Envie um artigo
Ir ao blog

A única técnica de Link Building que você precisa dominar

82
Wow-Score
A pontuação Wow-Score mostra o quão atrativa é uma postagem de blog. É calculada com base na relação entre o tempo de leitura de usuários ativos, a velocidade de rolagem e o tamanho do artigo.
Saiba mais

A única técnica de Link Building que você precisa dominar

Felipe Bazon
A única técnica de Link Building que você precisa dominar

Felipe Bazon desmitifica uma das técnicas mais complexas e controversas do SEO com uma dica atemporal para conquistar links de qualidade sem infringir as diretrizes de qualidade do Google.

Para quem nunca ouviu falar de link building, sugiro que leiam os artigos abaixo antes de continuar:

Construa links como se o Google não existisse

Essa é a dica, construa links como se o Google não existisse. Simples, não é?

Ao contrário do que muitos pensam, Link Building é mais antigo que SEO. Eric Ward uma das maiores autoridades no assunto começou fazendo links para promover empresas online como a Amazon anos antes do Google existir.

Sem a necessidade de passar “PageRank” esses links tinham que levar visitas qualificadas aos sites, o famoso tráfego de referência. De acordo com Eric, esse tipo de link é o mais importante para uma estratégia de SEO, pelo simples fato de que eles são construídos pensando em gerar tráfego e não em “agradar” o Google.

Os diferentes tipos de links

Antes de falarmos como e onde encontrar esses links é preciso conhecer os diferentes tipos que existem. Ward classifica-os em três categorias (a quarta é de minha autoria):

  • Links que ajudam no branding

Alguns portais de notícias até incluem o link, mas utilizam o atributo rel=nofollow, esse link não exerce influência alguma no posicionamento orgânico da página que o recebe. Mas, ser mencionado em uma Folha ou Estadão aumenta consideravelmente o reconhecimento da marca.

Link NoFollow na Folha de São Paulo

  • Links que ajudam no posicionamento

São aqueles de toda a vida, em um site relevante, de boa autoridade, com a palavra-chave no texto âncora e sem o atributo re=nofollow.

Link que ajuda no poscionamento

  • Links que geram tráfego

Como o próprio nome já diz, são links que geram visitas oriundas de sites onde o link foi inserido.

Link que gera tráfego

tráfego de referência Tecmundo

  • Links que atendem todos os critérios acima

Sim é possível conquistar links que ajudem no branding, no posicionamento e de quebra gerem tráfego de referência. O exemplo abaixo é um deles:

Link que atende todos os critérios acima

Agora que já conhecem os diferentes tipos de links, vamos falar de como e onde encontrá-los.

Defina Clusters e Personas

Assim como em um projeto de marketing de conteúdo, o sucesso de uma campanha bem-sucedida de conquista de links começa com a definição dos clusters e personas do público-alvo para o qual vão escrever.

Para quem ainda não sabe o que são clusters e personas recomendo esse artigo aqui “Público-alvo, cluster e persona. Você sabe a diferença?”.

O takeway aqui é identificar onde e como seu público-alvo consome conteúdo. São nesses sites, portais e blogs que vocês devem tentar conquistar links.

Identifique portais, blogs e sites com bastante audiência

Não preciso nem dizer que esses portais devem ser relevantes ao seu negócio ou de seus clientes. Ter bastante audiência é o mesmo que ter altos volumes de acessos, o ideal é considerar todas as fontes tráfego, mas eu costumo olhar apenas os volumes de acessos orgânicos e pagos, ao meu ver isso já suficiente para definir se o site tem uma boa visitação.

Para tal, utilizo a ferramenta de análise de domínio da SEMrush.

Análise de tráfego SEMRUSH

O link tem que ter valor editorial

Conquistar links em grandes portais de notícias não é tarefa fácil, mas se o link tiver valor editorial as chances de conquista aumentam. Basicamente funciona assim, jornalistas devem sempre referenciar suas fontes, portanto, faça com que o link se torne uma fonte de referência no conteúdo. Com isso sua inclusão passa a ser obrigatória.

No exemplo abaixo, como o leilão ocorreria online a inserção do link para o site em questão complementa a matéria fazendo com que o link tenha valor editorial.

Link Editorial

Analise campanhas de display

Analisar o tráfego proveniente de campanhas de display é outra forma de identificar sites com potencial para conquistar links que podem gerar tráfego de qualidade.

É importante ressaltar que não basta apenas selecionar os canais que mais geram acessos, é essencial analisar o engajamento. Para isso, analisem a taxa de rejeição, tempo médio por visita e quantidade de páginas por visita.

Análise de tráfego de display

Treinamentos para assessoria de imprensa

Assessorias de imprensa são grandes aliados das equipes de link building ou pelo menos devem ser. Por isso uma das primeiras tarefas que executamos ao começar um projeto de SEO é ministrar um treinamento para a assessoria, caso o cliente disponha de uma.

Esse treinamento não precisa ser complexo, o importante é ressaltar a importância do link, como e onde inseri-lo em um release e apresentar algumas estratégias de comunicação para que o link seja mantido no release.

Keep calm e Follow-up

Apesar do treinamento, nem sempre os assessores de imprensa irão “brigar” pelo link. Até porque não é obrigação deles, o que eles têm que fazer é conquistar a inserção da matéria no veículo.

É então que entra o trabalho de monitorar as menções à marca e fazer o follow-up com as publicações que não inseriram o link. Lembrem-se de alinhar essa comunicação com a assessoria para evitar contratempos. Garantam o aval deles e do cliente para poderem entrar em contato com os veículos.

Conclusão

Esqueça o Google quando estiver fazendo link building, foque na comunicação com o público-alvo e no potencial que um site tem em gerar tráfego de referência. Fazendo isso vocês nunca mais terão que se preocupar com Pinguins, Pandas ou qualquer outro animal do zoológico de atualizações do Google.

Para aprender mais técnicas de link building não deixe de se inscrever no meu próximo webinar: Como conquistar mais de 100 links por mês sem pagar nada por eles

E você, quias técnicas usa para conseguir links para o seu site? Compartilhe nos comentários!

Gostou desta postagem? Siga-nos no RSS e leia mais postagens interessantes:

RSS
Sócio na agência de Marketing Digital Hedgehog Digital onde atua como Direto de SEO e Content Marketing. Desde 2015 listado entre os top 3 SEOs do Brasil, tendo ganho o prêmio no mesmo ano. Há mais de 10 anos apaixonado por SEO, Content Marketing e Marketing Digital em geral. Já liderou mais de 100 projetos de SEO e Content Marketing em empresas no Brasil, Reino Unido e Europa.
Compartilhar esta postagem
or

Comentários

2000 caracteres restantes
Muito bom! estou começando no SEO agora e com essas dicas irei melhorar bastante. Obrigado, Felipe!
Felipe Bazon
Michael Chagas
Fico contente que gostou Micheal, se precisar de mais dicas é só me mandar uma mensagem no twitter @felipe09, sempre que sobra um tempinho estou por lá.
Esse rapaz saca muito de SEO. Parabéns pelo artigo, simples e direto para um tema que gera muitas dúvidas.
Carolina Peres
Ótimo artigo. Parabéns pela didática ao escrever e explicar. O segredo é: simplificar. Você fez isso de maneira memorável!
Felipe Bazon
Carolina Peres
Valeu Carol, obrigado também por validar algumas ideias, tipo aquela dos links NoFollow.

Enviar feedback

Your feedback must contain at least 3 words (10 characters).

Só vamos utilizar este email para te enviar a resposta para o seu feedback. Política de Privacidade

Thank you for your feedback!