SEO para Mobile: Como manter vantagem competitiva no mundo de Mobile-Friendly

This post is in Português

Todos sabemos que a proporção de tráfego de dispositivos móveis está crescendo a velocidade surpreendente. O número de smartphones e tablets já sobrepassou a quantidade de usuários de desktop há anos, o que significa que é extremamente importante ter uma versão mobile otimizada do seu site.

É provável que seus usuários acessem o seu site de dispositivos diferentes e você precisa fazer o possível para oferecer a melhor experiência de usuário para eles.

Otimização para mobile é justo isso - adaptação do seu site, do design e conteúdo para diferentes tipos de plataformas e tamanhos de tela.

A sua estratégia deve começar com análise de dados sobre o tráfego para entender as preferências do seu público. Google Analytics permite acessar algumas informações para entender se as suas ações estão tendo o efeito esperado e atraindo os usuários de mobile. É muito importante lembrar que a tática “mobile-first” deve entrar na sua estratégia juntos com a tática “customer-first”.

Desde que o Google anunciou que ele começou os testes para alterar a indexação de páginas para mobile first houve muitas especulações sobre o assunto. Ainda não está nada definido, mas de qualquer jeito, já podemos afirmar que hoje em dia mais da metade de todas as pesquisas online são feitos através de dispositivos móveis, e esses números estão crescendo.

Nossa pesquisa, baseada nas 10.000 principais pesquisas de cada país mostrou o seguinte resultado da tendência de hoje:

Testes de mobile-first ainda estão em andamento, e no momento não sabemos como isso pode influenciar os principais fatores de ranqueamento. É provável que a maioria de estratégias de SEO permanecerá, mas seguir a tendência e embarcar no vagão de mobile-friendliness é um bom jeito de se preparar para o futuro.

Hoje vamos falar de principais elementos da estratégia de desenvolvimento de site para mobile do ponto de vista de SEO:

Opte por Configurações Mobile Friendly

O primeiro passo de otimização para mobile é definir a configuração do seu site.

Se o seu site tiver uma versão mobile com a mesma marcação e conteúdo da versão desktop, você já passou essa etapa. Pode pular essa seção e passar para a próxima para encontrar ideias de conteúdo e design mobile-friendly, dicas de pesquisa competitiva e de palavras-chave e as indicações de ferramentas que podem te ajudar.

Caso ainda não tiver versão mobile recomendamos que comece por definir os objetivos do seu site para dispositivos móveis. O que seus usuários querem fazer? O que você quer que eles consigam fazer? Defina quais ações são necessárias para alcançar seus objetivos e quanto tempo e recursos você pode disponibilizar para tornar o seu site mobile- e user-friendly.

Para isso você pode optar por um dos designs abaixo:

  • Design Responsivo

Sites responsivos oferecem uma experiência consistente em todos os dispositivos adaptando o layout ao tamanho da janela do navegador. Ele se apropria de todos os recursos para a tela, mas os elementos da página permanecem iguais: o mesmo código HTML e o mesmo URL.

Os sites que utilizam o design responsivo são fáceis de manter e atualizar porque exigem pouca ou nenhuma configuração adicional para os motores de busca. Google já declarou que essa configuração é a favorita dele, mas nem por isso você deve escolher essa opção sem estudar as outras antes.

Implementar um design responsivo exigirá que você reconstrua o site de uma forma que ele ficará bem tanto no celular quanto no desktop. Se o seu site for grande, isso pode levar muito tempo e dinheiro. Para economizar você pode aplicar o projeto responsivo de forma incremental, começando com páginas com as maiores porcentagens de tráfego móvel. Para obter mais informação sobre as etapas de implementação, você pode ler este artigo que ensina a criar seu primeiro site multi-dispositivo.

  • Design Dinâmico

Dependendo do seu tipo de negócio, você pode querer fornecer experiências específicas projetadas para a versão móvel do seu site. Você pode querer mostrar conteúdo diferente ou otimizar o seu site mobile para termos de pesquisa diferente. Isso é possível com um design dinâmico.

O design dinâmico permite que você tenha várias versões diferentes de uma única página em um único URL, onde o HTML depende do dispositivo do usuário. Isso permite diferenciar as versões do seu site, oferecendo uma experiência mais personalizada atendendo diferentes públicos. O serviço dinâmico não exige um redesenho completo do site, mas aumenta a carga de trabalho de manutenção e atualização.

