pt
English Español Deutsch Français Italiano Português (Brasil) Русский 中文 日本語
Envie um artigo
Ir ao blog

1º Coffee Break SEMrush apresenta novidades e esclarece dúvidas de usuários em São Paulo

...
Wow-Score
coletando agora
A pontuação Wow-Score mostra o quão atrativa é uma postagem de blog. É calculada com base na relação entre o tempo de leitura de usuários ativos, a velocidade de rolagem e o tamanho do artigo.

1º Coffee Break SEMrush apresenta novidades e esclarece dúvidas de usuários em São Paulo

Betto Alves
1º Coffee Break SEMrush apresenta novidades e esclarece dúvidas de usuários em São Paulo

A fim de estreitar os laços com os usuários brasileiros e promover o networking, a SEMrush reuniu, na manhã da última terça-feira, dia 28 de agosto, em São Paulo, alguns profissionais de empresas que utilizam as ferramentas da marca para apresentar as novidades e atualizações que já podem ser incorporadas as estratégias de concorrência e conteúdo. Os participantes tiveram a oportunidade de esclarecer dúvidas diretamente com a equipe de vendas, que fica na Rússia, e com o responsável pelo atendimento ao suporte técnico, que atualmente está nos Estados Unidos. 

whatsapp-image-2018-08-28-at-122012.jpegEmpresas convidadas para o primeiro Coffee Break SemRush Brasil

Participaram do encontro colaboradores da WMcCann, agência de publicidade focada na satisfação do cliente; da Compre Clicks, agência de Marketing Digital com foco em performance; da XP Investimentos, corretora de valores; e da Acesstage, especialista em conectividade financeira. A proposta da SEMrush para o Coffee Break foi de se conectar com os clientes e entender as necessidades das empresas brasileiras.

Novidades e atualizações da SEMrush

Os profissionais receberam, em primeira mão, diversas atualizações que já estão disponíveis em uma série de ferramentas da SEMrush, como a de Análise de Tráfego, Backlink Audit, Keyword Magic, Auditoria do Site, Brand Monitoring, PPC Keyword Tool, Auditoria de Conteúdo, SEO Writing Assistant, Topic Research, e na funcionalidade Projetos.

Na ferramenta de Análise de Tráfego, a SEMrush adicionou dados de tráfego mobile, já na Análise de Backlinks, que conta com a maior base de dados do mercado - 8 trilhões de backlinks - foi incluída uma nova métrica: Authority Score = Trust score + Page score + Domain Score + outros dados. No dispositivo Backlink Audit, é possível gerar relatório “Target URL error” que permite encontrar todos os links para páginas quebrados ou páginas com erros, e assim melhorar a experiência do usuário em um site.

A SEMrush também aumentou a base de dados de palavras-chave na Keyword Magic - 7,7 bilhões de palavras-chave (base brasileira - 800 milhões).

Agora, é a ferramenta com maior base de palavras-chave no mercado.

Além disso, nela também acontece a coleta de dados sobre perguntas-chave, que mostra qual a pergunta utilizada pelos internautas ao pesquisar informações sobre uma palavra-chave no buscador.

Na ferramenta de Auditoria de Sites, o tamanho de sitemaps analisados aumentou de 2 Mb para 50 Mb, também é possível analisar 1 url a cada 2 segundos evitando lentidão no site durante a auditoria (Crawl-delay). Foram adicionados ainda relatórios de links internos que ajudam a configurá-los, otimizando o site para usuários e bots do Google e identificando links quebrados; e os relatórios de desempenho que informam a velocidade do site, peso da página HTML, uso de Java, CSS e outras métricas levados em consideração, como fator de ranqueamento, pelo Google.

A partir de agora, na Ferramenta de Brand Monitoring, há a possibilidade de rastrear menções de sites ou blogs específicos, e na PPC Keyword Tool foram adicionadas métricas mais precisas de palavras-chave locais e regionais, assim é possível ter resultados específicos para um estado ou uma cidade.

Já na ferramenta de Auditoria de Conteúdo, houve a integração com Google Analytics e Google Search Console para oferecer dados ainda mais abrangentes. Com estas novidades, será possível analisar os dados de interação do público com um artigo (tempo no site) e ainda descobrir as consultas de pesquisa para quais um artigo ranqueia bem, a fim de descobrir as palavras-chave de melhor desempenho.

