pt
English Español Deutsch Français Italiano Português (Brasil) Русский 中文 日本語 한국어 Tiếng Việt
Acessar o Blog
Amanda Milligan

10 Maneiras de melhorar o SEO em 2021 e impulsionar seu ranking

...
Wow-Score
coletando agora
A pontuação Wow-Score mostra se uma postagem de blog gera envolvimento. É calculada com base na relação entre o tempo de leitura ativa dos usuários, a velocidade de rolagem e o tamanho do artigo.
Esta postagem está em Português
Amanda Milligan
Esta postagem está em Português
Maneiras de Melhorar o SEO

Com mais de 3,5 bilhões de pesquisas no Google por dia, para ter uma posição alta o suficiente para que os visitantes potenciais encontrem o seu conteúdo, você precisa seguir as regras do Google. Uma das melhores maneiras de garantir que você está aproveitando todo o potencial do seu conteúdo é melhorar seu desempenho de otimização para o mecanismo de pesquisa ( SEO ). 

No mundo atual, orientado por dados, as organizações precisam de uma maneira de analisar e interpretar o desempenho de seus esforços de SEO para permanecer à frente da concorrência. Para conseguir isso, 73% dos profissionais de marketing usam ferramentas de SEO para melhorar o conteúdo e as posições dele no Google. Fazendo pequenas modificações no conteúdo do seu site, você pode melhorar a probabilidade de receber tráfego orgânico. 

Este artigo vai mostrar como fazer o trabalho de SEO melhor em 2021 e ter uma posição mais elevada no Google. Vamos explicar 10 táticas para melhorar o SEO este ano:

Tenha Ideias de Estratégia e Conteúdo

com On Page SEO Checker

Digite o seu domínio (ex. www.exemplo.com)

1. Use um programa com integração ao Google Analytics para monitorar métricas

O melhor passo que você pode dar para melhorar seu SEO em 2021 é entender o Google Analytics. O Google Analytics é uma ferramenta útil para entender seu site, para que você possa tomar decisões inteligentes com base em dados. As métricas ajudam a entender como você está ranqueando e como é o seu público, para que você possa organizar melhor o conteúdo para eles. 

A longo prazo, o Google Analytics pode ser uma ótima ferramenta para alcançar melhor seus clientes. Algumas das métricas que ajudam a aprender mais sobre os visitantes do seu site incluem: 

  •  Quais navegadores eles estão usando: o Google Analytics pode fornecer dados importantes sobre quais navegadores seus clientes estão usando. Isso vai ajudar a melhorar a experiência deles adaptando o design para os navegadores mais usados. 

  • Os dispositivos mais populares usados ​​para visitar seu site: da mesma forma que conhecer os navegadores que seus clientes usam, saber quais dispositivos eles usam pode ser útil. Certos sites têm mais usuários móveis do que usuários de desktop ou vice-versa. Compreender as métricas do seu site permite criar conteúdo personalizado para o tamanho de tela mais comumente usado, melhorando a experiência do usuário. 

  • Tráfego de referência: o Google Analytics também fornece dados sobre a origem dos visitantes do seu site. Você pode usar esses dados para ver quais plataformas de mídia social seus espectadores estão usando para chegar ao seu site. Essas informações são úteis quando você paga por campanhas publicitárias em mídias sociais. 

  • Informações sobre a sua concorrência: o Google Analytics também oferece informações sobre o tráfego da concorrência. Esses dados podem ser úteis ao decidir como melhorar seu conteúdo e superar os concorrentes. 

O Semrush se integra ao Google Analytics e ao Google Search Console para que você possa gerar e analisar todos seus relatórios em um lugar só. 

2. Identifique páginas de baixo desempenho e atualize-as com conteúdo novo que as pessoas vão querer ler

Os profissionais de marketing de conteúdo que desenvolvem conteúdo que ocupa as melhores posições têm uma coisa em comum: eles oferecem tópicos de conteúdo envolventes aos leitores. Profissionais de marketing de conteúdo bem-sucedidos acompanham tendências e tópicos em alta para obter ideias de conteúdo, o que significa que você vai ter que revisitar o conteúdo de baixo desempenho em algum momento. 

