Guia completo de sitemaps: o que é, diferentes tipos e como criar um para seu site

Erika Varagouli

Jul 21, 20216 min read
Sitemaps do site

Sitemaps de sites são um elemento essencial. Embora não sejam tão chamativos quanto a página inicial do seu site, são úteis para direcionar os bots do Google para examinar o conteúdo, a relevância e outros aspectos do seu site.

A indexação do site ajuda a se posicionar bem nas SERPs do Google. Sem um sitemap, os bots do Google ficam perdidos, assim como suas chances de se posicionar no topo.

O que são sitemaps?

Um sitemap é um tipo de arquivo que fornece informações sobre as páginas do site. Ele ajuda os bots do Google a rastrear seu site com mais rapidez e eficiência. Os sitemaps indicam ao Google quais páginas você acha que são importantes. 

Este é um exemplo de um sitemap XML:

website sitemap

Há dois tipos de sitemaps:

  • XML: os sitemaps XML são projetados para os bots do Google.
  • HTML: os sitemaps HTML ajudam os usuários a navegar no site 

Encontre e conserte erros no sitemap

com a ferramenta Auditoria do site

ADS illustration

Diferentes tipos de sitemaps

Embora os dois formatos de sitemaps tenham funções semelhantes, existem algumas diferenças importantes entre os dois. Vamos conferir.

Sitemaps XML

Os sitemaps XML listam todas as suas páginas para que o Google rastreie e indexe. Este formato de arquivo é apenas para o Google e não se destina à experiência do usuário.

Se algumas páginas do site não tiverem links, os sitemaps podem acelerar o processo de busca por esses links e correção do problema.

Os sitemaps XML podem indicar quando um arquivo ou página é atualizado. O Google adora quando você atualiza e renova o conteúdo, portanto, é útil ter esses dados disponíveis. Você pode ver conteúdo mais antigo e optar por tirá-lo do sitemap ou atualizá-lo.

Um único sitemap XML está limitado a 50 mil URLs. Se você tiver um site grande, talvez precise de vários arquivos XML para tratar de todo ele.

No entanto, a manter o número de URLs abaixo de mil é útil para acelerar o processo de rastreamento.

O Google diz que os sitemaps são adequados para sites grandes, sites com arquivos extensos, sites novos com poucos links e sites com conteúdo rich media.

Confira nosso guia sobre como criar um sitemap XML e faça o seu.

O que é “noindex”?

Se você não quiser que uma página seja incluída no seu sitemap XML, use a tag “noindex”. O Google ainda pode encontrar a página se houver links que levem para ela, mas será um processo mais lento.

Você também usa a tag “noindex” se criar uma página e não quiser publicá-la ainda, ou se estiver escrevendo um post no blog que não está pronto. 

Quais são os problemas comuns com sitemaps XML?

Apesar de nossas melhores intenções, as coisas podem dar errado quando configuramos nossos sitemaps. Confira alguns problemas comuns:

Sitemap vazio

Um erro de sitemap vazio pode indicar que:

  • Você enviou um arquivo vazio.
  • Talvez você tenha usado uma tag HTML inadequada e os bots não conseguem encontrar seu site.
  • Talvez você tenha salvado o arquivo no formato errado, então os bots não conseguem encontrá-lo.

Você pode corrigir esse problema de sitemap verificando o nome ou a extensão do arquivo, ou o próprio arquivo para conferir se ele tem algum conteúdo.

Erro HTTP

Os erros HTTP 404 são especialmente graves. Eles podem indicar que a página que o bot está procurando não está lá ou que há um problema no servidor. 

Localize onde o arquivo XML está e redirecione-o para o arquivo robots.txt para que o Google possa encontrá-lo. Além disso, verifique com seu host se ele está com algum problema de TI.

Namespace incorreto

Um namespace é uma classe de elementos (como locais de arquivos ou endereços) em que cada elemento tem um nome exclusivo.

Se tiver esse erro, talvez tenha rotulado incorretamente ou duplicado um namespace. Além disso, verifique novamente se não há erros de digitação no namespace.

Verifique os rótulos e a ortografia dos namespaces.

Sitemaps HTML

Os sitemaps HTML são parecidos com os sitemaps XML. A principal diferença é que os sitemaps HTML devem ser navegados por usuários. 

O Google lê arquivos XML mais rapidamente do que arquivos HTML, mas um sitemap HTML mostra que você considerou a experiência do usuário na construção do seu site, o que pode ajudar a se posicionar no Google.