Um lançamento que promete ajudar os usuários da SEMrush na produção de conteúdo é a ferramenta SEO Writing Assitant. Ela permite analisar os textos que estão sendo criados e oferece sugestões de otimização em tempo real. A novidade é um Add-on para Google Doc que avalia o uso das palavras-chave no texto, ajuda a evitar canibalização; indica as palavras-chave que são negligenciadas e ainda indica o comprimento recomendado do texto. Com ela, ainda dá para descobrir um possível plágio. O mais interessante é que ela trabalha com base nas informações dos conteúdos dos concorrentes que estão ranqueando bem no Google.

E para completar, o dispositivo Topic Research agora apresenta o recurso para descobrir os temas “quentes” (trending topics). Ele também permite verificar se um domínio analisado já tem algum conteúdo sobre o tema escolhido, evitando conteúdos duplicados ou analisando a abordagem do tema usado por concorrentes. Para finalizar a apresentação das novidades, agora, todas as ferramentas da parte de Projetos permitem compartilhar o projeto e os relatórios.

Novas ações de marketing on e off da SEMrush

A SEMrush também começou recentemente a realizar várias ações de marketing para se aproximar do público brasileiro a fim de entender melhor as necessidades dos usuários. No mês de agosto, aconteceu o 1º Meetup SEMrush, em São Paulo, que reuniu mais de 100 participantes com a presença de profissionais de Marketing Digital, como Camilo Coutinho, Sara Zimmermann, Thiago Cazzaro e Juliano Kimura. O Coffee Break, realizado no último dia 28, também faz parte dessas ações.

Tanto o Meetup, quanto o Coffee Break, vão se repetir em outros estados brasileiros, como Rio de Janeiro e Belo Horizonte, em setembro e outubro, respectivamente.

whatsapp-image-2018-08-28-at-122015.jpegNovidades nas ações de marketing na SEMrush Brasil

Entre as ações em mídias sociais, a chegada da SEMrush Brasil ao Linkedin, com dados, cobertura de eventos, artigos e muito mais, foi destaque na apresentação do Coffee Break. O objetivo é promover a interação com os fãs brasileiros da SEMrush, fazendo com que os usuários das ferramentas sugiram conteúdos, envie fotos, vídeos e textos. 

Perguntas e respostas

Pergunta – Compre Clicks: Atualmente, fazemos um cruzamento de dados entre posicionamento de palavra-chave e volume de buscas para chegar a uma palavra-chave que se adeque as necessidades do cliente (produto que ele quer vender) e a busca que os consumidores costumam fazer no Google. Queria saber se tem alguma outra informação que podemos usar para agregar a essa análise de palavras-chave?

Resposta Suporte: Quando você está procurando conteúdo em relação a palavra-chave, temos a ferramenta Keyword Analyser, dentro do Keyword Magic Tool, em que você pode verificar as chances de cliques ao utilizar uma palavra-chave.

Pergunta XP Investimentos: Quando eu preciso exportar um arquivo com 30 mil Keywords é extremamente lento. Tem como otimizar isso?

Resposta Suporte: A melhor forma de fazer isso sem atraso é utilizando o API da SEMrush. A programação dentro dos filtros exige muito dos servidores, e quando você faz uma filtragem e faz a exportação de uma lista de médio porte pode demorar muito, devido ao tamanho do nosso banco de dados. Estamos trabalhando para encontrar uma solução e, em breve, esperamos ter uma resposta. Enquanto isso, você pode entrar em contato com o suporte caso tenha alguma dificuldade, mas, vale lembrar que só é possível fazer updates até 20 mil keywords ou domínios para fazer exportação.

Pergunta Compre Clicks: Queria entender como a ferramenta colhe alguns dados. Entendo que a SEMrush trabalha com dados de estimativa, diferente do um Google Analytics, que é amostral, mas gostaria de entender os dados de audiência que a ferramenta traz, como projeção de tráfego. Como vocês conseguem trazer estes números?