Oferecemos a Ferramenta Content Audit  que pode ajudar a identificar conteúdo de baixo desempenho rapidamente por meio de uma variedade de pontos de dados, incluindo: 

  • Quantidade mínima de backlinks 

  • Baixo número de compartilhamentos sociais 

  • Páginas mais velhas

  • Conteúdo raso (com baixa contagem de palavras) 

  • Baixo tráfego orgânico 

Depois de identificar as páginas que precisam de melhorias, pense em novas palavras-chave para segmentar. Usando a nossa Ferramenta Topic Research, você vai obter "cartões de conteúdo" que podem ajudar a identificar quais ideias de conteúdo geram maior volume de pesquisa. 

Topic Research Semrush

Isso pode diminuir a quantidade de tempo gasto com a criação de conteúdo e garantir que o trabalho que você colocar nele será recompensado. A criação de um plano de conteúdo eficaz com base nos interesses do seu público ajuda a melhorar o engajamento do público.

Ao criar seu plano de marketing de conteúdo, identifique o tipo de conteúdo que vai repercutir mais no caso de seu público. A partir daí, você pode analisar os títulos que ficariam bem com esse tópico e se há tópicos derivados que você pode aproveitar. 

Alguns profissionais de marketing de conteúdo consideram os mapas mentais úteis. Para pessoas visuais, usar um mapa mental pode ajudar a apresentar todas as ideias de tópicos potenciais e a criar tópicos maiores que podem ser desenvolvidos em peças complementares menores. Às vezes, visualizar seu plano de conteúdo pode ajudar a entendê-lo completamente. 

Mind Map exemplo Esportes de Aventura

3. Crie conteúdo com base em uma palavra-chave principal e palavras-chave secundárias relevantes

Pesquisar palavras-chave para o seu conteúdo ajuda a desenvolver a estrutura do seu artigo e permite que você entenda o que seu público gosta de ler. Entender quais palavras-chave são melhores para seu público-alvo e tipo de conteúdo pode ajudar você a  construir uma estratégia de conteúdo para impulsionar o SEO

A escrita compatível com o Google demonstra um equilíbrio entre palavras-chave e linguagem do dia a dia. Isso significa que seu conteúdo precisa ser escrito de forma que flua naturalmente. Palavras-chave devem surgir naturalmente em seu conteúdo, evite colocá-las de propósito. Uma maneira de fazer isso é identificando palavras-chave semanticamente relacionadas à sua palavra-chave alvo principal. 

Nossa Ferramenta Keyword Magic Tool permite pesquisar palavras-chave relacionadas à sua palavra-chave semente. Você vai ver o grau de relação entre as palavras-chave e seu volume de pesquisa para ajudar a entender se é algo que vale a pena ser adicionado ao seu conteúdo. 

Como fazer sorvete palavras-chave

Também oferecemos uma análise de perguntas relacionadas à sua palavra-chave semente. Muitos profissionais de marketing obtiveram sucesso usando palavras-chave de perguntas porque elas tendem a imitar a maneira como os humanos usam os mecanismos de pesquisa. Hoje, muitos usuários fazem perguntas usando o recurso de pesquisa por voz  na esperança de obter uma resposta. Você pode ter perguntado “como melhorar o SEO de um site” e encontrado esta página. 

Os profissionais de marketing de conteúdo descobriram que podem direcionar palavras-chave de perguntas para impulsionar o SEO. São as palavras-chave que incluem indicadores de pergunta como quem, o quê, onde, quando, por que e como. Por esse motivo, você deveria listar palavras-chave ou frases-chave que incluam esses indicadores de pergunta e criar um conteúdo com um tom mais coloquial. 

4. Diversifique seu perfil de backlinks

Mesmo se você seguir todas as dicas relacionadas ao SEO técnico na página, não há garantias de parar na primeira página do Google. Uma grande parte do SEO trabalha com backlinks e com a geração de backlinks de sites de alta autoridade. 

A diversidade de backlinks pode vir de duas fontes, especificamente:

  •  O tipo de backlink : Geralmente, seus backlinks são dofollow ou nofollow, (os links dofollow têm mais peso). 

  •  O site de origem do backlink : se você estiver promovendo seu conteúdo, por exemplo, e direcionando editores para publicar a sua história, o site que vai incluir o link para seu conteúdo é a fonte de seu backlink. 

Um portfólio diversificado de backlinks sinaliza ao Google que seu site é uma fonte confiável e que você está gerando links de uma forma natural em vez de usar as táticas desatualizadas de black hat ou outras táticas de spam. 

