Ir ao blog

Dicas Práticas de SEO para seu E-commerce Vender Mais

98
Wow-Score
A pontuação Wow-Score mostra o quão atrativa é uma postagem de blog. É calculada com base na relação entre o tempo de leitura de usuários ativos, a velocidade de rolagem e o tamanho do artigo.
Saiba mais

Dicas Práticas de SEO para seu E-commerce Vender Mais

Felipe Bazon
Dicas Práticas de SEO para seu E-commerce Vender Mais

Não importa o tamanho da sua loja virtual, se você vende produtos só para um estado ou se vende para o Brasil todo. Uma coisa é certa, ela precisa de SEO e as estratégias listadas abaixo servem para qualquer tipo de e-commerce, grande, médio ou pequeno.


Desde que o varejo é varejo, um dos fatores de sucesso mais importantes, se não o mais, é a visibilidade. Lojas em ruas mais movimentadas geralmente vendem mais, espaços nos corredores mais movimentados dos shopping centers são mais caros e quanto mais chamativa a fachada maiores as chances de atrair a atenção dos consumidores.

Por que vocês acham que o McDonald's criou aquele M amarelo gigante? Por que é tão caro anunciar na Times Square em Nova York e em Picadily Circus em Londres?

Se você disse VISIBILIDADE, acertou.

Entretanto, além de caríssima, esse tipo "visibilidade" (leiam publicidade) é pouco efetiva nos dias de hoje, principalmente para um e-commerce. Pelo simples fato de que é uma estratégia de massa pouco direcionada.

Disclaimer: "Não estou aqui para discutir reconhecimento de marca e a importância de estratégias de branding para marcas globais com budgets astronômicos. O objetivo da analogia acima foi apenas contextualizar o que vem a seguir"

É aí que entra a Busca ou Search, mais em específico o SEO. Cujo conceito básico podemos definir como:

"Dar visibilidade a produtos e serviços por meio de melhora de posicionamento nos resultados orgânicos do Google e outros buscadores"

Em outras palavras, o objetivo principal do SEO é aumentar o volume de tráfego de pesquisa orgânica qualificado de Lojas Virtuais por meio da melhora de visibilidade (posicionamento) de palavras-chave relacionadas aos produtos oferecidos.

Search engine optimisation é uma das principais estratégias de marketing digital dos grandes varejos há algum tempo, e deve ser a do seu. Como vocês acham que a Amazon se tornou a quarta marca mais valiosa do mundo e o sétimo site mais visitado em todo o planeta?

Portanto, aí vão 7 dicas para melhorar a "visibilidade" do seu e-commerce.

1. Master the Basics

O SEO está em constante evolução e chegar ao topo dos resultados orgânico nunca foi tão complexo. Mas uma coisa é certa, o básico continua sendo o alicerce de uma campanha de sucesso.

Conceitos básicos de SEO

Conceitos básicos de seo para ecommerce

2. Otimize o Rastreamento

Para cada site é estipulado um orçamento de rastreamento ou crawl budget. Em outras palavras, para cada visita do Googlebot à sua loja virtual é determinado um tempo de rastreamento.

Portanto, é importante garantir que a cada rastreio o bot visite o máximo possível de páginas e que essas páginas sejam as mais relevantes. Tal técnica é conhecida como Crawl Budget Optimisation.

Como otimizar o rastreamento do Googlebot?

Começando pelo básico, o Sitemap XML deve listar todas as páginas de produtos e categorias. Para lojas com muitos departamentos é recomendada a criação de um sitemap para cada departamento. Evitem utilizar a diretiva <changefreq>daily</changefreq> e arquivos com mais de 10.000 urls.

E claro, não se esqueça de enviar o sitemap para o Google via Google Search Console.

Bloqueie páginas irrelevantes como filtros e resultados de pesquisa interna para evitar o "Index Bloating". Lembrem-se não queremos o bot desperdiçando nosso "budget" com página irrelevantes.

Analise periodicamente os logs do servidor para determinar:

  • Como e quando o Googlebot rastreou seu site?
  • Quais são as páginas rastreadas com mais frequência?
  • Quais são as áreas mais rastreadas?
  • Frequência de rastreamento?

A sugestão acima é bem avançada e requer ferramentas como SEO Log File Analyser ou Splunk e claro, acesso aos logs do servidor.

Spoiler Alert: estou participando do beta de uma nova ferramenta que permitirá analisar os logs do servidor de forma rápida, prática e bem simples.

3. Implemente Dados Estruturados

Os dados estruturados ajudam os bots a compreender com mais facilidade o contexto de uma página. Por convenção são três os tipos aceitos pelos principais buscadores:

  • Microdata

  • RDFA

  • Micrados via JSON-LD

O detalhamento de cada tipo pode ser encontrado no site https://schema.org e na documentação de apoio do próprio Google.

Além de auxiliar da contextualização de páginas os dados estruturados são utilizados para criar resultados de pesquisa mais ricos, os famosos Rich Snippets.

resultados de rich snippets com dados estruturados de produtos

Como implementar Dados Estruturados?

A implementação de dados estruturados pode ser feita de diferentes maneiras. Como por exemplo:

  • Direto no código

  • Por meio de plugins e extensões

  • Via JSON-LD

  • Via Google Tag Manager

Dados Estruturados Obrigatórios para E-commerce

4. Invista em UX

Os mais recentes estudos de fatores de ranqueamento comprovam que cada vez mais a experiência do usuário (UX) e SEO estão interligados.