Será necessário usar Vary HTTP Header para detectar corretamente os dispositivos e informar o crawler que você possui uma página móvel alternativa. Aqui estão as diretrizes do Google para implementar um site de design dinâmico.

  • URL Separado para Versão Mobile

Para configurar este design você precisa criar uma nova página mobile-friendly com URL diferente. Normalmente, ele fica em um subdomínio, por exemplo "m.website.com". Se você optar por esse formato, é uma boa ideia manter esta estrutura de URL em paralelo com a versão de desktop do site.Tal como acontece no caso do design dinâmico, ter dois sites separados tem a desvantagem de manutenção mais complicada. No entanto você ganha a oportunidade de criar uma experiência móvel mais definida, mesmo com o risco de problemas técnicas. A detecção do dispositivo do usuário nem sempre é perfeita, por isso é uma boa ideia fornecer aos usuários a capacidade de trocar as versões.

O Google não irá automaticamente reconhecer a página móvel como uma versão da página desktop, então você precisará adicionar tags rel = "alternate" e rel = "canonical" para indicar páginas correspondentes e evitar a duplicação de conteúdo. Certifique-se de ter todos os redirecionamentos em ordem, mas tente diminuir a quantidade deles para não prejudicar a  velocidade da página. Para evitar erros comuns, confira as recomendações do Google para criar um site móvel com URL separado.

  • Versão Desktop-Only

Acredite se quiser, mas manter o site que só tem versão desktop continuará ser uma opção no mundo de mobile first. Não é a opção mais indicada já que você vai provavelmente perder uma parte de clientes e de tráfego móvel, no entanto é melhor ter uma página desktop-only funcionando bem que uma versão mobile mal implementada. A versão desktop do seu site ainda será apresentada nos resultados de pesquisa móvel, mas é melhor confirmar se o seu conteúdo aparece da forma correta. Você pode fazer isso com a ajuda da ferramenta Fetch as Google da Search Console.

Seja qual for a opção que você escolher, é uma boa ideia ver se seu site é rastreável e se tudo está funcionando como deveria. Você pode configurar uma auditoria do site com a ferramenta Site Audit da SEMrush  com o rastreador móvel para ver se existem problemas técnicos que você precisa resolver, como links e imagens quebrados, conteúdos e descrições meta duplicados, redirecionamentos danificados e muito mais.

Ferramenta Site Audit da SEMrush

Uma boa forma de descobrir se o Google aprova a versão móvel da sua página é de fazer este teste de Mobile-friendly. Ele mostra a lista de problemas de usabilidade e um preview da versão móvel na janela de um celular.  

Pesquisa de Palavras-chave para Mobile

A importância da pesquisa de palavras-chave para SEO Móvel é enorme. Há milhões de artigos sobre suas benefícios e sobre como conduzi-la, então não vou me aprofundar muito nesse assunto. Mas seja qual for a sua estratégia atual de encontrar as palavras-chave corretas, é necessário lembrar que você está competindo em duas frentes: mobile e desktop. Pelo menos por enquanto. Eventualmente, talvez você precise fazer a mudança completa para mobile.

Os resultados da pesquisa e suas posições na pesquisa de mobile e desktop podem ser muito diferentes, inclusive para cada local onde você estiver competindo. Então, se você ainda não focou seus esforços em SEO móvel, deveria começar a trabalhar nisso imediatamente, especialmente considerando que seus concorrentes provavelmente já estão fazendo isso.

SEMrush agora fornece uma opção que permite pesquisar palavras-chave móveis separadamente e compará-las com as palavras-chave de desktop.

Você também pode facilmente analisar seus concorrentes de segmento móvel. Monitore as palavras-chave que eles estão buscando e descubra quais palavras-chave você deveria usar para o seu site usando Domain Analytics - que também permite obter dados por dispositivos. Atualmente, temos 17 bancos de dados de palavras-chave móveis e estamos trabalhando para adicionar mais.

