O Que é GPT-4? Principais Fatos e Funcionalidades

Erich Casagrande

Set 18, 202312 min de leitura
GPT-4

ÍNDICE

O Que é GPT-4?

O GPT-4 é um Large Language Model (LLM) da empresa OpenAI que pode auxiliar em uma série de tarefas, desde escrever e-mails até gerar códigos.

O GPT-4 é um grande avanço em relação aos modelos anteriores de IA generativa da OpenAI, especialmente na forma como lida com prompts complexos e diferenciados. A ferramenta consegue se adaptar a tons, emoções e gêneros específicos de uma forma melhor do que os modelos generativos de IA anteriores. Também pode gerar códigos, processar imagens e interpretar 26 idiomas.

Contudo, embora o GPT-4 pareça ser mais preciso do que os seus antecessores, ele ainda inventa fatos – ou tem "alucinações" – e não deve ser utilizado sem verificação de fatos, especialmente para tarefas em que a precisão é importante.

Data de Lançamento do GPT-4

O GPT-4 foi lançado pela OpenAI em 14 de março de 2023 para assinantes do ChatGPT Plus e usuários do mecanismo de busca Bing. O acesso à API também foi oferecido por meio de lista de espera.

Em maio de 2023, a OpenAI lançou seu aplicativo móvel para assinantes do ChatGPT Plus.

Quais São os Novos Recursos do GPT-4?

O GPT-4 apresenta um avanço significativo em relação ao GPT-3 e ao GPT-3.5. Mas de que maneira ele é melhor do que os modelos anteriores?

O GPT-4 é Multimodal

Ao contrário dos modelos anteriores, o GPT-4 tem a capacidade de interpretar imagens. Isso significa que você conseguirá usá-lo para gerar texto a partir de instruções visuais, como fotografias e diagramas.

Esse recurso só está disponível usando a API. Atualmente, não está disponível para assinantes do ChatGPT Plus que usam aplicativos OpenAI.

Alguns usos comuns do recurso multimodal do GPT-4 incluem:

  • Escrever legendas: carregue sua imagem feita para redes sociais e peça ao GPT-4 para escrever uma legenda de acordo com seu tom de voz (por exemplo, espirituoso, profissional ou amigável).
  • Elaborar texto alternativo: carregue uma imagem que você está usando em um artigo de blog e peça ao GPT-4 para criar uma descrição adequada para o texto alternativo.
  • Gerar códigos: carregue um diagrama ou wireframe de uma página da web e peça ao GPT-4 para desenvolver um HTML e CSS relevantes.

Um exemplo bem conhecido do recurso multimodal do GPT-4 é o de Greg Brockman, presidente e cofundador da OpenAI. Em uma demonstração feita para uma transmissão ao vivo, Brockman subiu no GPT-4 uma foto de um esboço para um site. Em resposta, o GPT-4 desenvolveu o código necessário para criar o site do zero.

demonstração do GPT-4 do presidente e cofundador da OpenAI, Greg Brockman

Observação: O GPT-4 não gera imagens por si só, embora esse recurso seja oferecido por outro produto da OpenAI, o DALL·E 2 

O GPT-4 Consegue Realizar Tarefas Mais Complexas

O GPT-4 costuma ser melhor que os modelos anteriores criando e lidando com nuances, o que significa que consegue executar tarefas mais complexas.

Por exemplo, a OpenAI testou o desempenho do GPT-4 em uma série de avaliações padronizadas. Embora o GPT-4 ainda tenha dificuldades em assuntos como Literatura Inglesa, o desempenho da ferramenta saltou de 10% para 90% no Uniform Bar Exam, um teste padronizado para aspirantes a advogados nos Estados Unidos.

O software também apresentou melhorias significativas nos testes padronizados para disciplinas avançadas do ensino médio nos EUA, como Física e Química, como este gráfico da OpenAI aponta.

Gráfico comparando o desempenho de GPT-3.5 e GPT-4 da OpenAI no exame

Mas, o que isso significa para profissionais de marketing e de SEO? Significa que, entre as tarefas complexas que o GPT-4 tem capacidade para executar, estão:

  • Redação de artigos de blog: forneça um resumo e peça ao GPT-4 para escrever um primeiro rascunho de um artigo de blog. Quanto mais detalhado e específico for o seu briefing, mais eficaz será o GPT-4.
  • Criação de copywriting para um site: descreva seu produto ou serviço e peça ao GPT-4 para redigir copies para seu site ou landing pages.
  • Análise da concorrência: Forneça ao GPT-4 informações sobre o seu mercado e peça à IA para gerar uma lista dos pontos fortes e fracos dos seus principais concorrentes.

