pt
English Español Deutsch Français Italiano Português (Brasil) Русский 中文 日本語
Acessar o Blog
Elena Terenteva

Checklist de On-Page SEO: blogs para leitores e máquinas de pesquisa

74
Wow-Score
A pontuação Wow-Score mostra se uma postagem de blog gera envolvimento. É calculada com base na relação entre o tempo de leitura ativa dos usuários, a velocidade de rolagem e o tamanho do artigo.
Esta postagem está em Português
Elena Terenteva
Esta postagem está em Português
Checklist de On-Page SEO: blogs para leitores e máquinas de pesquisa

Os melhores blogueiros tem excelentes habilidades de escrita e levam muito a sério ​​o desempenho de seu conteúdo nos mecanismos de pesquisa. Eles sabem que para ter sucesso você precisa escrever tanto para pessoas quanto para mecanismos de pesquisa, e você deve usar dados certos para saber como alcançar seu público.

Mesmo que os mecanismos de pesquisa se tornaram mais inteligentes e aprenderam a entender o contexto (não apenas as palavras-chave), você precisa implementar as boas práticas de SEO. Graças à capacidade de mecanismos de pesquisa de entender o conteúdo e as intenções de pesquisa, hoje em dia é mais fácil para um site alcançar o público-alvo certo do que há alguns anos atrás. No entanto, para ter sucesso, você precisa pesquisar, coletar dados, analisar os concorrentes e utilizar os dados efetivamente. Felizmente, temos muitas ferramentas para nos ajudar a fazer todas essas coisas. 

Precisa melhorar o seu SEO on-page?

Este artigo vai ser o seu guia para aprender técnicas de otimização de conteúdo. Preparamos uma lista completa das ferramentas que podem ser usadas para trabalhar seu SEO on-page e otimizar seu conteúdo. Passo a passo, seguindo a lógica da anatomia da SERP, explicaremos como tornar cada detalhe do seu artigo atraente para usuários e mecanismos de pesquisa. 

Se você é novo no mundo de SEO, pode começar pelo básico. Para ranquear mais alto nos resultados de pesquisa do Google, as páginas precisam ser otimizadas de uma maneira específica. Vamos definir o que precisa ser otimizado.

Mais sobre isso 10 Tarefas Ignoradas de SEO que Podem Impulsionar seus Ranqueamentos Postagem Lenny Johnson

O que é SEO on-page?

O SEO on-page é a prática de otimizar o conteúdo e o código-fonte HTML para definir o que é a sua página e quais informações ela oferece. Os pontos que precisam ser otimizados incluem títulos de página, descrições meta, texto alt, links internos e texto âncora, URLs e muito mais.

Confira o checklist abaixo, para saber como trabalhar seu SEO on-page e como otimizar seu conteúdo.

Checklist de On-Page SEO: blogs para leitores e máquinas de pesquisa. Imagem 0

Seguem os aspectos on-page que abordaremos neste artigo


Título

Meta Title Tag

Você, como escritor, certamente entende o poder de um bom título. Este ponto está no topo do nosso checklist de SEO on-page e é fundamental para atrair a atenção do usuário e aumentar a CTR da página. Os usuários vão ver o seu título na SERP e, se ele não for relevante, não vão clicar nele e nem ler o seu artigo.

Mais sobre isso SEMrush Topic Research: ferramenta para estratégias de conteúdo Postagem Nikolai Boroda

Do ponto de vista de SEO, faz sentido colocar sua palavra-chave no título somente se ela for curta e de alto volume: a pesquisa da SEMrush de fatores de ranqueamento confirmou isso. Se você está tentando promover uma palavra-chave de cauda longa, pode ser bastante complicado colocar tudo no título, por isso seria melhor focar na qualidade do conteúdo - o Google e os compartilhamentos sociais farão o resto por você.

Você precisa escolher o título não apenas para usuários, mas também para rastreadores. Portanto, verifique se você possui tags de título em sua página. Repare que, embora sua tag H1 e o título não devam necessariamente ser iguais, recomendamos que eles estejam relacionados.