Domain Analytics da SEMrush

Além disso, você também pode configurar a ferramenta de Position Tracking para descobrir a correlação das consultas de pesquisa mobile e desktop. Analise as posições do seu domínio em vários dispositivos, acompanhe as mudanças para entender as tendências gerais e abrir caminho para o gerenciamento eficiente de recursos.m

Position Tracking da SEMrush

Ranqueamentos Desktop vs Mobile

Relatório de Multi-targeting da SEMrush

Digite o seu domínio (ex. www.exemplo.com) Digite o seu domínio (ex. www.exemplo.com)

Optimize Conteúdo para Mobile

A abordagem Mobile First pode também beneficiar a versão desktop do seu site. Imaginar um site em uma tela menor é uma boa maneira de evitar incluir elementos sem muita importância e reconstruir a arquitetura de informações de uma maneira que facilite o acesso às respostas e informações. Ela também ajuda você a priorizar e criar conteúdo que seja melhor e mais útil.

O bom conteúdo é um bom conteúdo, e as diretrizes para criá-lo são universais em todas as plataformas. Ele deve ser estruturado, informativo, facilmente escaneável, e ter títulos chamativos. O conteúdo longo é universalmente considerado mais valioso da perspectiva de SEO, mas atualmente não existe um consenso sobre versão mobile.

O conteúdo mais curto no celular faz sentido porque as pequenas telas podem mostrar menos informações. Por outro lado, menos não é necessariamente bom, especialmente se houver uma desigualdade entre versões desktop e móveis. Quando a indexação Mobile First inicia, isso pode se tornar um grande problema.

Então, o que você deve fazer é tentar ser mais conciso. Isso inclui optar por títulos, URLs e meta-descrições mais curtos. Divide conteúdos em porções digeríveis fazendo parágrafos mais curtos e consistentes. Priorize o material útil e envolvente, e coloque-o acima da dobra para que ele seja carregado primeiro.

Essa Ferramenta Pode Ajudar

Para obter dicas de quantidade de palavras recomendadas para o seu artigo, pode utilizar o SEMrush SEO Content Template configurando “mobile” como dispositivo segmentado da pesquisa do Google. Simplesmente colocando palavras-chave específicas, você obterá recomendações para melhor estruturar seu conteúdo com base na lista dos seus 10 concorrentes do Google mais fortes. Esta ferramenta também mostra como seus concorrentes usam as palavras-chave alvo em contexto e fornece sugestões para diversificar o núcleo semântico.

Criando Conteúdo para Público Facilmente Distraído

É importante aprender e compreender o comportamento do seu público e gerenciar o conteúdo de acordo. Olhe o que eles estão fazendo e do que precisam para determinar o tipo de conteúdo que você deveria criar.

Lembre-se de que as pessoas que usam versões móveis de sites também são móveis. Eles são mais facilmente distraídos e geralmente gastam menos tempo olhando para a tela, então se esforce mais para atrair e segurar a atenção deles.

Dê-lhes a informação que eles precisam rapidamente.Chegue ao ponto mais rápido, permite que seus usuários naveguem facilmente pelas seções de conteúdo e ignorem aquelas que não são importantes para eles. Uma forma de fazer isso é optar por conteúdo expansível, é uma boa maneira de oferecer todas as informações disponíveis sem sobrecarregar a página. De acordo com Gary Illyes, esse tipo de conteúdo não será desvalorizado no celular.

Melhorando o Conteúdo

É bom ter diretrizes para criar novos conteúdos, mas a maioria das pessoas já tem conteúdo em seu site. A questão é - como melhorar esses conteúdos já existentes? Uma das formas é configurar a ferramenta SEO Ideas da SEMrush para pesquisa mobile e obter idéias de otimização com base em seus 10 principais concorrentes no Google. Ela também oferece  uma lista de recomendações para consertar o conteúdo da sua página, a semântica, a experiência do usuário e as questões técnicas. Os dados fornecidos irão ajudá-lo a determinar se você usou as palavras-chave adequadas para subir nos rankings de pesquisa, se for preciso adicionar mais palavras-chave, ou, pelo contrário, evitar “keyword stuffing”, e se houver casos de canibalização de conteúdos.

