pesquisa, portanto, você deveria incluí-los ao criar sua estratégia de conteúdo.

Ações a serem tomadas:

  1. Dependendo do tamanho do seu vertical, selecione entre três e dez competidores.

  2. Anote-as na primeira folha do documento Excel ou Planilhas Google.

  3. Nomeie esta folha Principais concorrentes.

Os próximos passos do seu benchmark de conteúdo serão baseados nesta lista de concorrentes que você escolheu.

Analise as palavras-chave de seus concorrentes

Aumentar o tráfego orgânico com marketing de conteúdo e SEO é um dos principais objetivos de todos os profissionais de marketing.

Na verdade, 61% dos profissionais de marketing dizem que gerar tráfego é o principal desafio de marketing de sua empresa, destacando o valor dos dados que você pode extrair da lista de palavras-chave dos seus concorrentes e das páginas de destino deles.

É como ter a oportunidade de perguntar aos gerentes de marketing de seus concorrentes sobre suas estratégias de aquisição e o tipo de conteúdo que eles publicam para ranquear por palavras-chave específicas.

Bem, nós sabemos que é um sonho que é improvável que se torne realidade. Mas mesmo assim podemos obter informações sobre o tráfego orgânico de seus concorrentes com a ferramenta de análise de palavra-chave e backlinks.

Se que o Google fosse seu concorrente e você quisesse descobrir as palavras-chave que estava usando para aumentar o tráfego. Isso é o que você veria:

Como fazer um benchmark de conteúdo com SEMrush em menos de uma hora. Image :n


Ações a serem tomadas:

  1. Volte para a página Visão geral do domínio. Digite os domínios dos concorrentes que você selecionou na etapa anterior. Insira os concorrentes um por um.

  2. No snippet Top Organic Keywords, clique em View Full Report.

  3. Exporte a lista. Se o seu concorrente tiver um volume extremamente grande de tráfego, você poderá fazer o download apenas dos primeiros 100 ou 500.

  4. Depois de baixar essa lista, copie os dados das colunas Palavra-chave, URL e % de tráfego e cole-os em seu documento de benchmark de conteúdo.

  5. Repita isso para todos os seus concorrentes. Certifique-se de criar uma folha separada para cada concorrente.

O essencial para estudo de keywords

Ferramenta Keyword Magic da SEMrush

Digite o seu domínio (ex. www.exemplo.com)

Analise o tipo de conteúdo que funciona melhor para seus concorrentes

Como um profissional de marketing de conteúdo você precisa analisar mais informações, além dos dados diretos gerados por essa lista Por exemplo, o tráfego recebido pelos diferentes tipos de conteúdo que seus concorrentes publicam.

Mas isso exigirá um pouco mais de trabalho manual e análise.

Saber qual é a porcentagem de tráfego orgânico que seus concorrentes ganham de um determinado tipo de conteúdo é ouro para sua estratégia de conteúdo.

Não seria incrível descobrir, por exemplo, que um de seus concorrentes estava recebendo a maior parte de seu tráfego orgânico de sua seção de perguntas freqüentes? Essa informação pode ser vital, especialmente se você mesmo não tiver uma seção de perguntas frequentes.

Ações a serem tomadas:

  1. Certifique-se de separar os três dados obtidos na etapa anterior (Palavra-chave, URL,% de Tráfego) em colunas diferentes para cada concorrente.

  2. Adicione uma coluna extra à esquerda de % de tráfego. O nome dessa coluna será Típo de Conteúdo

  3. Atribuia manualmente categorias de tipo de conteúdo a cada URL; por exemplo, página principal, blog, seção de ajuda, FAQs, páginas de produtos, etc. Você decide o quão detalhadas as suas categorias devem ser.

Este passo pode ser bastante entediante. Para acelerar as coisas, classifique a folha pela coluna com URLs para agrupar URLs repetidos para que você possa categorizá-los todos de uma vez.