Descubra os Títulos de Maior Impacto

para Criação de Conteúdo Eficaz

Digite o seu domínio (ex. www.exemplo.com)

Ferramentas Recomendadas:

  • On Page SEO Checker reúne informações sobre as tags H1 e de título corretas e verifica a frequência de uso de palavras-chave.

  • Topic Research traz títulos mais ressonantes relacionados ao seu tópico e com maior quantidade de backlinks.


URL

Antes de mais nada, seu URL deve ser descritivo e significativo (evite combinações estranhas de números e letras aleatórias!). E é claro que o URL é o lugar perfeito para colocar suas palavras-chave.

Mais um ponto importante - lembre-se que no futuro você pode decidir atualizar seu conteúdo (incluindo o título), por isso é importante garantir que seu URL continue relevante e possa ser aplicado posteriormente a conteúdos ligeiramente ou drasticamente diferentes. Se você decidir alterar o URL, não se esqueça de colocar redirecionamento para evitar erros 404.

O tamanho do seu URL é importante - é melhor mantê-lo com 3 a 5 palavras. Além disso, quando se trata de estrutura de URL, não é recomendado o uso de underlines como separadores de palavras.

Mais sobre isso A Guide to SEO-Friendly URL Structures and Parameters: The Basics Post Luke Harsel

Ferramentas Recomendadas:

Auditoria do Site da SEMrush verifica todos os URLs do seu site quanto a comprimento e underlines e ajuda a garantir que nenhum dos URLs tenha muitos parâmetros.


Descrição Meta

Meta Description

Uma descrição meta não afeta o seu ranking nos mecanismos de pesquisa de nenhuma maneira, mas como eu disse anteriormente, você também precisa pensar nos usuários. Uma descrição meta bem escrita ajuda os usuários a entender melhor do que se trata o seu artigo ou página e aumenta as taxas de cliques.

Por isso você não pode deixar que o Google escolhe a descrição meta por você. Quando o Google toma conta da descrição meta, ele escolha uma frase aleatória da sua página que não ajuda trazer mais usuários para o seu site. Outro ponto importante - evite descrições duplicadas em páginas diferentes.

Ferramentas Recomendadas:

On Page SEO Checker da SEMrush  — oferece dicas necessárias para aprimorar seu conteúdo do ponto de vista de SEO. Por exemplo ela ajuda a colocar tags nos lugares certos e avisa se o seu especialista em SEO recorrer às estratégias de SEO desatualizadas.


Palavras-chave e Palavras Relacionadas Semanticamente

Para fornecer aos usuários os resultados mais relevantes para os termos de pesquisa específicos, use as palavras-chave de destino nas primeiras 100 a 150 palavras do seu texto e adicione um peso adicional colocando palavras semanticamente relacionadas.

Para ajudar você a entender melhor a idéia de pesquisa semântica, confira este webinar gravado com Ross Tavendale, Tommy Griffith e Tristam Jarman sobre pesquisa de palavras-chave.

Ferramentas Recomendadas:

  • SEO Content Template da SEMrush  fornece uma lista completa de palavras-chave semanticamente relacionadas para as quais você planeja criar conteúdo. A ferramenta também traz exemplos de conteúdo que os 10 primeiros sites nos resultados da pesquisa colocam em suas páginas.

  • SEO Writing Assistant da SEMrush  verifica se o seu texto está otimizado para suas palavras-chave alvo e relacionadas, diretamente no seu Google Doc.


H1...H3

Quando um texto for estruturado, ele é fácil de ler e navegar. Existem muitos métodos para estruturar o texto. Se você tiver muitas informações, poderá usar uma lista numerada ou de marcadores - esse tipo de formatação facilita a leitura para os usuários, permitindo encontrar facilmente o que precisam. Este estilo de formatação também permite incluir muitas informações no artigo sem sacrificar a atenção do usuário.