Por que você teria um sitemap em HTML?

Os seres humanos podem ler este sitemap para ter uma noção do seu site. Você também pode usar o sitemap para encontrar oportunidades de links internos e construir pilares de conteúdo.

O sitemap ajuda a planejar uma estrutura lógica para o site, beneficiando os bots do Google e as pessoas que o exploram.

Este é um exemplo de um sitemap do Green Peace Brasil

Sitemap green peace

Por que os sitemaps são importantes?

Os sitemaps ajudam o Google a rastrear todas as páginas presentes no site. Eles incluem os links internos do site, a estrutura lógica do site e como cada link se relaciona com cada página da web.

O Google tende a recompensar sites com sitemaps com um aumento nos posicionamentos.

Os sitemaps são importantes quando:

  • Os links internos do site não são excelentes: os sitemaps ajudam a começar a criar links internos. O Google rastreia seu site usando o sitemap como guia, em vez dos links que você não tem.
  • O site é extenso e tem muitas páginas: quanto maior o site, mais tempo o Google leva para rastrear e indexar. Um sitemap acelera muito esse processo.
  • O site é novo ou não tem links externos: pode ser mais difícil encontrar o site. Um sitemap mostra ao Google o que está no seu site sem depender que links externos tragam tráfego de outros lugares.

Como encontrar seu sitemap

O diretório raiz do seu site seria um bom começo na busca pelo seu sitemap. Você pode tentar chegar a ele com o navegador usando esta estrutura de URL: https://www.dominiodosite.com/sitemap.xml

Substitua “dominiodosite.com” pelo domínio do seu site. O navegador provavelmente irá para o seu sitemap, já que ele está disponível para público.

Se você tiver problemas para encontrar o arquivo, verifique o CMS. Se o arquivo for salvo incorretamente, o CMS deve conseguir encontrá-lo para você.

Algumas pessoas gostam de manter os sitemaps em outro local. Se você optar por manter seu sitemap em outra pasta, atualize seu arquivo robots.txt para levar os bots do Google na direção certa.

Você pode nomear seu arquivo sitemap como quiser, desde que tenha uma extensão de arquivo XML.

Use a auditoria do site da Semrush se tiver problemas de sitemap

A Ferramenta Auditoria do Site permite fazer auditoria em qualquer site e verificar até seis problemas específicos relacionados aos sitemaps XML.

Como configurar a ferramenta Auditoria do site

Selecione a ferramenta Auditoria do site no painel do projeto. Se você não tiver um projeto configurado na Semrush, será necessário configurá-lo antes de usar a ferramenta. Você pode adicionar um projeto selecionando o botão "Adicionar novo projeto" no canto superior direito da tela.

É possível configurar a ferramenta antes de fazer a auditoria. Use o painel para informar à ferramenta como rastrear seu site, seu limite de rastreamento de página e muito mais.

Site audit Semrush Auditoria de site

A ferramenta retornará uma lista de erros, que você pode começar a resolver com sua equipe de SEO ou webmaster.

Encontre e conserte erros no sitemap

com a ferramenta Auditoria do site

ADS illustration

Como enviar um sitemap

É simples enviar um sitemap para o Google:

  • Entre no Google Search Console.
  • Na barra lateral, selecione o site.
  • Clique em "Sitemaps". O menu “Sitemaps" está na seção "Índice".
  • Remova sitemaps desatualizados ou inválidos (se for o caso).
website sitemaps
  • Para adicionar um novo sitemap, digite o endereço do arquivo sitemap.xml
  • Clique em Enviar.

Considerações finais

Antes de tudo, os sitemaps são essenciais para que o Google consiga indexar seu site. No entanto, eles também beneficiam você e seus usuários. Você pode usar o sitemap para entender melhor o conteúdo do site e ajudar os usuários a navegar melhor nele. 

Use nossa ferramenta Auditoria do site para garantir que seus sitemaps estejam configurados corretamente.

Author Photo
Erika VaragouliI create local and global content marketing strategies here at Semrush. I started my career as a journalist, but gradually the world of SEO and content marketing won me over. I am obsessed with creating content people love, Nick Cave, and Italian films. Fueled by caffeine.
Subscribe to learn more about SEO Técnico
By clicking “Subscribe” you agree to Semrush Privacy Policy and consent to Semrush using your contact data for newsletter purposes