Envie um artigo
Ir ao blog

Dicas de Marketing de Conteúdo Entrevista com Ann Handley

...
Wow-Score
coletando agora
A pontuação Wow-Score mostra o quão atrativa é uma postagem de blog. É calculada com base na relação entre o tempo de leitura de usuários ativos, a velocidade de rolagem e o tamanho do artigo.

Dicas de Marketing de Conteúdo Entrevista com Ann Handley

This post is in Português
Alicia Rodríguez Ruiz
This post is in Português
Dicas de Marketing de Conteúdo Entrevista com Ann Handley

Quando pensamos em uma internacional para falar sobre marketing de conteúdo, um dos primeiros nomes que vem à mente é o da entrevistada de hoje.

Tive a sorte de conhecer pessoalmente a Ann Handley há alguns anos em uma conferência no Brasil, onde também participei como palestrante, evidentemente anos-luz de distância dela.

Em sua palestra, essa mulher conseguiu ganhar a sala de mais de 3 mil pessoas que não piscaram para não perder detalhes de tudo o que ela disse.

Eu saí de sua palestra tremendamente motivada por muitas razões, mas, acima de tudo, porque Ann já naquela época deixou claro algo em que eu acreditava e que com o tempo continua sendo uma espécie de mantra.

Não é uma questão de quantidade, mas de qualidade.

Quem é Ann Handley?

Além de especialista em marketing digital e marketing de conteúdo, Ann é uma das autoras mais vendidas do Wall Street Journal.

Sua paixão pelo marketing levou a IBM a ter nomeado ela como uma das sete figuras mais importantes do marketing moderno.

E de acordo com a citação Forbes, é uma das mulheres mais influentes nas Mídias Sociais e ForbesWoman colocou a Ann entre top-20 principais blogueiras mulheres.

Responsável pelo marketing de conteúdo na Marketingprofs, uma empresa com mais de 600.000 assinantes, Ann ajuda seus clientes a alcançar resultados tangíveis, fugindo de conteúdo medíocre.

Um desafio que faz mais sentido no momento atual do marketing de conteúdo.

Escritora de publicações e livros, que foram traduzidos para 19 idiomas, incluindo turco, coreano, italiano, chinês e japonês.

Preview: Guia Prático de Marketing de Conteúdo com Base em Dados

O marketing de conteúdo tornou-se uma parte essencial de qualquer estratégia de marketing digital bem-sucedida. No entanto, muitos profissionais de conteúdo ainda não têm certeza da melhor maneira de criar conteúdo de alta qualidade. Tendo realizado pesquisas com especialistas de todo o mundo e formalizado o fluxo de trabalho padrão de profissionais de marketing de conteúdo, nós da SEMrush podemos afirmar...

Obtenha PDF gratuito

Em relação às suas redes sociais, devemos dizer que elas brilham com luz própria e só no Twitter ela tem mais de 439 mil seguidores.

Ann pode se gabar de que seus comentários sobre marketing digital aparecem em tais mídias como Entrepreneur Magazine, Think Marketing, Inc. de IBM, Mashable, Huffington Post, American Express, NPR e Wall Street Journal.

De seu pequeno e aconchegante escritório anexo a sua casa em Boston, ela compartilha a sua experiência e dicas.

Ao longo desta entrevista, podemos aproveitar a oportunidade para tomar nota dos seus comentários e suas opiniões sobre marketing de conteúdo.

Quer aprender com a Ann?

Leia este post até o final!

Marketing de conteúdo com base na experiência de Ann Handley - Entrevista

Nos EUA, a implementação do marketing de conteúdo está em um estágio muito mais maduro por um longo tempo em comparação com outros países. Por exemplo, na Espanha, ainda existem muitas empresas que não enxergam os benefícios do marketing de conteúdo. Com que argumentos você acha que eles poderiam ser convencidos?

O marketing de conteúdo não é apenas um esforço americano: empresas globais adotaram a abordagem, o marketing de conteúdo está sendo usado em viagens e turismo na Espanha e algumas empresas espanholas estão ativas em redes sociais.

Uma que me vem à mente é a Barcelona Activa, que tem um sólido programa de marketing de conteúdo e uma presença ativa nas redes sociais.

Algo que devemos lembrar é o seguinte: marketing de conteúdo não é algo novo.

Tudo o que está sendo publicado ou produzido em marketing já é algum tipo de "conteúdo".

Por exemplo, a maioria das empresas cria um newsletter para o cliente, algumas optam por fazer versões impressas, outras enviem por email.

Mais sobre isso Topic Cluster ou conteúdo pilar - maneira inteligente de organizar conteúdo do seu blog Postagem Paulo Augusto Sebin Marketing de Conteúdo com Base em Dados: Apresentando a Abordagem da SEMrush Postagem Olga Smirnova Auditoria de Conteúdo - Como utilizar seus conteúdos de forma otimizada e estratégica Webinar gravado em  Mar 29, 2018 [Pesquisa da SEMrush]: 15 Boas Práticas de Otimização de Conteúdo Postagem Ksenia Bounina

Isso também é conteúdo.

Você está no Facebook ou no Instagram?

Isso também é conteúdo.

É claro que, em 2019, há uma maior urgência em fazer um bom (melhor) marketing de conteúdo.

Em 2019, adotar uma abordagem centrada em conteúdo para suas ações de marketing significa simplesmente que você deve publicar ou produzir informações que atendam primeiro às necessidades do seu público.

O marketing que você faz deve ter valor informacional, educacional e seus clientes devem gostar dele.

Podemos deduzir que a melhor maneira de se conectar com os clientes não é simplesmente promover produtos.