Como Estruturar

  • <h1>Exemplo de Título</h1>

  • Body: Texto relacionado à H1

  • <h2>Exemplo de Subtítulo</h2>

  • Body: Texto relacionado à H2 e ao título principal do artigo

<h1>Exemplo de Título</h1>
<p>Seu texto</p>
<h2>Exemplo de Subtítulo</h2>
<p>Seu texto</p>
<h3>Exemplo de Subtítulo</h3>
<p>Seu texto</p>

A segunda maneira é mais "clássica" - escreva uma introdução, apresentando o problema e, em seguida, divida o texto em 3 a 5 pontos principais e nomeie-os com subtítulos descritivos. Na minha experiência, 3-5 pontos por artigo são mais que suficientes para provar seu ponto de vista. (Menos pode não parecer o suficiente para convencer um leitor, mais pode dificultar a leitura do artigo.)

Na linguagem técnica de SEO não se esqueça de usar as tags H1 ... H6 para seus subtítulos (e, naturalmente, coloque as palavras-chave de destino nos subtítulos). Aprenda a usar os elementos H1-H6 de HTML corretamente.

Ferramentas Recomendadas:

Auditoria do Site da SEMrush  ajuda a evitar erros de tags H1: informa se alguma delas está duplicada, ausente ou em abundância na página. Qualquer uma dessas coisas pode se tornar um problema aos olhos do Google.


Conteúdo em Vídeo

Adicionar conteúdo de vídeo à sua página também pode ajudá-lo a estruturá-la e obter mais atenção. Também atrai o público que prefere conteúdo visual.

Embora essa tática dificilmente o beneficie do ponto de vista do SEO, a ausência de vídeos pode prejudicar suas visitas, especialmente se todos os outros jogadores do nicho os tiverem. Ter um script com o vídeo se tornou uma prática comum, que ajuda os usuários e os rastreadores a entender melhor seu conteúdo.

Mais sobre isso SEO para Youtube Postagem Roberto Camargo

Ferramentas Recomendadas:

  • On Page SEO Checker da SEMrush  – essa ferramenta verifica se sites com uma posição mais alta para uma palavra-chave específica têm conteúdo de vídeo em suas páginas.

  • Social Media Tracker da SEMrush  fornece análises detalhadas para o seu conteúdo de vídeo e seu desempenho em todas as redes sociais. Você pode monitorar métricas de vídeo, como curtidas e compartilhamentos; acompanhar a atividade do público, o engajamento e a tendência de interesse de cada vídeo postado por você ou por seus concorrentes.


Imagens

Como mencionamos acima, é uma ótima maneira de estruturar e personalizar o seu artigo. Alguns especialistas recomendam inserir uma imagem no texto por rolagem, para que o usuário sempre tenha uma imagem na página durante a leitura. Acreditamos que é opcional se você tiver outros elementos atraentes na página, como subtítulos ou aspas.

Não esqueça que o formato da imagem muda de plataforma para plataforma (elas são cortados de maneira diferente no Facebook, Twitter e em qualquer outra rede social ou mecanismo de pesquisa), portanto, preste atenção aos microformatos. Certifique-se do que as imagens do seu domínio ficam bem no Twitter, Facebook, LinkedIn e em qualquer outra plataforma.

Imagens muito grandes podem diminuir a velocidade do site - que é um dos componentes mais importantes de uma boa experiência do usuário. Portanto, certifique-se de usar o tamanho e o formato corretos de arquivo e use os compressores de imagem corretamente para reduzir o tamanho da imagem mantendo a qualidade visual.

Os nomes descritivos dos arquivos de imagem e o uso de tags ALT podem ajudar as imagens da sua página a aparecer nos resultados de pesquisa de imagens do Google e as pessoas com deficiência visual a entender melhor a página.

Para mais informações, confira este artigo da Shopify: 10 dicas importantes de otimização de imagem.

Ferramentas Recomendadas:

 Auditoria do Site da SEMrush  verifica todas as imagens quanto à presença de atributos ALT no código da página.