Fatores como tempo de carregamento, experiência em dispositivos móveis, taxa de rejeição e dwell time têm influência direta no posicionamento orgânico de uma página. Portanto, invista em UX, seja com um profissional in-house ou com uma agência especializada.

O budget está apertado? Então, segue algumas dicas:

dicas básica de UX para lojas virtuais

5. Uma imagem vale mais que 1.000 palavras

Um dos elementos mais ignorados na otimização de uma página são as imagens. É muito comum encontrarmos e-commerces sem que nenhuma imagem de produto tenha sido otimizada.

Além de contribuir para o aumento de relevância das páginas de produtos e categorias, otimizar imagens corretamente aprimora a acessibilidade de um site. Fator que poucos sabem que o Google valora. Afinal, porque a Lighthouse avalia a acessibilidade de uma página?

A otimização das imagens de um e-commerce também contribui para o aumento de visibilidade no Google Imagens, ferramenta de busca pouco explorada em estratégias de SEO para e-commerce.

Como otimizar imagens de um e-commerce?

otimização de imagens para ecommerce

Recentemente, o Google fez algumas alterações nas diretrizes de otimização de imagens. Para os interessados segue o link: https://support.google.com/webmasters/answer/114016?hl=en

6. Produza Conteúdo que Atrai Links

Enquanto o SEO existir os links continuarão exercendo influência no posicionamento de uma página. Portanto, se você deseja ultrapassar seus concorrentes nos resultados orgânicos você vai precisar de links.

Conquistar links para lojas virtuais não é tarefa fácil. Afinal, o que eu ganho em apontar um link para sua página de produto?

O segredo está em criar links com valor editorial, ou seja, o link deve complementar a pauta em questão. Portanto, não perca tempo tentando criar links para páginas de produtos ou categorias.

No webinar "Dicas práticas de SEO para aplicar em Seu E-commerce hoje Mesmo", compartilhei algumas ideias. Se você ainda não assistiu, super recomendo.

E para uma melhor compreensão sobre link building e técnicas para conquistar os primeiros links recomendo:

https://pt.semrush.com/blog/a-unica-tecnica-de-link-building-que-voce-precisa-dominar/

https://pt.semrush.com/blog/como-conquistar-os-primeiros-links-em-um-projeto-de-seo/

7. Foque em Palavras-chave de Cauda Longa

No começo deste artigo eu disse que o principal objetivo de SEO é aumentar o volume de tráfego qualificado para lojas virtuais. Entretanto, no varejo o que é realmente importante é vender.

De nada adianta milhões de visitantes que não compram, certo?

Portanto, foquem em termos mais específicos. Em SEO essas palavras são conhecidas como palavras-chave de cauda longa (long tail keywords).

Quanto mais específico for o termo de pesquisa, maior a probabilidade de conversão. Sem contar que são menos concorridos, portanto, é mais fácil e rápido de se obter um bom posicionamento.

Há anos a ASOS, um dos maiores e-commerce de moda do Reino Unido, utiliza estratégias de palavras-chave de cauda longa para vender milhões de peças de roupas todos os anos.

Qual o segredo da ASOS?

Monitorar as tendências do mundo da moda.

E você, monitora as tendências do seu mercado?

Onde encontrar Long Tail Keywords?

Além de estar sempre ligado nas tendências do seu segmento, existem algumas ferramentas que podem te ajudar a identificar termos de busca mais específicos:

  1. Ubersuggest

  2. Keywords Everywhere

  3. Google Suggest

  4. Keyword Magic Tool

Para mais sugestões e estratégias assista o webinar "Dicas Práticas de SEO para Aplicar em seu E-commerce Hoje mesmo".

Takeaways

O básico é avançado: garanta que os conceitos básicos estejam perfeitamente implementados.

Compreenda o comportamento do bot em sua loja virtual: otimize o rastreamento e implemente dados estruturados.

Invista em UX: reduza o tempo de carregamento, busque ajuda profissional e nunca pare de testar.

Uma imagem vale mais que mil palavras: não se esqueça de otimizar as imagens dos produtos.

Popularidade e Autoridade: construa links com valor editorial.

Monitore as tendências do seu mercado.

Dúvidas ou Sugestões? Utilizem os comentários, eu sempre respondo todos.

Boas vendas!

Gostou desta postagem? Siga-nos no RSS e leia mais postagens interessantes:

RSS
Sócio na agência de Marketing Digital Hedgehog Digital onde atua como Direto de SEO e Content Marketing. Desde 2015 listado entre os top 3 SEOs do Brasil, tendo ganho o prêmio no mesmo ano. Há mais de 10 anos apaixonado por SEO, Content Marketing e Marketing Digital em geral. Já liderou mais de 100 projetos de SEO e Content Marketing em empresas no Brasil, Reino Unido e Europa.
Compartilhar esta postagem
or

Comentários

2000 caracteres restantes
Rebeca Costa
Adorei o artigo Felipe!
Quando você mencionou a Times Squade ou Picadily Circus, pensei automáticamente em quanto dinheiro as empresas pagam para anunicar na hora de jogos da Copa ou do SuperBowl. Afinal, é muito raro ter um canal que junta tanta gente hoje em dia... a não ser que esse canal seja o Google!
Muito bom conteúdo :)
Ótimo post. Agradecido! Mas porque evitar o changefreq>daily? Abs.
Felipe Bazon
DANIEL BERTI
Daniel,

Essa diretiva não é utilizada pelo Google, ou seja, não serve para nada.

Para saber mais sobre sitemap.xml dá uma lida na documentação do Google: https://support.google.com/webmasters/answer/183668?hl=pt-BR