Lembre-se: Embora a capacidade do GPT-4 seja muitas vezes impressionante, ele ainda pode fornecer informações imprecisas. Por isso, é fundamental revisar todos os resultados quanto à precisão, integridade, consistência e assim por diante.

O GPT-4 é Multilíngue

O GPT-4 é multilíngue, abrangendo 26 idiomas quando de seu lançamento.

A seguir, um gráfico da OpenAI mostra a precisão do GPT-4 em muitos idiomas diferentes. Embora o modelo de IA pareça mais eficaz com o uso do inglês, ele também é uma ferramenta poderosa para idiomas com menor número de falantes, como o galês.

Gráfico que mostra o desempenho do GPT-4 em diferentes idiomas

Quantos Parâmetros o GPT-4 Possui?

O GPT-4 tem mais de 1 trilhão de parâmetros, de acordo com reportagem da agência de notícias dos EUA Semafor. Embora a OpenAI não tenha confirmado oficialmente o número de parâmetros, os primeiros rumores de que o GPT-4 teria mais de 100 trilhões de parâmetros foram negados pelo CEO da OpenAI, Sam Altman.

Um parâmetro é uma variável em um modelo de treinamento de IA. Quanto mais parâmetros um modelo tiver, maior será a probabilidade de fornecer respostas precisas em diferentes temas.

É por isso que o GPT-4 é capaz de realizar uma ampla gama de tarefas, como gerar códigos, fazer um exame jurídico e escrever piadas originais.

Para efeito de comparação, o primeiro modelo da OpenAI, o GPT-1, tem 0,12 bilhão de parâmetros. O GPT-2 possui 1,5 bilhão de parâmetros, enquanto o GPT-3 possui 175 bilhões.

Número de parâmetros em modelos GPT

Como Usar o GPT-4

O GPT-4 está incorporado em um número cada vez maior de aplicativos, desde a empresa de pagamentos Stripe até o aplicativo de aprendizagem de idiomas Duolingo. Ele também está sendo incluído em uma série de ferramentas de IA para escrita.

Para interagir com o GPT-4 fora desses aplicativos, você pode ir direto à fonte e usar o ChatGPT Plus.

ChatGPT Plus

A maneira mais fácil de acessar o GPT-4 é inscrevendo-se na versão paga do ChatGPT, chamada ChatGPT Plus. Uma assinatura do ChatGPT Plus custa US$ 20 por mês (valor de agosto de 2023).

Para começar, selecione a opção "ChatGPT" no site da OpenAI.

Página inicial da OpenAI

Você então tem a opção de baixar o aplicativo ChatGPT IOS ou usá-lo na web. Por enquanto, vamos clicar na opção "Try on web".

Página para ChatGPT da Open AI

Em seguida, o site peridá para você se cadastrar e criar uma nova conta. Durante o processo de inscrição, você será solicitado a fornecer sua data de nascimento, bem como um número de telefone.

Depois de criar sua conta OpenAI, escolha "ChatGPT" nos aplicativos OpenAI fornecidos. Observe que você também consegue acessar o GPT-4 usando a API OpenAI.

Tela de opções da plataforma do OpenAI

Depois de fazer login no ChatGPT, clique em "Upgrade to Plus" no canto inferior esquerdo.

onde clicar - “Upgrade to Plus”

O site pedirá para você inserir os dados do seu cartão de crédito. Assim que seu pagamento for processado, selecione "GPT-4" entre as opções na parte superior da tela.

O aplicativo da web ChatGPT Plus

Bing Chat

O GPT-4 também está disponível no mecanismo de busca Bing, da Microsoft – embora apenas se você estiver usando o navegador Edge da Microsoft. Se você deseja usar o Bing Chat, baixe o Edge aqui.

Depois de fazer o download do Edge, acesse Bing.com e selecione "Chat" nas opções da parte superior da tela.

página inicial do The Microsoft Bing

Na tela de bate-papo, você pode escolher se deseja que suas respostas sejam mais precisas ou mais criativas. Ou crie uma conta para fazer mais perguntas e ter conversas mais longas com o Bing Chat com tecnologia GPT-4.

A interface para bate-papo com tecnologia GPT-4 do Bing

Alternativas ao GPT-4

Há uma série de outras ferramentas de inteligência artificial que você pode usar com a função IA generativa. Vamos dar uma olhada nas mais importantes.

Assistente de Redação de IA da Semrush

O Semrush AI Writing Assistant é uma alternativa importante à ferramenta da OpenAI para redação de textos para SEO. Essa ferramenta foi desenvolvida para ajudar profissionais de marketing e de SEO a ranquearem melhor os sites de suas empresas nas pesquisas.