Precisa de ajuda para encontrar os backlinks certos? A  Ferramenta de Análises de Backlinks  pode identificar seus domínios de referência e a quantidade total de backlinks. Oferecemos a capacidade de comparar até quatro URLs concorrentes para ter uma ideia de fontes de oportunidades de backlinks.

image.png

Algumas maneiras de aumentar seu perfil de backlinks incluem:

  • Procure diretórios ou listas de “Melhor de” em seu nicho: estenda a mão para sites que fazem curadoria de listas em seu nicho e ofereça-se como um especialista trazendo um conteúdo de alta qualidade que você criou. 

  • Certifique-se de que seu conteúdo seja compartilhável: compartilhamentos de mídia social são outra maneira rápida de gerar mais backlinks, portanto, certifique-se de que qualquer conteúdo criado seja facilmente compartilhável em várias plataformas. 

  • Crie conteúdo interessante e alcance os editores: uma estratégia de conteúdo de sucesso deve incluir a criação de conteúdo baseado em dados que conte uma história. Seja por meio de uma pesquisa original, dados públicos ou seus próprios dados internos, crie conteúdo mostrando seus resultados e compartilhe-o com os editores. Se você puder vincular isso a uma notícia de tendência, há uma grande probabilidade de que o editor queira apresentar seus dados - e creditar você com um link. 

5. Use header tags eficazes para aparecer em Featured Snippets do Google

Ao desenvolver conteúdo, você precisa pensar em como estruturar seu conteúdo na página. Cada página deve ter um conteúdo organizado de forma lógica, com as informações mais importantes no topo da página. Na verdade, estudos mostram que 80% dos leitores passam a maior parte do tempo olhando para o conteúdo no topo da página. 

No entanto, o Google não analisa apenas o que está no topo da página na hora de indexar o conteúdo. Eles olham para o artigo como um todo para ver se ele é abrangente, então, com isso em mente, você precisa refletir sobre o layout de sua página. 

Para aproveitar ao máximo as palavras-chave que você está segmentando, considere adicionar links de âncora para o topo de sua página. Isso torna a experiência do usuário mais agradável, e permite que você use suas header tags de maneiras mais criativas para ir atrás de Featured Snippets do Google. 

exemplo de texto

Vamos ver um exemplo de consulta “10 principais marcas de barcos” O resultado é uma lista real que os usuários podem visualizar rapidamente ou visitar para obter mais informações. Se você olhar o código-fonte do artigo que gera o Featured Snippet, poderá ver que todas as marcas de barcos estão aninhadas em H2s em vez de uma lista simples de marcadores. 

image.png

Usar header tags estrategicamente ajuda os mecanismos de pesquisa a entender melhor seu conteúdo. Identificar os cabeçalhos ao escrever ajuda os mecanismos de pesquisa a analisar seu conteúdo. Os cabeçalhos permitem que os mecanismos de pesquisa saibam do que se trata seu conteúdo e, se você inserir palavras-chave nos cabeçalhos, os mecanismos de pesquisa terão uma compreensão ainda melhor.

Os cabeçalhos também ajudam a facilitar a leitura do conteúdo para os leitores, aumentando engajamento. Eles são uma ótima maneira de dividir o seu conteúdo e ajudar na experiência geral do usuário do seu site. Os sites com textões são desagradáveis ​​e intimidantes para muitos leitores. Se os leitores decidem sair do seu site rapidamente, seus ranqueamentos podem ser prejudicados. 

6. Lembre-se de otimizar imagens

Freqüentemente, a otimização da imagem é uma tarefa negligenciada. No entanto, quando feita corretamente, pode direcionar uma grande quantidade de tráfego para o seu site

Também há muitos benefícios em usar conteúdo visual, incluindo: 

  • Ajuda a quebrar um texto longo

  • Alinha-se com a meta futura do Google de pesquisa visual 

  • Dá melhor contexto ao conteúdo da sua página 

  • Permite que os leitores compreendam melhor o conteúdo escrito 

Assim como o conteúdo escrito, o conteúdo visual pode resultar em um SEO melhor. A otimização de imagens ajuda seu conteúdo a ter uma posição mais elevada na Pesquisa de imagens do Google, ao mesmo tempo que melhora a visibilidade do seu site. No entanto, lembre-se que você precisa ter em mente algumas coisas ao otimizar imagens. 