Em vez disso, o marketing de conteúdo é uma oportunidade para o seu cliente saber por que ele deveria se importar com o que você faz ou vende.

Seu marketing de conteúdo deve oferecer informações que sejam tão sólidas e úteis que o cliente possa confiar em sua marca.

E lembre-se que a confiança é a base da lealdade.

À primeira vista, o gráfico de produção de conteúdo e consumo do mesmo mostra um desequilíbrio perturbador entre os dois conceitos. Como você acha que as empresas podem resolver o problema premente de choque de conteúdo ou fadiga de conteúdo?

O mundo não precisa de mais conteúdo, ele precisa de um conteúdo melhor.

Muitas empresas pensam em seu conteúdo online como se fosse um jogo de quantidades.

Evidentemente, não é.

É, de longe, muito melhor empenhar-se em fazer bem uma ou duas coisas e procurar crescer a audiência desta maneira, que fazer muitas coisas pela metade ou não fazê-las bem.

Há aqueles que argumentam que as peças de conteúdo "tradicional", como artigos de blog, estão em declínio. Você concorda com essa afirmação?

De jeito nenhum! Pelo menos de acordo com uma recente pesquisa de marketing de conteúdo conduzida pela MarketingProfs e The Content Marketing Institute:

Benchmarks, orçamentos e tendências de marketing de conteúdo B2B para 2019 - América do Norte da MarketingProfs

A pesquisa mostra que 61% das empresas B2B na América do Norte estão investindo mais em conteúdo digital escrito, incluindo blogs, do que há um ano (imagem 1).

E mais, muitos deles também estão produzindo o que conhecemos como conteúdo longo (imagem 2).

Portanto, a tendência é de não se afastar dos blogs ... O que eu acredito é que há uma tendência clara em direção a conteúdos de maior qualidade, mais significativos, com mais valor e de todos os tipos.

Insisto mais uma vez: não é uma questão de mais conteúdo, é uma questão de MELHOR conteúdo!

marketing-de-contenidos-tipos-de-contenidos.png

tips-de-marketing-de-contenidos-encuesta.png

Mais sobre isso: aqui eu escrevi sobre as tendências para formatos de conteúdo longo e storytelling.

Na sua opinião, é importante seguir as diretrizes definidas pelo Google em relação ao conteúdo e às intenções de pesquisa? Devemos segui-las ao pé da letra ou podemos fazê-lo de maneira menos rigorosa e mais relaxada?

É muito difícil seguir as diretrizes do Google ao pé da letra.

Mas, se você se apoiar nelas e tentar cumprir os princípios fundamentais, não deve ter problemas.

As diretrizes do Google podem mudar de um momento para outro e sem aviso prévio, por isso é importante entender quais são os princípios por trás dessas diretrizes e agir de acordo com eles, em vez de seguir as leis em si.

3 dicas rápidas para marketing de conteúdo em 2019.

Aqui estão as 3 dicas: newsletters, newsletters e newsletters!

A grande maioria das empresas está perdendo a oportunidade de criar bons newsletters para envios por e-mail.

Trate sua programação de boletins informativos por e-mail como a flor rara de valor precioso.

A flor que precisa de toda a sua atenção regularmente.

Espere, eu sei o que você está pensando, e-mail?

Estamos em 1999 ou em 2019?

Não estamos na era da IA (inteligência artificial), do Facebook live e do vídeo?

Deixo abaixo minhas razões para acreditar que o poder das newsletters será ainda maior em 2019.

1. Um newsletter é o único lugar onde os indivíduos, e não os algoritmos, têm controle.

Então, o marketing pode aproveitar esse espaço pessoal.

2. A maioria das empresas usam o newsletter como estratégia de distribuição.

O que aconteceria se, em vez de nos concentrarmos nas notícias (o que queremos dizer), focalizaremos a própria comunicação da newsletter (o que nossos clientes precisam de nós)?

Em janeiro, eu re-lancei meu newsletter pessoal (annhandley.com/newsletter) como uma maneira de falar diretamente com meu público.

Essa ação me ensinou muito sobre o que funciona e o que não funciona em conteúdo e marketing, pois acredito que as melhores newsletters também são uma espécie de representante para um marketing melhor em 2019.

Crie conteúdo SEO-friendly

Idéias para estar entre os 10 melhores resultados

Digite o seu domínio (ex. www.exemplo.com)

Anotou tudo o que esse grande profissional de marketing de conteúdo compartilhou conosco? Que dica te pareceu mais interessante?

Alicia es Content Strategist para España y LATAM de SEMrush, asesora de marketing de contenidos, responsable de la gestión de SoMeChatES y cofundadora de Syndicali. También es docente y speaker.
Compartilhar esta postagem
or

Comentários

2000 caracteres restantes

Enviar feedback

Your feedback must contain at least 3 words (10 characters).

Só vamos utilizar este email para te enviar a resposta para o seu feedback. Política de Privacidade

Thank you for your feedback!

Community Ranking System

Our SEMrush community rank reflects the level of your professional recognition in our community. We value quality contributions, so highly ranked members will get valuable incentives. Take part in discussions, write posts and speak on webinars, be friendly and helpful, and you will eventually get to the top of the ladder.

  • Newcomer
    Either just recently joined or is too shy to say something.
  • Enthusiast
    Occasionally takes part in conversations.
  • Helper
    An experienced member who is always happy to help.
  • Master
    A veteran community member.
  • Pro
    Asks great questions and provides brilliant answers.
  • Expert
    Provides valuable insights and adds depth to the conversation.
  • Guru
    A bearer of digital marketing wisdom.
  • Superstar
    Knows everything… well, almost.
  • Legend
    Getting here is not easy at all!