A ferramenta consegue ajudar você a produzir artigos gerados por IA e otimizar um conteúdo já existente para SEO.

Para começar, selecione a ferramenta "Semrush Writing Assistant" no kit de ferramentas "Marketing de conteúdo" na plataforma da Semrush. 

navegue pela ferramenta “Semrush Writing Assistant” no menu esquerdo

Selecione "Analisar novo texto" para iniciar um novo documento.

“Analisar novo texto" na ferramenta Writing Assistant da Semrush

No seu novo documento, você pode colar um rascunho existente, inserir palavras-chave ou colar um URL de uma página da web. Isso fará com que apareçam algumas recomendações para SEO da Semrush.

Neste exemplo, escolhemos a palavra-chave "cadeira gamer ergonômica". 

obtenha recomendações para a palavra-chave "cadeira gamer ergonômica"

Depois de gerar as recomendações para SEO, você conseguirá usar as ferramentas de IA da Semrush para redigir, expandir e reformular seu conteúdo.

Para pedir ao Semrush AI Writing Assistant para redigir um novo texto, basta escrever um comando na caixa de texto e clicar em "Escrever".

botão "escrever" no menu smart-writer, no lado direito

Depois de ter algumas palavras em seu documento, você pode pedir ao AI Writing Assistant da Semrush para realizar tarefas usando as opções "Reformular", "Simplificar", "Expandir" ou "Resumir".

As opções “Reformular”, “Simplificar”, “Expandir” ou “Resumir” aparecem assim que você insere o texto na ferramenta

O AI Writing Assistant da Semrush também vem com uma ferramenta para perguntar à inteligência artificial, semelhante ao ChatGPT. Clique em "Perguntar à IA", insira seu comando e a ferramenta de IA gerará uma resposta diretamente em seu documento.

Seção “Perguntar à IA”

Depois de terminar de gerar seu conteúdo, você conseguirá otimizá-lo usando as ferramentas de SEO do AI Writing Assistant da Semrush.

Notion AI

Outra alternativa ao GPT-4 é o Notion AI, uma ferramenta generativa de IA integrada diretamente na plataforma de trabalho Notion.

Para acessar o Notion AI, basta iniciar um novo documento do Notion e selecionar "Comece a escrever com a IA…"

documento do Notion em branco

A partir daí, a experiência é muito parecida com outras ferramentas generativas de IA. Insira seu comando – o Notion oferece algumas sugestões, como "Postagem no blog" – e a IA do Notion gerará um primeiro rascunho.

Notion AI's prompt bar with various suggested prompts.

Limitações do GPT-4

O GPT-4 Tem "Alucinações"

De acordo com a OpenAI, o GPT-4 tem 40% mais probabilidade de gerar um resultado factual do que o GPT-3.5. Dito isso, o GPT-4 ainda inventa fatos regularmente.

Para alguns pesquisadores, as "alucinações" do GPT-4 são ainda mais preocupantes do que nos modelos anteriores, porque o GPT-4 é capaz de inventar informações de uma forma muito mais convincente.

Um exemplo disso vem de Patrick Hymel, médico e CEO da empresa Indicator Sciences, que pediu ao GPT-4 para resumir uma pesquisa médica. Mesmo para um especialista como o dr. Hymel, muitas das afirmações feitas pelo GPT-4 pareciam corretas. Com mais pesquisas, entretanto, o dr. Hymel descobriu que elas eram falsas.

Descobri que muitos fatos ou descobertas referenciados não estavam presentes nos artigos citados e, em alguns casos, os artigos nem existiam... Em muitos casos, o GPT-4 inventa referências, links DOI e/ou fatos e números sem qualquer link identificável para um artigo real.

O GPT-4 Está Desatualizado

Os dados de treinamento utilizados no GPT-4 abrangem até setembro de 2021. Isso significa que ele não pode fornecer respostas precisas às solicitações que exigem conhecimento de eventos atuais.

O GPT-4, como seus antecessores, ainda consegue dar uma resposta com segurança – e essa "alucinação" pode parecer convincente para usuários que não estão cientes dessa limitação.

O GPT-4 Não Consegue Expressar Experiências

Sendo um modelo de linguagem, o GPT-4 não consegue vivenciar experiências únicas sobre um tema.

Isso significa que o conteúdo gerado pelo GPT-4 – ou qualquer modelo de IA – não possui a parte "experiência" do conceito de Experiência, Especialidade, Autoridade, Confiabilidade (EEAT). A EEAT é uma parte essencial das diretrizes para avaliadores de qualidade do Google e importante para qualquer estratégia de SEO.