Por exemplo, as imagens mal otimizadas podem resultar em páginas lentas que também resultam em ranqueamentos ruins. O problema pode não ter sido as imagens ou o alt text que as acompanha. A baixa velocidade de carregamento seria suficiente para afetar o ranqueamento geral. 

Uma das melhores maneiras de melhorar seu SEO é otimizando o alt text. A melhor maneira de escrever alt text é não pensar muito nisso. Pense no conteúdo da imagem. Para escrever um bom alt text você precisa descrever o que a imagem mostra. 

Ao escrever alt text, siga estas regras: 

  • Descritivo : Todo o alt text precisa descrever a imagem com o máximo de detalhes possível. As informações devem descrever a própria imagem e fornecer contexto sobre como ela se relaciona com o conteúdo. Quando você adiciona detalhes específicos sobre a imagem, isso ajudar no ranqueamento da imagem na Pesquisa de imagens do Google. 

  • Distintivo : uma regra importante a seguir é que você não deve usar as palavras-chave de seu conteúdo como a alt tag para cada imagem na página. Em vez disso, o alt text deve descrever o conteúdo da imagem e como ele se relaciona com o conteúdo; entretanto, não você deve repetir o conteúdo da página como um todo. 

  • Relevante : Assim como as palavras-chave, o alt text deve ser usado com moderação. Isso significa que você só deve usar alt tags para explicar a imagem e sua relação com o conteúdo.

7. Prefira um site compatível com dispositivos móveis

Estudos recentes indicam que mais de  60% das pesquisas do Google vêm de dispositivos móveis. Por esse motivo, é importante garantir que seu site seja otimizado para eles. O Google recompensa sites otimizados para celular.

De maneira semelhante à otimização para desktop, você precisa focar no SEO para dispositivos móveis. Hoje, você pode pesquisar e comparar palavras-chave para celular e desktop separadamente. Usar uma ferramenta de SEO pode ajudar a descobrir insights úteis sobre comportamento no mobile. Isso ajuda a decidir qual conteúdo pode ser direcionado para qual público e quais palavras-chave precisam ser incluídas em qual conteúdo. 

Alguns acreditam que desenvolver um site com uma abordagem que prioriza o celular pode, em última análise, ajudar a versão de site para desktop. Isso ocorre porque você pode inicialmente remover os aspectos sem importância do seu site ao trabalhar na interface móvel. Essa abordagem ajuda a priorizar seu conteúdo e criar conteúdo de ótima qualidade desde o início. 

Ao produzir conteúdo otimizado para celular, você precisa levar em consideração os seguintes pontos: 

  • Crie conteúdo conciso que pode preencher a lacuna entre pequenas telas de celulares e monitores de desktop

  • Coloque o material mais envolvente e útil na frente da página para que ele carregue primeiro 

  • Vise leitores com palavras-chave otimizadas para celular 

8. Use URLs e meta descriptions limpas

Seu URL e meta description são fatores-chave para ajudar o Google a entender do que se trata o seu conteúdo. Embora não haja uma regra rígida e rápida sobre o comprimento ideal de qualquer um deles para melhorar seus ranqueamentos, o objetivo é torná-los o mais concisos e claros possível, incluindo as palavras-chave alvo.

Confira abaixo algumas práticas recomendadas para manter seu URL e meta description o mais limpo possível:

  • Use uma estrutura consistente tendo em mente posts futuros: esteja você organizando um conteúdo específico para uma área do seu site ou criando conteúdo semelhante no futuro, você vai querer manter seu URL e estrutura de meta description um tanto semelhante para conteúdo relacionado. 

  • Evite linguagem supérflua: para ambos, evite linguagem fofa. Cada um deve ser curto e direto ao ponto. 

  • Torne-os ricos em palavras-chave: novamente, certifique-se de que seu URL e a meta description incluam a palavra-chave ou palavras-chave que você está segmentando. 

9. Diminua o tempo de carregamento nas páginas de melhor desempenho

 Baixa velocidade de carregamento é uma das principais causas de altas taxas de rejeição. De acordo com o Google, “velocidade é igual a receita”, o que significa que tempos de carregamento altos aumentam as chances de os visitantes do site deixarem a página. Por este motivo, seus ranqueamentos de SEO dependem da velocidade do seu site. 

