Conhecimento
Kits de ferramentas da Semrush
SEO
Pesquisa orgânica
Relatório Posições na Pesquisa orgânica

Relatório Posições na Pesquisa orgânica

O relatório Posições orgânicas mostra todas as palavras-chave com as quais um domínio tem páginas que aparecem nos primeiros 100 resultados do Google. Para cada palavra-chave para a qual um domínio entra no ranking, você pode ver a página de destino correspondente e diversas métricas sobre a natureza dessa palavra-chave. A geração desse relatório sobre o domínio de um concorrente é uma excelente primeira etapa de coleta de inteligência competitiva. 

Parte superior do relatório

Na parte superior, são exibidos três números: o número total de palavras-chave do site com posições orgânicas (nos 100 primeiros resultados do Google), o tráfego mensal esperado vindo dessas palavras-chave e o custo mensal estimado para conseguir um ranking com essas palavras-chave no Google Ads.

Relatório de posições com um retângulo vermelho destacando as métricas palavras-chave, tráfego e custo do tráfego.

Esses números dão uma visão rápida do escopo geral da visibilidade de pesquisa orgânica de um site. Como podemos ver acima, a Semrush encontrou 847,3 mil palavras-chave para as quais o domínio aparecia nos 100 primeiros resultados do Google (no banco de dados escolhido).

Dessas 847,3 mil palavras-chave, a Semrush estima que o domínio receba uma média de 13,1 milhões de visitas mensais.

O terceiro número, US$ 46 milhões, indica que, se você quisesse dar um lance nas 847,3 mil palavras-chave para as quais o domínio aparece no ranking, precisaria gastar uma média de US$ 46 milhões por mês no Google Ads.

Para comparar com outro exemplo (abaixo), podemos ver que o domínio consegue rankings para cerca de 610,8 mil palavras-chave, e estimamos que elas atraem cerca de 546,8 mil visitas mensais pela pesquisa. Obter essas visitas por meio de anúncios de pesquisa paga custaria cerca de US$ 14,6 milhão por mês no Google Ads.

Exemplo de métricas: palavras-chave, tráfego e custo do tráfego.

Com o filtro na parte superior do relatório, é possível ver o tráfego estimado vindo de todas as posições, posições orgânicas ou Recursos de SERP de um domínio. 

Retângulo vermelho destacando os filtros: Todas as posições, Orgânicas e Recursos de SERP.

Gráfico de tráfego e palavras-chave

Em seguida, temos um gráfico que mensura a mudança no tráfego de pesquisa orgânica e nas palavras-chave do domínio ao longo do tempo. O tráfego estimado indica o número de visitas ao site estimadas com base nas posições de pesquisa orgânica do domínio, e as palavras-chave indicam para quantas palavras-chave orgânicas o domínio consegue posições.

Altere o foco entre palavras-chave ou o tráfego e altere o intervalo de tempo de 1 mês até Todo o período usando os controles acima do gráfico.

Exemplo mostrando o widget Tendência de palavras-chave orgânica.

Exemplo mostrando o widget Tendência de tráfego estimado.

Anotações

Suas Anotações também estão destacadas nesse gráfico. As Anotações são ícones do Google e ícones de anotação vermelhos na parte inferior. Os ícones do Google são adicionados pela Semrush, indicando os dias em que percebemos que o Google implementou alterações em seu algoritmo ou dias em que a Semrush atualizou seu banco de dados. Acrescentamos essas anotações porque uma alteração no algoritmo do Google pode influenciar os rankings de um site, e uma atualização do banco de dados da Semrush pode aumentar o número de palavras-chave para as quais um site consegue rankings. Clique em uma anotação para ler mais detalhes.

Uma seta vermelha aponta para uma anotação do Google no widget Palavras-chave.

Além disso, é possível adicionar anotações personalizadas para acompanhar os dias em que você lançou uma campanha, fez manutenção do site ou qualquer outra data importante. As anotações personalizadas são exibidas com o ícone de anotações vermelho. Para controlar os tipos de anotações exibidos, clique em Anotações acima do gráfico e altere as caixas que deseja ver.