Então, sabe o que isso significa para profissionais de marketing e SEO? Não terceirize completamente a criação de seu conteúdo para o GPT-4.

Ferramentas generativas de IA são ótimas assistentes. Entretanto, é essencial que um especialista de carne e osso esteja não apenas revisando o conteúdo produzido pelo GPT-4, mas também adicionando sua própria experiência e reputação no mundo real.

Perguntas Frequentes Sobre o GPT-4

O Bing Chat Usa GPT-4?

O Bing Chat usa uma versão do GPT-4 que foi personalizada para consultas. No momento, o Bing Chat está disponível apenas para usuários do navegador Edge da Microsoft.

Quantas Palavras o GPT-4 Consegue Processar?

Para usuários da API, o GPT-4 consegue processar no máximo 32 mil tokens, o que equivale a 25 mil palavras. Isso inclui o comando do usuário e a resposta. Para usuários do ChatGPT Plus, o GPT-4 Consegue processar no máximo 4.096 tokens, o que equivale a aproximadamente 3 mil palavras.

Quanto Custa o GPT-4?

O GPT-4 custa US$ 20 por mês para usuários do ChatGPT Plus. Para acesso API ao modelo 8k, a OpenAI cobra US$ 0,03 para entradas e US$ 0,06 para saídas por tokens de 1K. Para acesso API ao modelo 32k, a OpenAI cobra US$ 0,06 para entradas e US$ 0,12 para saídas.

Qual é a Diferença entre o GPT-3.5 e o GPT-4?

A principal diferença entre o GPT-3.5 e o GPT-4 é que o GPT-4 pode lidar com comandos mais complexos e diferenciados. Além disso, enquanto o GPT-3.5 aceita apenas comandos em texto, o GPT-4 é multimodal e também os aceita em imagem.

Quando o Novo Chat GPT-4 Será Lançado Gratuitamente?

Ainda não está claro se o GPT-4 será lançado gratuitamente diretamente pela OpenAI. No entanto, a ferramenta foi lançada gratuitamente para uso no mecanismo de busca Bing da Microsoft.

O ChatGPT Está Usando o GPT-4?

O ChatGPT usa o GPT 3.5, uma das versões do LLM da OpenAI. Para acessar o modelo GPT-4, mais avançado, os usuários podem assinar o ChatGPT Plus ou solicitar o uso da API GPT-4.

O ChatGPT Plus é GPT-4?

O ChatGPT Plus oferece aos assinantes a opção de escolher entre o GPT 3.5 e o GPT-4. O uso do GPT-4 está sujeito a limites de 25 solicitações a cada três horas.

O GPT-4 Consegue Criar Imagens?

O GPT-4 não pode criar imagens. Embora o GPT-4 possa interpretar imagens como comandos, ele só consegue fornecer respostas em texto. Mas outro produto da OpenAI, o gerador de imagens AI DALL·E 2, pode ser usado para criar imagens a partir de comandos de texto.

O GPT-4 Está Sempre Certo?

O GPT-4 nem sempre está correto. Embora a OpenAI relate que o GPT-4 tem 40% mais probabilidade de oferecer respostas factuais do que o GPT-3.5, ele ainda tem "alucinações" regularmente a respeito dos fatos e dá respostas incorretas.

Existe Uma API GPT-4?

A API GPT-4 está disponível para todos os clientes pagantes, com modelos disponíveis em 8k e 32k. O preço da API é por 1.000 tokens, o que equivale a 750 palavras.

Existe Um Aplicativo ChatGPT Plus?

A OpenAI lançou seu aplicativo IOS para ChatGPT Plus em maio de 2023, e tem planos de lançar um aplicativo Android no final de 2023. O aplicativo ChatGPT Plus suporta reconhecimento de voz por meio da tecnologia personalizada Whisper, da OpenAI.

O Que é Um Token Para GPT-4?

O modelo de preços da OpenAI cobra por token, não por palavra. Um token para GPT-4 equivale a aproximadamente três quartos de uma palavra em inglês. Isso significa que, para cada 75 palavras, você usará o equivalente a 100 tokens.

Como o GPT-4 é Usado Em Marketing?

Os profissionais de marketing usam o GPT-4 para gerar legendas, escrever artigos de blogs e melhorar o texto de seus sites e landing pages. A ferramenta também é usada para analisar concorrentes e gerar ideias para campanhas de marketing.

Compartilhar
Author Photo
Trabalho como Marketing Manager Lead da Semrush no Brasil e sou responsável pelas ações de marketing que envolvem a marca em diferentes canais. Sou apaixonado por comunicação e por aprender cada vez mais sobre o universo do Marketing Digital.
Mais sobre isso