SEO e redes sociais: Como sinais sociais influenciam ranqueamentos

74
Wow-Score
A pontuação Wow-Score mostra o quão atrativa é uma postagem de blog. É calculada com base na relação entre o tempo de leitura de usuários ativos, a velocidade de rolagem e o tamanho do artigo.
Saiba mais

SEO e redes sociais: Como sinais sociais influenciam ranqueamentos

Vitor Peçanha
SEO e redes sociais: Como sinais sociais influenciam ranqueamentos

Você sabe qual é, exatamente, a relação entre redes sociais e SEO? Essa discussão já é antiga, e continua gerando dúvidas em profissionais das duas áreas.

Até onde a estratégia de social media pode afetar os resultados de uma marca nos mecanismos de busca? Essa é só uma das dúvidas acerca do assunto.

No centro dessa discussão está o papel dos sinais sociais — métricas como curtidas e número de seguidores — entre os critérios de rankeamento.

Afinal, esses sinais têm algum efeito sobre os resultados de pesquisa do Google ou a autoridade do perfil não influencia no posicionamento de uma página?

A relação entre redes sociais e SEO vai além do sinais sociais

Quem acha que as redes sociais são relevantes para o SEO de um site apenas por causa dos sinais sociais está muito enganado, e está desatualizado a respeito dos critérios de rankeamento do Google.

Matt Cutts, ex-chefe do time de pesquisa do Google — responsável por definir o funcionamento dos algoritmos de busca até o final de 2016 —, já explicou que os sinais sociais não fazem parte dos critérios de rankeamento.

Isso pode até mudar em breve, mas o fato é que hoje esse ainda não é o caso. Será que isso quer dizer que não vale a pena investir nas redes sociais?

Muito pelo contrário!

A relação entre essas duas áreas do marketing digital é muito mais abrangente do que a autoridade do perfil, e há muitas outras formas pelas quais as redes sociais afetam influenciam no SEO.

5 principais formas em que as redes sociais influenciam o seu SEO

É preciso ter calma antes de descartar por completo o impacto das redes sociais no SEO só porque o Google não considera os sinais sociais tão importantes quanto se pensava há um tempo atrás.

Prova disso são as 5 formas em que a influência do social media pode ser sentida de perto no processo de busca. Basicamente, a presença da sua marca nas redes sociais:

Afeta o rankeamento das suas páginas

Talvez você esteja se perguntando como é que o rankeamento é afetado, se eu acabei de dizer que o Google não leva a autoridade de um perfil em conta nesse processo.

Por dois motivos: primeiro, apesar de ser o mais importante e conhecido, o Google não é o único site de pesquisa que existe, e é importante se lembrar disso.

O Bing, segundo site mais usado no mundo, já declarou oficialmente que leva em conta sim os sinais sociais na hora de classificar as páginas do resultados de pesquisa.

Em segundo lugar, a autoridade social da marca é apenas um aspecto que pode ajudar nos posicionamentos, não o único.

Fatores como o link building — sobre o qual vou falar logo abaixo — também são bastante relevantes.

Influencia o conteúdo das pesquisas

Perfis sociais são indexados nas buscas, então se alguém buscar a sua marca é provável que encontre entre os primeiros resultados os links para o Facebook, Twitter, Instagram e assim por diante.

Isso é positivo porque normalmente quando um usuário deseja pesquisar uma empresa que não conhece direito, ele faz uma busca no Google.

E hoje em dia as redes sociais são tanto canais de interação da empresa com o público quanto locais onde outros clientes a avaliam e compartilham suas experiências comprando dela.

Assim, você pode conseguir tráfego orgânico qualificado por conta da boa impressão causada pelos perfis.

É relevante para as buscas locais

As buscas locais também podem ser bem usadas para atrair mais clientes, e não se aplicam apenas a empresas pequenas.

É provável que na sua cidade tenha uma unidade do McDonald’s, ou qualquer outra franquia mundialmente famosa. Experimente pesquisar por “McDonald’s + nome da sua cidade”.

Você provavelmente vai ver entre os primeiros resultados um perfil social daquela unidade, com endereço, horário de funcionamento e outros detalhes relevantes.

Isso significa que o SEO local é útil tanto para negócios pequenos quanto para corporações gigantes, mas principalmente que os sites de pesquisa dão importância a esses perfis, já que são úteis para os usuários.

Ajuda no link building

Link building é uma das práticas mais importantes para o bom desempenho de um site nos rankings de pesquisa, especialmente se os links forem de fontes respeitadas.

E aí vem mais uma boa notícia. O Google encara o Facebook, Twitter e outros como qualquer outro site, ou seja, indexa os links compartilhados neles.

Isso quer dizer que quanto mais links para o seu conteúdo nessas redes sociais, mais indicativos os sites de busca terão de que ele é confiável e merece atenção.