Comprimento do Conteúdo

O seu conteúdo precisa ser longo o suficiente para chamar a atenção dos leitores e mecanismos de pesquisa. Mas lembre-se de que não existe um comprimento exato "perfeito"; tudo depende dos seus objetivos e da finalidade do conteúdo. Vários estudos descobriram que o conteúdo com quantidade de palavras baixa pode prejudicar a capacidade de uma página ranquear no Google, e que as páginas com conteúdo mais longo são consideradas mais valiosas.

O ponto principal é: as pessoas adoram conteúdo mais longo, que oferece uma cobertura de tópico mais profunda.

Foi comprovado que o conteúdo mais longo tende a ter ranqueamentos mais altos. Preparamos mais uma prova de por que o conteúdo longo vence e algumas recomendações sobre como escrever textos longos: confira nossa pesquisa sobre Marketing de Conteúdo e aprenda mais sobre como criar conteúdo de sucesso em 2020.

Prepare a sua estratégia para 2020

com o relatório de Estado de Marketing de Conteúdo da SEMrush

Digite o seu domínio (ex. www.exemplo.com)

Mais sobre isso A anatomia dos artigos com melhor desempenho: Conteúdo bem-sucedido versus invisível - Estudo da SEMrush Postagem Alina Petrova

Ferramentas Recomendadas:

  • On Page SEO Checker da SEMrush fornece informações sobre o comprimento de seus conteúdos (e de seus concorrentes) em uma página ranqueada para uma palavra-chave específica.

  • SEO Content Template da SEMrush  mostra o comprimento ideal do seu conteúdo futuro para ficar no mesmo nível dos concorrentes.

  • SEO Writing Assistant da SEMrush  verifica se o seu texto está em conformidade com o comprimento recomendado do conteúdo com base nos principais concorrentes de uma determinada palavra-chave, diretamente no seu Google Doc.


Legibilidade

Uma outra métrica importante de conteúdo é a legibilidade, que mostra se seu conteúdo é fácil ou difícil de ler. O nível de legibilidade depende de muitos fatores. Não apenas a gramática e a sintaxe desempenham um papel importante, mas também o design e a estrutura do texto - tudo o que pode influenciar a nossa percepção. 

Basicamente, o segredo é tão simples assim: conheça seu público (eles são especialistas avançados ou iniciantes?), tenha boas habilidades de escrita e foco na mensagem - esses ingredientes ajudarão a encontrar um equilíbrio. Se você quiser verificar a pontuação de legibilidade do seu texto, existem algumas ferramentas de SEO que podem ajudar.

Ferramentas Recomendadas:

  • On Page SEO Checker da SEMrush  ajuda a garantir que seu conteúdo não seja menos legível que o de seus concorrentes.

  • SEO Writing Assistant da SEMrush  verifica a legibilidade do seu texto diretamente no seu Google Doc ou WordPress e define uma meta de legibilidade com base em seus principais concorrentes para uma determinada palavra-chave.


Links Internos

Links Internos ajudam a enriquecer seu conteúdo com informações adicionais úteis para os leitores, atraindo a atenção para o conteúdo relacionado que você criou. Além disso, o link interno é um dos aspectos essenciais do SEO on-page - ele tem uma grande influência no comportamento dos robôs dos mecanismos de pesquisa. Os links incentivam o rastreador a visitar páginas que ele poderia ter negligenciado. E caso você ainda não se aprofundou nas táticas de linkbuilding, comece com links internos.

Ferramentas Recomendadas:


Botões de Compartilhamento nas Redes Sociais

Os compartilhamentos sociais não contam como links, mas mesmo assim eles ajudam seu conteúdo a ganhar mais pontos de SEO e a alcançar um público maior - adicione botões de compartilhamento social e torne-os visíveis. E parece que o conteúdo com muitos compartilhamentos sociais é mais agradável e confiável aos olhos de usuários. Além disso, se um líder de opinião ou alguém com um grande número de seguidores curtir ou repostar seu conteúdo, é muito provável que atraia novos leitores para o seu blog.