Como fazer um benchmark de conteúdo com SEMrush em menos de uma hora. Image :n

Depois de concluir a categorização, reordene os resultados por Tipo de Conteúdo para ter uma ideia da quantidade de tráfego que cada tipo de conteúdo está gerando para seus concorrentes.

Dica pro: Para analisar ainda mais de perto, você pode adicionar uma tabela dinâmica. Depois de criar a nova planilha, em Linhas, adicione Tipo de conteúdo e URL. Em valores, adicione tráfego%, para obter a porcentagem exata de tráfego orgânico que o conteúdo de seus concorrentes está gerando com base nas categorias definidas anteriormente.

Use a ferramenta de Lacunas de Palavras-chave para descobrir novas oportunidades de conteúdo

Agora que a parte tediosa acabou, você pode simplesmente coletar dados para descobrir novas oportunidades para sua estratégia de conteúdo. A análise de lacunas de conteúdo é uma maneira fácil e útil de melhorar a estratégia e tirar os concorrentes do primeiro lugar. Mas para fazer isso, você precisa saber onde procurar.

Felizmente, a ferramenta Lacunas de Palavras-chave da SEMrush pode fazer tudo por você.

Anteriormente chamado de Domínio vs. Domínio, o recurso Lacunas de palavra-chave permite selecionar até cinco domínios e comparar palavras-chave comuns e exclusivas.

Descobrir palavras-chave comuns

Digite os domínios dos concorrentes que você deseja analisar. Você pode selecionar até cinco de uma só vez. Passe o mouse sobre o diagrama de Venn entre os dois domínios e selecione Palavras-chave comuns no menu suspenso.

Como fazer um benchmark de conteúdo com SEMrush em menos de uma hora. Image :n

Por padrão, a SEMrush definiu palavras-chave orgânicas como a pesquisa, e esses serão os dados mais relevantes que você precisa para seu índice de referência de conteúdo e SEO. Mas você também tem a opção de filtrar por outros tipos de palavras-chave, como anúncios pagos e anúncios PLA.

Ações a serem tomadas:

  1. Exporte a lista de palavras-chave que você tem em comum com seus concorrentes.

  2. Copie e cole a lista de palavras-chave e posições de palavras-chave comuns de seus concorrentes em uma nova planilha em seu documento de benchmark de conteúdo.

  3. Atribuir cores diferentes às células com base nas posições de palavras-chave de seus concorrentes. Por exemplo, pinte as posições 1 a 5 em uma cor, 6 a 10 em outra, etc.

Como fazer um benchmark de conteúdo com SEMrush em menos de uma hora. Image :n

No exemplo da captura de tela acima, o verde é atribuído às palavras-chave para as quais seu concorrente aparece nas três primeiras posições; azul para posições de 4 a 10 e laranja claro de 11 a 20.

Ao organizar a planilha dessa maneira você consegue visualizar e identificar as palavras-chave onde você tem mais potencial para superar seus concorrentes.

Descubra palavras-chave exclusivas

Por mais valiosas que sejam as palavras-chave comuns, estas são palavras-chave para quais você já ranqueia e cujo ranqueamento pode melhorar.

Mas e as palavras-chave para quais seus concorrentes estão ranqueando e você não?

Outro recurso interessante que a ferramenta Lacunas de palavra-chave oferece é a possibilidade de pesquisar as palavras-chave exclusivas de cada um de seus concorrentes.

Como fazer um benchmark de conteúdo com SEMrush em menos de uma hora. Image :n

Ações a serem tomadas:

  1. Insira seu domínio e os domínios de seus concorrentes. Desta vez, selecione Palavras-chave exclusivas no menu suspenso de interseção. Faça isso para todos os seus concorrentes.

  2. Exporte a lista de palavras-chave exclusivas.

  3. Crie uma nova planilha em seu documento de benchmark de conteúdo com três colunas: Palavra-chave, Concorrente e Volume de Pesquisa Mensal.