Seta vermelha apontando para o botão Anotações acima do gráfico.

Tabela Posições na Pesquisa orgânica

Role para baixo até a seção principal desse relatório. Para cada palavra-chave na tabela, você pode escolher ver:

  • Palavra-chave
  • Intenção
  • Posição
  • Recursos de SERP
  • Diferença
  • Posição ant.
  • Tráfego%
  • Tráfego
  • Volume
  • KD% (Dificuldade da palavra-chave %)
  • CPC (USD)
  • URL
  • SERP (clique para ver um instantâneo da página de resultados real)
  • Última atualização
  • Custos 
  • Densidade competitiva 
  • Resultados
  • Última atualização  

O relatório ordena automaticamente as palavras-chave por tráfego, então, quanto mais no topo a palavra-chave estiver, mais tráfego orgânico ela atrai para o site. Porém, é possível ordenar rapidamente por qualquer outra métrica, basta clicar nas setas ao lado do título de cada coluna.

É possível ocultar ou exibir as colunas por meio do botão Gerenciar colunas na parte superior direito da tabela.

A coluna Tráfego% está destacada na tabela Posições na pesquisa orgânica.

Na coluna SERP, você pode ver a fonte SERP ou o instantâneo real de onde a Semrush obteve esses dados. Ao clicar no ícone, uma nova guia é aberta, encaminhando você à página de resultados do mecanismo de pesquisa, na qual você poderá ver a página de destino do site (em destaque) em meio aos outros resultados.Página de resultados do mecanismo de pesquisa.

Se você clicar na linha de uma palavra-chave, verá a palavra-chave, a URL e os Recursos de SERP associados à palavra-chave. Além disso, você pode ver uma tabela instantânea que mostra as posições de páginas que conseguiram ranking para essa palavra-chave durante o período designado. Se você clicar na seta perto da palavra-chave, será aberta a Visão geral da palavra-chave, com estatísticas importante da palavra-chave específica.

Exemplo de uma tabela instantânea.

A coluna Intenção permite descobrir automaticamente a intenção de pesquisa do público para cada palavra-chave. Passe o cursor do mouse sobre a marca de intenção para ver a finalidade da pesquisa do usuário. As quatro intenções são transacional, comercial, informativa e de navegação. 

Exemplo ao passar o cursor do mouse sobre a marca de intenção.

Como adicionar palavras-chave ao Keyword Strategy Builder

O Keyword Strategy Builder é outra ferramenta de pesquisa de palavras-chave da Semrush que permite reunir pesquisas de palavras-chave de várias ferramentas da Semrush, organizá-las em listas e atualizar as métricas nas listas em tempo real.

Para adicionar palavras-chave desse relatório ao Keyword Strategy Builder, basta marcar a caixa de seleção delas e adicioná-las a uma lista existente ou uma nova. 

As caixas de seleção de palavras-chave e o botão Adicionar à lista de palavras-chave estão destacados.

Cada lista do Keyword Strategy Builder pode ter até 1.000 palavras-chave. Quando você tiver uma lista no Keyword Strategy Builder, poderá enviá-la a outras ferramentas da Semrush, como Monitoramento de posição, PPC Keyword Tool e SEO Writing Assistant.

Caso precise de ajuda para usar o Keyword Strategy Builder, leia este artigo.

Histórico de ranking de uma palavra-chave

Ao clicar na seta ao lado de uma palavra-chave na guia Posições ou Alterações na posição, você verá o histórico de rankings de seu concorrente para essa palavra-chave. Ao abrir o gráfico URLs classificadas (mês a mês), você terá uma visão geral mês a mês das URLs que entraram nos 100 primeiros resultados para uma palavra-chave específica nos últimos 12 meses. 

Além disso, você pode ver o histórico de uma palavra-chave de qualquer domínio em todo o período se puder acessar os dados históricos (disponíveis nos planos Guru e Business). Para visualizá-lo, altere a Data na parte superior do relatório Posições.