Uma ferramenta de auditoria de site pode ser um recurso valioso para obter uma compreensão da velocidade do seu site. Com uma ferramenta de auditoria de velocidade de página, você pode descobrir o que está deixando seu site mais lento e como resolver o problema. Ela também pode verificar erros comuns de SEO para que você possa melhorar o conteúdo do seu site para melhorar seu SEO. 

10. Aprenda sempre com seus dados analíticos

Acompanhar o desempenho do seu site pode ajudar você a entender o que funciona e o que não funciona para o seu público. Dessa forma, você pode criar mais conteúdo pensando em seus gostos. Existem muitas métricas nas quais você pode se concentrar e encontrar maneiras de melhorar. Confira abaixo a lista das métricas comuns que você pode usar como referência. 

  • Tempo médio gasto em uma página: observar a quantidade de tempo que os visitantes passam em uma página fornece informações valiosas sobre seus hábitos de leitura. Por exemplo, se o tempo que seus usuários gastam em uma página for menor do que em outras, isso pode mostrar quais conteúdos são apreciados e quais não por seu público. 

  • Taxa de rejeição: essa porcentagem indica quantos visitantes do site saem da página sem visitar outra página no site. Altas taxas de rejeição são um sinal revelador de que a página precisa ser melhorada. Em alguns casos, uma velocidade de carregamento baixa ou até mesmo a falta de call to action pode causar uma alta taxa de rejeição.

  • Fontes de tráfego: obter informações sobre quais fontes trazem tráfego para seu site pode ser muito valioso. Essa métrica pode mostrar onde você deve concentrar seus esforços para obter os melhores resultados. Por exemplo, se o seu site recebe mais tráfego do Instagram, algo sobre seu público ou até mesmo o tipo de marca que você tem pode ser a causa. 

Oferecemos a ferramenta On Page SEO Checker que pode ajudar a monitorar a maioria dos dados mencionados neste artigo e oferecer soluções acionáveis. Para páginas específicas, você pode aprender mais sobre:

  • Estratégia: Especificamente, quais palavras-chave você deve direcionar e maneiras de melhorar seus ranqueamentos 

  • SERP Features: se há probabilidade de você aparecer em um Featured Snippet 

  • Conteúdo: Sugestões para seu conteúdo com base nas 10 melhores páginas do Google 

  • Semântica: Algumas palavras-chave semanticamente relacionadas ao seu conteúdo também merecem ser direcionadas 

  • Backlinks : Domínios específicos de quais recomendamos obter backlinks 

  • Problemas técnicos : problemas técnicos de SEO, incluindo erros de conteúdo duplicado e de uso de metatag eficaz 

  • Experiência do usuário: como melhorar a experiência dos visitantes 

image.png

Obtenha melhores resultados de SEO

Como o conteúdo está sendo produzido e publicado rapidamente, os mecanismos de pesquisa estão trabalhando sem parar para ranquear bilhões de sites na Internet. Mesmo que você não possa mudar drasticamente sua posição de dia para a noite, você pode fazer pequenos ajustes para melhorar seus ranqueamentos gradualmente. Usando ferramentas para examinar os fatores essenciais que o impactam, como velocidade de carregamento, problemas de conteúdo, metatags, links e rastreabilidade, você pode impulsionar o SEO em seu site e começar a ter ranqueamentos mais altos no Google.

Tenha Ideias de Estratégia e Conteúdo

com On Page SEO Checker

Digite o seu domínio (ex. www.exemplo.com)

Amanda Milligan
Mestre

Membro veterano da comunidade.

Amanda Milligan is the Marketing Director at Fractl, a growth marketing agency that’s worked with Fortune 500 companies and boutique businesses alike. Throughout her content marketing career, she's managed the creation of 200+ content campaigns and led the strategy for 20+ clients. She spoke at 2019 SMX Advanced and 2019 Pubcon Pro Las Vegas. Her content marketing advice has appeared in Forbes, Content Marketing Institute, MarketingProfs’ Marketing Smarts Podcast, CMO and more. She also currently hosts the Fractl podcast Cashing In On Content Marketing.
Enviar comentário
Seu comentário deve ter pelo menos 3 palavras (10 caracteres).

Usaremos este e-mail unicamente para responder aos seus comentários. Política de privacidade

Agradecemos pelos comentários!