  4. Cole as palavras-chave exclusivas de cada concorrente e seus volumes de pesquisa mensais.

  5. Adicione manualmente os nomes dos seus concorrentes às palavras-chave correspondentes.

Dica pro: Use essa lista como uma fonte rápida de inspiração para a criação de conteúdo. Ao priorizar, o volume de pesquisa de cada uma dessas palavras-chave traz uma imagem bem clara de seu potencial.

Se inspirar em seus concorrentes obtendo novas ideias de conteúdo

Você já coletou muitos dados sobre a estratégia de conteúdo de seus concorrentes. Tudo o que você precisa fazer agora é analisá-los  para gerar ideias novas e interessantes para o seu calendário editorial.

Sabia que você pode se inspirar nos conteúdos de seus concorrentes. Copiar ideias de conteúdo não é difícil. O truque aqui é dar um ángulo novo e criativo para diferenciar o seu conteúdo.

Juntando suas ideias com a inspiração que você obteve de seus concorrentes, você tem a vantagem de ganhar uma abordagem original e criar novas peças de conteúdo exclusivo, adaptadas ao tom, estilo e contexto de sua empresa.

Ações a serem tomadas:

  1. Crie uma folha final em seu documento de benchmark de conteúdo e chame-a de Idéias de conteúdo.

  2. Adicione títulos a cinco novas colunas: Idéia de Conteúdo, Palavra-chave Principal, Volume de Pesquisa, Tipo de Conteúdo (artigo do blog, página de destino, e-book, etc.) e Prioridade.

  3. Atribua prioridades a cada ideia de conteúdo que você conseguiu criar, tendo em mente suas prioridades e recursos disponíveis.

  4. Com base nas prioridades atribuídas, adicione essas novas ideias ao seu calendário editorial.

Dica pro: Depois de concluir seu benchmark de conteúdo, compartilhe o documento com todos os membros de sua equipe. Esta informação é extremamente valiosa para gerar novas idéias para e-mail marketing, mídia social, relações públicas, etc.

A lista de novas ideias de conteúdo é um benefício a mais. O importante é a nova informação sobre seus concorrentes que você conseguiu obter do benchmark de conteúdo.

Agora que você está equipado com as informações necessárias para superar seus concorrentes nos resultados de pesquisa, é hora de meter as mãos na massa e fazer o seu benchmark!

Seja melhor que seus concorrentes

Análise de palavra-chave e backlink da SEMrush

Digite o seu domínio (ex. www.exemplo.com)

Ying Lin
Profissional

Faz ótimas perguntas e fornece respostas brilhantes.

I'm an ex-journalist who's found new love in content marketing. In my spare time, I continue on my journey of learning everything there is to know about content marketing and am also on a secret conquest to find a solution to never having to cut my nails again.
Compartilhar esta postagem
or

Comentários

2000

Enviar feedback

Your feedback must contain at least 3 words (10 characters).

Só vamos utilizar este email para te enviar a resposta para o seu feedback. Política de Privacidade

Thank you for your feedback!

Sistema de classificação da comunidade

A classificação da comunidade SEMrush reflete o nível de reconhecimento profissional na nossa comunidade. Valorizamos as contribuições de qualidade, então os membros com melhor classificação receberão incentivos valiosos. Ao participar das discussões, fazer postagens, dar palestras em webinários e ser amigável e prestativo, certamente você vai chegar ao topo.

  • Novato
    Ou acabou de chegar, ou é muito tímido e fala pouco.
  • Entusiasta
    Às vezes participa das conversas.
  • Ajudante
    Membro experiente que sempre gosta de ajudar.
  • Mestre
    Membro veterano da comunidade.
  • Profissional
    Faz ótimas perguntas e fornece respostas brilhantes.
  • Especialista
    Fornece informações valiosas e acrescenta ideias profundas durante as conversas.
  • Guru
    Portador de sabedoria sobre marketing digital.
  • Astro
    Sabe tudo… bem, quase tudo.
  • Lenda
    Não é nada fácil chegar até aqui!