Ferramentas Recomendadas:

  • Social Media Tracker da SEMrush  pesquisa os posts de blog de seus concorrentes com muitas interações do usuário e ajuda a obter algumas idéias de tópicos e formatos de seu conteúdo futuro.

  • Click to Tweet – use essa ferramenta para compartilhar as principais citações do seu artigo. Escolha uma citação, insira-a no Click to Tweet; faça embed do link gerado no seu blog para obter uma citação destacada com o logo do Twitter.


Conteúdo Duplicado

O conteúdo duplicado é um dos problemas mais comuns de SEO. Nosso estudo recente mostra que 50% dos sites têm algumas páginas com conteúdo duplicado. Isso não gera uma penalidade, mas é um sinal para os mecanismos de pesquisa que seu site tem pouco ou nenhum valor para os leitores. Nem precisa dizer que seus leitores também não vão gostar de ver conteúdo duplicado.

Todos os aspectos do problema de conteúdo duplicado são abordados aqui: Duplicate Content SEO Advice From Google.

Ferramentas Recomendadas:

Auditoria do Site da SEMrush  fornece uma lista de todas as páginas com conteúdo duplicado no seu site.


Rastreabilidade

Não consegue ver seu artigo nas SERPs, embora você ache que fez tudo certo? Pode existir algum fator impedido o rastreamento, para garantir que você não fez todo o seu trabalho em vão. Rastreabilidade é uma questão técnica difícil com a qual a maioria dos criadores de conteúdo provavelmente não está familiarizada; portanto, converse com seu webmaster e encontre uma solução.

Ferramentas Recomendadas:

 Auditoria do Site da SEMrush verifica se todas as páginas do seu site são rastreáveis e fornece informações sobre todas as tags necessárias (por exemplo, títulos, tags <meta> e outros atributos importantes de HTML).


Velocidade de Carregamento da Página

Não é nem um segundo - uma demora de milissegundos pode incentivar um usuário a fechar seu artigo e acessar outro site. Às vezes, os motivos de demoras no carregamento podem ser simples, como imagens com tamanhos grandes de arquivo; às vezes eles são mais graves, incluindo problemas com o servidor. Independentemente do motivo, é extremamente importante estar ciente de quaisquer problemas de velocidade da página.

Ferramentas Recomendadas:

 Auditoria do Site da SEMrush verifica o desempenho do seu site, incluindo a velocidade de carregamento, identifica erros relacionados e aconselha como corrigi-los.

Google Pagespeed Insights – a maneira mais fácil de verificar o tempo de carregamento da página.


Mobile-Friendliness

Mais sobre isso Desktop vs Mobile: A Diferença entre as SERPs Postagem Nikolai Boroda

Se o site da sua empresa ainda não é mobile-friendly, provavelmente você está perdendo parte do fluxo de tráfego. Não, pensando bem - você está perdendo tráfego. Obviamente, o design responsivo e o desenvolvimento de sites para dispositivos móveis exigem tempo e esforço. Não é algo que você pode fazer em um dia, mas vale cada segundo que você gasta neste projeto. Sites compatíveis com dispositivos móveis têm uma forte prioridade na SERP móvel.

Ferramentas Recomendadas:

Google Mobile Friendly Test – solução do Google para verificar a compatibilidade com dispositivos móveis de um site.


Marcações

Já falamos sobre a importância da aparência do seu conteúdo na SERP. Implementar marcações pode aumentar sua CTR e, o melhor de tudo, é que microdados podem ser aplicados a diferentes tipos de conteúdo, independentemente do tópico abordado.

Markups

Veja este exemplo. Ambos os sites estão usando marcações de esquema para fornecer mais informações ao usuário: uma lista de ingredientes, revisões, tempo de cozimento e até mesmo valor calorífico.