SEO Ideas da SEMrush

Principais Elementos que Não Podem Ser Esquecidos

  • Não esqueça de adicionar dados estruturados ao seu site. Rich Snippets funcionam ainda melhor no celular, porque eles ocupam mais espaço na tela (claro, o Google pode mudar isso no futuro). Mas por enquanto, definitivamente procure oportunidades para se destacar. Mantenha seus microdados relevantes, mas não exagere. O Google disponibiliza uma ferramenta de teste de dados estruturados para ajudar a otimizar esse ponto.

  • A otimização do tempo de carregamento é crucial para o SEO móvel. Lembre-se, todos estão com pressa. Você deve evitar usar o Flash, também recomendamos abusar do JavaScript, ​​popups, PDFs e infográficos intrusivos. A velocidade da página é a maior prioridade nos dispositivos móveis, já que a velocidade de conexão e hardware variam. Tente reduzir o código e redirecionamentos, e adicione o cache do navegador. Otimize imagens e vídeos, analise se eles são essenciais para entender seu conteúdo. Caso não estiverem, seria melhor removê-los. O Google PageSpeed ​​Insights pode mostrar formas de otimização tanto para desktop quanto para celular.

  • Outro ponto importante é otimizar a página para pesquisa local e a pesquisa por voz. Muitos usuários de dispositivos móveis estão pesquisando negócios locais, e você quer que eles o encontrem facilmente. Então, padronize seu nome, telefone e endereço e mantenha essas informações atualizadas; não se esqueça de adicionar horários de trabalho, de modo que os visitantes móveis conheçam quando você está aberto; e sempre é bom ter uma opção de clique para ligar para o seu número de telefone.A pesquisa por voz está crescendo e ficando mais e mais popular, por isso é uma boa idéia otimizar o site para palavras-chave de cauda longa que se assemelham a questões conversacionais. Faça uma página de FAQ ou encontre outra maneira de incorporar palavras-chave de pesquisa de linguagem natural.

Ofereça uma Boa Experiência de Usuário

Se você seguiu todas as dicas listadas acima, resolveu todos problemas técnicos e otimizou o conteúdo, deve estar muito próximo do seu objetivo final - site mobile-friendly.

Só falta o último passo - olhe para o seu site com olhos de um usuário mobile e pense na jornada que ele faz.

Certifique-se de que a fonte escolhida for suficientemente grande e que o texto seja legível sem ampliar. Botões e links precisam ser espaçados de uma maneira que não seja frustrante para o usuário. Os dedos obstruem a vista e não têm a precisão de um mouse. É melhor definir itens clicáveis ​​e dar feedback aos usuários sobre as ações deles. Por exemplo, você pode indicar quais botões foram pressionados e destacar links para mostrar quais já foram clicados.

Lembre-se que a digitação no celular é mais demorada e os teclados na tela reduzem a área visível ao meio. Então, simplifique as formas de comunicação, crie listas de verificação e formulários pré-preenchidos se puder. Tente manter o layout simplificado para que não seja necessário passar por muitas páginas para conseguir completar a ação desejada.

Não há uma única conclusão sobre a importância do HTTPS para ranqueamento, mas adicioná-lo torna seu site mais confiável. O HTTPS adiciona uma camada de segurança criptografando uma conexão entre o servidor e o navegador da Web. É uma necessidade absoluta se você estiver executando transações de comércio eletrônico ou coletando informações privadas de seus usuários. Além disso, HTTPS não serve apenas para garantir a segurança na hora de coleta de nomes, informações de cartões de crédito e datas - alguns navegadores proíbem o acesso à certos recursos para sites não seguros. Por exemplo, o Chrome não permite o uso de notificações de localização geográfica e notificações push para esse tipo de sites.

Você pode facilmente verificar se o seu site sofre de problemas de usabilidade móvel no Google Search Console. Console disponibiliza a lista de páginas com problemas e um gráfico que mostra como a quantidade delas mudou ao longo do tempo.

Conclusão

A otimização móvel de um site pode parecer difícil, e é, mas os benefícios que ela fornece podem mudar o jogo em seu favor.

Está pensando em otimizar seu site para mobile e ou se já passou por isso? Compartilhe sua experiência nos comentários! Qual foi a sua principal dificuldade nessa jornada?

Artigo original: Mobile SEO is a Must: How to Stay Competitive in Mobile-Friendly World por Nikolai Boroda.

Comentários

Add a comment
Valeu! Obrigado