Resposta Suporte: A projeção de tráfego vem de dados coletados e fornecidos por empresas parceiras da SEMrush, que são projetados dentro do nosso algoritmo, que é uma fórmula secreta. São amostras que temos do mercado. Como são dados estatísticos, há a curva do erro, que é o máximo que podemos chegar dentro do aceitável e o mínimo. Então, quanto maior é o domínio ou a palavra-chave pesquisada, mais próximo da realidade vai ser este dado. A proposta da SEMrush é que o usuário possa fazer uma pesquisa em cima da concorrência e estar sempre um passo à frente deles.

Pergunta Compre Clicks: Por que o volume de buscas dentro da ferramenta da SEMrush tende a ser maior do que em outras ferramentas?

Resposta Suporte: Como a fórmula da SEMrush é diferente de outras ferramentas, a análise trará um valor um pouco diferente das demais. Mesmo dentro da , os valores podem mudar, no Keyword Magic Tool a atualização muito mais rápida (praticamente momentânea) do que o Keyword Analyser, no qual é uma atualização programada.

Pergunta Compre Clicks: Como vocês fazem a base de cálculo do Domain Autorit? Sei que vocês têm um score, queria saber como funciona.

Resposta Suporte: Bom, quanto maior o número melhor. Em geral, são fórmulas que nenhum colaborador da SEMrush ele vai saber indicar. É segredo e não temos acesso a esta informação. O que eu posso dizer é que leva em consideração os dados de tráfego sobre o domínio, da mesma maneira, se a gente tem alguma informação daquele backlink que está sendo filmado, e também daquele site de onde está surgindo o backlink. Também é considerado o número de backlinks que possui, número de domínios de referência. Tudo isso é levando em conta para que seja projetado no algoritmo. Quanto maior o score melhor.

Pergunta Compre Clicks: Temos dificuldade em fazer pesquisa de palavras-chave em volume.  Hoje, temos que pesquisar uma por uma. Existem alguma outra possibilidade?

Resposta Suporte: A primeira ferramenta que eu penso quando a pessoa fala em informação de várias palavras-chave de uma vez só é o API, mas para isso é preciso ter conhecimento técnico suficiente para saber trabalhar com essa opção. Nós temos uma outra ferramenta que procura várias palavras-chave ao mesmo tempo, até 100, que é o Keyword Dificult Tool. E, por último, você pode entrar em contato conosco e solicitar um Customer Report, que é um relatório customizado que traz as informações de várias palavras-chave (sem limite), mas, isso é cobrado à parte.

Pergunta Compre Clicks: Quais as vantagens de trabalhar com API?

Resposta Suporte: A primeira coisa para se trabalhar com API é o conhecimento técnico. Se você terceirizar, você precisa tomar muito cuidado, pois a pessoa vai usar créditos que podem gerar um custo. Trabalhar com API é bom porque traz os dados exatamente como você quer, ou seja, você não fica limitado a interface gráfica da SEMrush. É um acesso livre ao nosso banco de dados. No Brasil, temos muitas pessoas trabalhando com o API da SEMrush. Além de não ter as limitações da interface, o resultado também é imediato, pois você vai fazer um “call”, coloca as informações que precisa e, em menos de um minuto, terá a resposta. A cobrança do API é feita por tipo de call, cada uma tem um valor de unidades de crédito, que é cobrado por linha de resposta. Você compra os créditos com a equipe comercial e o cálculo de cada call é feito automaticamente na ferramenta.

Pergunta XP Investimentos: Vocês teriam um “Trial” para que a gente pudesse testar o API?

Resposta Vendas: Sim, basta entrar em contato com a equipe de vendas que o trial será liberado.

Betto Alves
Profissional

Faz ótimas perguntas e fornece respostas brilhantes.

Apaixonado por comunicação, audiovisual, eventos e o universo do marketing em geral. Sou responsável pelas ações on e off da SEMrush no Brasil, atuando de forma remota.
Compartilhar esta postagem
or

Comentários

2000

Enviar feedback

Your feedback must contain at least 3 words (10 characters).

Só vamos utilizar este email para te enviar a resposta para o seu feedback. Política de Privacidade

Thank you for your feedback!