Como isso influencia suas SERPs? De maneira alguma. A implementação do Schema não tem nada a ver com o impacto direto no seu ranking. Mas você se lembra da CTR? Exatamente! Tudo o que é bom para o seu leitor é bom para o SEO. 

Ferramentas Recomendadas:

 Auditoria do Site da SEMrush - fornece informações sobre a porcentagem de páginas com marcações implementadas: Schema.org, Twitter Cards, Open Graph, Microformats.

Google Structured Data Testing Tool – verifica os erros na implementação da marcação na sua página.


Conclusão

Como você pode ver, o Google está fazendo muito para ajudar o conteúdo exclusivo e informativo a obter um ranqueamento melhor. Mas não é apenas o Google que decide se seu conteúdo merece uma posição mais alta - são também os seus leitores. O Google não lê seu trabalho dando nota "10" para excelente redação ou exclusividade de informações; ele estima um nível de interesse para o seu artigo, levando em consideração o comportamento dos usuários e a disponibilidade do seu texto.

Você pode se surpreender ao saber que alguns erros de SEO on-page têm pouco ou nenhum impacto nos rankings. Ao mesmo tempo, alguns problemas que não têm nada a ver com o SEO diretamente, mas principalmente com a aparência da escrita e do conteúdo, podem ter um impacto gigantesco na CTR da página, no tempo na página e na taxa de rejeição - sinais de experiência do usuário nos quais o Google confia para determinar as posições da página nas SERPs.

Quantos desses elementos on-page e do texto você acha que pode sacrificar sem ter impactos negativos nos ranqueamentos do seu artigo? Um? Dois? Ou talvez cinco?

Bem, é claro, alguns deles podem ser ignorados, mas intencionalmente não os apontamos. Não pense no mínimo necessário. Crie uma boa história e faça o máximo possível para tornar seu texto atraente e perceptível para os leitores, e você maximizará o impacto do seu conteúdo. 

Basta verificar o seu conteúdo para obter uma boa otimização on-page.

  • Crie um título atraente.

  • Forneça um URL que contenha palavras-chave de destino. Evite aleatoriedade.

  • Crie uma descrição meta informativa e sucinta. Um leitor deve poder entender o que está prestes a ler.

  • Escolha suas palavras-chave alvo entre as 100-150 principais. Use palavras semanticamente relacionadas.

  • Estruture seu texto usando os subtítulos H1 ... H6. Opte por 3 a 6 argumentos para provar o seu ponto de vista.

  • Dilua seu conteúdo com vídeos, GIFs e imagens que chamam a atenção.

  • Respeite seu leitor e encontre o comprimento do texto ideal para o seu tópico. Crie o texto fácil de ler e entender.

  • Enriqueça o seu texto com links internos para outros artigos e seções do site.

  • Forneça botões de compartilhamento, para que os seus leitores possam espalhar a sua notícia nas mídias sociais.

  • Torne cada conteúdo único. Evite conteúdos duplicados.

  • Verifique se nada impede ao bot de rastreamento do Google de acessar o seu artigo.

  • Teste quanto tempo leva para carregar a sua página. Cada milissegundo importa.

  • Invista na criação de páginas mobile friendly, para que seu público possa lê-las em qualquer dispositivo.

  • Ajuda os seus leitores a tirar o maior proveito do seu artigo mesmo antes de começar a ler. Use as marcações Schema para fornecer mais informações na SERP.

Planeje conteúdo inteligente com a SEMrush

Gere idéias para entrar no Top 10

Digite o seu domínio (ex. www.exemplo.com)

Elena Terenteva
SEMrush

Colaborador da SEMrush.

Elena Terenteva, Product Marketing Manager at SEMrush. Elena has eight years public relations and journalism experience, working as a broadcasting journalist, PR/Content manager for IT and finance companies.
Bookworm, poker player, good swimmer.
Enviar comentário
Seu comentário deve ter pelo menos 3 palavras (10 caracteres).

Usaremos este e-mail unicamente para responder aos seus comentários. Política de privacidade

Agradecemos pelos comentários!