Pode aumentar o interesse pela marca

Recentemente, publicamos um artigo sobre como o Neil Patel acidentalmente investiu no blog da Rock Content (obrigado Neil!), e no artigo citamos uma campanha dele para o Instagram, que acabou migrando para os buscadores.

Por meio de uma hashtag intrigante, ele conseguiu atrair muitas buscas no Google, justamente com o objetivo de levar o público a uma página do seu site ou blog.

É verdade que uma estratégia como essa envolve muito planejamento de marketing, boa execução e até investimento financeiro.

Mas o que estou tentando destacar aqui é o princípio por trás: quanto mais menções à sua marca nas redes sociais, maior será o volume de buscas por ela.

5 segredos para usar as redes sociais a favor do seu SEO

Não dá para ignorar o fato que redes sociais e SEO têm uma relação de interdependência entre si, e isso não é algo ruim.

Afinal, se uma estratégia vai bem isso automaticamente beneficia a outra, então vale a pena ter equilíbrio e investir em ambas, de preferência de forma integrada.

Mas, como fazer isso? Há muitas boas práticas que você pode (e deve!) seguir, mas vou explicar aqui 5 delas.

Realizando essas ações, você já terá uma base sólida para que o seu site seja bem posicionado nos mecanismos de busca e ganhe tráfego orgânico com muito mais facilidade.

Expanda sua visão de SEO

Já pincelei isso acima, mas vale a pena frisar: SEO não acontece só no Google. E nesse caso não estou falando só do Bing! também.

As redes sociais já podem ser consideradas verdadeiros sites de busca e também merecem sua atenção, pois o volume de pesquisas realizadas nelas todos os dias é gigantesco.

Quantas vezes você já buscou um assunto que desejava saber diretamente na barra de pesquisa de uma dessas redes?

Por isso, otimize seus posts com base nos termos que os usuários normalmente procuram, mesmo nas redes sociais.

Produza conteúdo de máxima qualidade

Não existe técnica de SEO ou truque de marketing que supere a falta de qualidade no conteúdo que você produz.

Ele é peça-chave em todas as suas estratégias, e com certeza vai afetar tanto a relevância que a sua marca terá para os seguidores quanto o posicionamento nos motores de pesquisa.

O Google usa alguns sinais para identificar se o seu conteúdo é original e de qualidade, e leva isso em conta ao classificar a sua página.

Mas, mais importante que isso, se os usuários não gostarem do material, nem todo o SEO do mundo vai adiantar para fazer seu site converter.

Interaja com o público (e com outras marcas)

Interagir com a persona é uma grande parte de estar nas redes sociais. Esse é um canal mais dinâmico e descontraído, não tão institucional, então as pessoas esperam naturalidade das suas marcas favoritas.

Basta encontrar o tom certo e manter a regularidade. Mas não para por aí: de vez em quando vale a pena também interagir com outras marcas.

Essas interações podem render uma exposição a mais e ainda ganhar a aprovação dos seguidores de ambas as marcas.

O resultado disso tudo é mais menções à marca, aumento da base de seguidores e mais backlinks para o seu site.

Aumente sua base de seguidores

Mais do que aumentar sua base de seguidores de qualquer jeito, vale a pena investir na construção de uma audiência fiel e participativa, engajada nas iniciativas e na promoção do seu conteúdo.

Assim é que o sua base de seguidores vai ser realmente útil para melhorar o seu posicionamento nos rankings, participando em promover a marca para outros e gerando interesse nela.

Acompanhe o desempenho dos seus perfis sociais

Acompanhar o progresso da sua estratégia, por meio de ferramentas e processos bem estruturados, é o que vai ajudar a sua estratégia de social media realmente fazer sucesso.

Sem nenhuma forma de teste ou acompanhamento de métricas e KPIs é simplesmente impossível ver resultados, especialmente sobre o SEO, que geralmente leva algum tempo para fazer efeito.

Por isso, acompanhe de perto os efeitos que as suas ações estão tendo sobre o posicionamento nas pesquisas, e se adapte conforme for necessário.

Conclusão

Está na cara que redes sociais e SEO têm tudo a ver, e apesar dos sinais sociais não fazerem parte (ainda!) dos fatores de rankeamento do Google, eles ainda são valiosos.

Além disso, há tantas outras formas de usar seus perfis sociais para ganhar credibilidade nas SERPs, que por enquanto a presença desses sinais nem faz tanta falta assim.

Like this post? Follow us on RSS and read more interesting posts:

RSS
Co-fundador da Rock Content, maior startup de marketing de conteúdo do país. Palestrante e evangelizador sobre marketing de conteúdo.
Compartilhar esta postagem
or

Comentários

2000 caracteres restantes

Inscreva-se no Blog da SEMrush para receber conteúdo útil direto na sua caixa de email.

Obrigado!

Você se inscreveu no nosso blog com sucesso.