Widget URLs classificadas exibindo os dados históricos de uma palavra-chave.

Filtros

É possível delimitar a pesquisa por palavra-chave. Basta inserir a palavra-chave que você deseja pesquisar na barra de busca do filtro, na parte superior do gráfico. Porém, se você quiser fazer uma pesquisa ainda mais específica, pode usar o menu de filtros avançados, disponível à direita.

Esses filtros avançados incluem Palavra-chave, Tipo de palavra-chave, Volume, CPC, KD, Tráfego, Custos, Comp., Resultados, Recursos de SERP, Quantidade de palavras e Última atualização.

Exemplo das opções de filtros avançados.

Adicione vários filtros simultâneos para delimitar os dados em níveis mais granulares, se desejar. O uso de vários filtros é uma excelente maneira de criar uma lista de palavras-chave de cauda longa, de tópicos específicos ou de baixo custo para o seu site. Atualmente, não existe um limite do número de filtros que podem ser usados nesse relatório.

Posições

É possível filtrar o relatório pela posição da palavra-chave. Para fazer isso, basta usar o menu suspenso Posições. É possível filtrar o relatório pelo Top 50, Top 20, Top 10 e Top 3 palavras-chave, bem como pelas posições 1, 4 a 10, 11 a 20, 21 a 50 e 51 a 100.

Você pode criar qualquer intervalo personalizado se estiver buscando palavras-chave em uma posição específica diferente dos filtros predefinidos.

Exemplo das opções de filtro de posições.

Intenção

Para complementar sua pesquisa competitiva com a análise de intenção, basta usar o filtro correspondente. Esse filtro facilita o agrupamento e a análise de palavras-chave por um tipo de intenção específico.

Exemplo das opções de filtro de intenção.

Marque ou desmarque as caixas de intenção para filtrar a lista de palavras-chave.

Esse filtro pode ajudar a entender o que os usuários estão pesquisando e analisar se eles estão indo para a página certa. 

Recursos de SERP  

Na coluna recursos de SERP, você pode analisar a presença de resultados especiais dentre as palavras-chave presentes nesse relatório. 

É possível filtrar esses recursos por meio da opção Filtros avançados para procurar palavras-chave que aparecem no ranking de um Recurso de SERP específico. Se você filtrar pelo Recurso de SERP Snippets em destaque, mostraremos somente as palavras-chave encontradas nesse recurso.

Também temos um filtro secundário muito útil para avaliar melhor a relação entre o domínio analisado e o Recurso de SERP escolhido:

Exemplo das opções de filtro de Recursos de SERP.

Recursos de SERP na SERP — Mostra palavras-chave para as quais o domínio analisado aparece no ranking e o Recurso de SERP escolhido também está presente na SERP

Não está SERP — Mostra palavras-chave para as quais o domínio analisado aparece no ranking e o Recurso de SERP escolhido não está presente na SERP

Domínio é classificado — Para mostrar somente as palavras-chave para as quais o conteúdo do domínio analisado aparece no Recurso de SERP escolhido 

Domínio não é classificado — Para mostrar palavras-chave para as quais o domínio analisado consegue ranking nos resultados, o Recurso de SERP escolhido está presente na SERP, mas o domínio não faz parte desse Recurso de SERP.

Exportações

Os usuários podem exportar linhas para um arquivo do Excel, CSV ou CSV separado por ponto e vírgula por meio da funcionalidade Exportar. Para selecionar linhas específicas a exportar, marque as caixas à esquerda das palavras-chave ou opte por exportar 100, 500, 1.000, 3.000, 10.000 ou 30.000 palavras-chave no menu “Exportar”.

Dependendo do seu plano, o número de linhas que você pode ver em um relatório é limitado da seguinte forma:

  • Usuários do Pro podem ver até 10 mil linhas em um relatório
  • Usuários do Guru podem ver até 30 mil linhas em um relatório
  • Usuários do Business podem ver até 50 mil linhas em um relatório

Exemplo das opções do botão Exportar.

Mostrar mais
Mostrar mais